Cadastro obrigatório para motoristas de aplicativo foi ignorado pela categoria

 

Na reunião entre representantes dos motoristas de aplicativo e integrantes das Forças de Segurança do Acre e da Rbtrans, realizada na ultima quinta feira, na sede da Sejusp, em Rio Branco, ficou evidente que os profissionais negligenciaram um acordo firmado no ano passado.
A lei do transporte por aplicativo em Rio Branco, aprovada na Camara, previa que todo motorista que solicitasse registro para atuar no transporte de passageiros, deveria preencher o cadastro de antecedentes criminais. A categoria entrou na justiça contra a medida, suspensa por força de liminar. Em agosto do ano passado, uma comissão de motoristas procurou a Secretaria de Justiça para cobrar medidas de segurança em favor da categoria. Na ocasião, foi construído um plano de ação que incluía doze medidas, entre elas a exigência de ficha cadastral emitida pela Sejusp, incluindo a ficha de antecedentes criminais.
Embora tenham concordado com as propostas, os profissionais não retornam nem apresentaram a documentação. Toda essa situação foi colocada pelo secretario de Segurança Paulo Cézar dos Santos durante o encontro que teve a participação do delegado Alcino Junior, da Policia Civil, da diretora da Rbtrans Sawana Carvalho, do coordenador do CICC, major Casagrande e do sub secretario de segurança Mauricio Pinheiro.
“Nós construímos juntos esse plano de ação, que daria aos motoristas mecanismos para tornar mais segura a atividade e ao mesmo tempo identificar quem são os profissionais que atuam na área. Mas eles nem preencheram as fichas como também nunca mais voltaram aqui para finalizarmos essa questão”, explica Paulo Cezar.
O secretario lembra que essa exigência esta em vigor em varias cidades brasileiras, onde todos os motoristas de aplicativo são cadastrados junto aos órgãos de segurança. São Paulo por exemplo, é um dos modelos dessa pratica.
Os três representantes da categoria concordaram em participar de uma reunião na próxima semana com a diretoria da RBtrans, para retomarem a situação cadastral e posteriormente finalizar o processo junto a sejusp.
Duas quadrilhas presas na ultima semana
Em dois casos de sequestro relâmpago registrados em Rio Branco nos ultimos dias , todos os acusados foram presos em flagrante pela Policia Militar, onde o tempo resposta foi suficiente para garantir a integridades das vitimas e a devolução dos bens. As Forças de Segurança estão atuando com total força repressiva contra esse tipo de criminalidade.

Mais Lidas