29 C
Rio Branco
domingo, janeiro 17, 2021

Robert Lewandowski é eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa


CNN Esportes

O polonês Robert Lewandowski foi eleito, nesta quinta-feira (17), o melhor jogador do mundo pela primeira vez na carreira.

O atacante do Bayern de Munique (Alemanha) marcou 45 gols no ano e ajudou sua equipe a vencer a Champions League, o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha na temporada passada. Lewandowski superou os lendários Cristiano Ronaldo, da Juventus (Itália), e Lionel Messi, do Barcelona (Espanha), e levou o prêmio da FIFA para coroar sua performance durante todo o ano.

O companheiro de Lewandowski, Manuel Neuer, levou o prêmio de melhor goleiro do mundo, superando o brasileiro Alisson, do Liverpool, e o esloveno Oblak, do Atlético de Madrid. Apesar de ter integrado quatro vezes o time ideal da France Football, esta é a primeira vez que Neuer conquista a honra da FIFA.

Os triunfos não ficarão somente para o Bayern. Na categoria de melhor técnico, o alemão Jurgen Kloop, do Liverpool (Inglaterra), superou Hans Flick, da equipe de Munique, e venceu pelo segundo ano seguido.

Klopp comandou o Liverpool na conquista de sua primeira Premier League da história, encerrando a seca de 30 anos do time no campeonato inglês. O argentino Marcelo “El Loco” Bielsa, que comanda o Leeds United (Inglaterra), também concorria ao prêmio após levar a equipe à 1ª divisão inglesa, mas não venceu.

Na categoria feminina, a inglesa Lucy Bronze, do Manchester City (Inglaterra), foi eleita a melhor jogadora do mundo pela primeira vez. Bronze concorria com a dinamarquesa Pernille Harder, do Chelsea (Inglaterra), e com a francesa Wendie Renard, do Lyon (França). O time francês, campeão da Champions League feminina neste ano, venceu em outra categoria: Sarah Bouhaddi foi eleita a melhor goleira.

Para fechar a premiação feminina, Sarina Wiegman foi eleita novamente a melhor técnica do ano após levar a Holanda ao vice-campeonato mundial.

O sul-coreano Heung-min Son, do Tottenham (Inglaterra), ganhou o Puskas, prêmio dedicado ao gol mais bonito do ano. Contra o Burnley, Son recebeu a bola próxima à área do próprio time e passou por toda a defesa adversária para marcar.

O sul-coreano superou os uruguaios Luis Suarez, do Barcelona (Espanha), e De Arrascaeta, do Flamengo. Contra o Ceará, Arrascaeta marcou um golaço de bicicleta para fechar a goleada do rubro-negro no Campeonato Brasileiro do ano passado.

Não deu para Alisson e Arrascaeta, mas o Brasil não saiu da cerimônia sem prêmio. Marivaldo Francisco da Silva, fanático pelo Sport Recife, foi escolhido como “Torcedor do Ano” na cerimônia da FIFA. Marivaldo ficou famoso por andar 60km para assistir às partidas do Leão em Recife.

“Estou muito emocionado, feliz demais, e sabia que minha história ia concorrer. Agradeço a todos que votaram em mim, e sou muito grato. Não fui campeão, fomos campeões”, disse ele em vídeo nas redes sociais, divulgado pela CBF.

Veja a lista completa da premiação (vencedores em negrito):

Mehor jogador do mundo – Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Robert Lewandowski

Melhora jogadora do mundo – Lucy Bronze, Pernille Harder e Wendie Renard

Melhor goleiro do mundo – Alisson, Jan Oblak e Manuel Neuer

Melhor goleira do mundo – Alyssa Neaher, Bouhaddi Sarah e Christiane Endler

Melhor técnico (futebol masculino) – Marcelo Bielsa, Hans-Dieter Flick e Jurgen Klopp

Melhor técnico (a) (futebol feminino) – Emma Hayes, Jean-Luc Vasseur e Sarina Wiegman

Prêmio Puskas – Giorgian de Arrascaeta, Heung-min Son e Luiz Suarez

Torcedor do Ano: Marivaldo da Silva

Fair Play: Mattia Agnese





Mais Lidas