Fã do Roupa Nova, acreano que coleciona centenas de discos de vinil chora a morte do vocalista Paulinho

O acreano Valcirley Machado, 43 anos, um professor licenciado em Letras Português e graduando em Ciências Sociais (Ufac), lamentou profundamente a morte do vocalista Paulinho, da banda Roupa Nova, que morreu nesta segunda-feira, 14. O cantor tinha câncer, mas morreu de complicações da Covid-19. Valcirley é um acreano apaixonado por música e colecionador de discos de vinil. “É uma perda irreparável para a música brasileira”, disse o fã.
Valcirley Machado tem um caso de amor com a música que começou ainda na infância. Ao sete anos, diz ele, já era louco pela música popular brasileira. “Eu ficava bem quieto ouvindo”, confessa o professor. Machado coleciona discos de vinil, inclusive do Roupa Nova. São 400 LPs na estante de Machado, que é também apreciador do rock.
“Agora o que posso dizer é que Paulinho e Roupa Nova são sinônimos de som pop e melodioso, vocais harmoniosos e de sucesso nas paradas. Fazem parte da trilha sonora da vida de milhões de brasileiros, inclusive da minha”, disse o colecionador ao Acrenews.

Mais Lidas