Atleta e técnico de handebol morre aos 31anos de covid-19

O técnico, atleta e um dos incentivadores do handebol no Acre, Rogério da Silva, de 31 anos, morreu na noite desta terca-feira, 15. A causa da morte, segundo a Federação de Handebol, foi complicações da Covid 19.
Em nota de pesar, assinada pela presidente da Federação, Maria Rosaides, a morte de Rogério é lamentada profundamente.
Veja a nota:

NOTA DE PESAR

É com imenso pesar que a presidência da Federação Acreana de Handebol informa o falecimento do atleta e amigo Rogério da Silva de Sousa, de 31 anos.

Rogério era um jovem cheio de sonhos e um atleta de destaque no handebol acreano, além de ser muito prestativo e querido por todos.

Suas últimas atuações no handebol foi em 2018 quando disputou o Estadual de Handebol pelo Clube Galvez e em 2019 como técnico do mesmo clube, durante o Campeonato Estadual.

Rogamos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos, neste momento de dor.

“Disse-lhe Jesus: ‘Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente.’” (João 11:25-26).

Rio Branco – Acre, 15 de dezembro de 2020.

Maria Rosaídes Dantas Barros
Presidente da Federação Acreana de Handebol

Maurício Generoso
Vice-presidente

Mais Lidas