29 C
Rio Branco
quinta-feira, janeiro 21, 2021

“Andei 24km a pé para filmar um culto”, diz pastor Cabral, criador do programa Celebrai Jesus, que completa 19 anos

Evandro Cordeiro para o Acrenews 

 

O pastor protestante Gilberto Cabral largou a vida de empresário e gerente de posto de gasolina para assumir e se dedicar aquilo que ele transformou em um ministério apostólico: o primeiro programa evangélico da telvsiao acreana. Isso foi há exatos 19 anos. Esse mês Cabral e a filha caçula dele, Analivia, que nasceu junto com o programa e depois se tornou sua apresentadora, estão comemorando quase duas décadas mostrando eventos religiosos no Acre, em outros estados, e até fora do Brasil. O momento é de lembranças, algumas boas, outras nem tanto “Uma vez tive que caminhar 24km na mata para chegar numa igreja e filmar o culto”, conta Cabral.
O programa Celebrai Jesus, pioneiro na TV do Acre, acontece desde sempre na tela da retransmissora do SBT no Estado, a TV Rio Branco. Os donos da emissora, os ex-deputados federais Narciso e Célia Mendes, resolveram apadrinhar a ideia do pastor Cabral, também muito ligados a eles inclusive politicamente. Cabral chegou a assumir como vereador no partido dos Mendes, o então PDS, hoje Progressistas. “Eles não gostam que eu fale isso, mas eles me presentearam com esse espaço na emissora. Nunca me cobraram”, afirma.
Negócios a parte com a emissora e seus proprietários, o pastor Cabral tem história para contar suficiente para escrever um livro. Ele fala em muita dificuldade, mas em vitória pessoal e espiritual por manter no ar um programa conhecido por não ter placa de nenhuma igreja. “A prioridade é o evangelho”, diz ele.
Para garantir as viagens e pagar a equipe, Cabral tem contado esses anos todos com empresários interessados por missões cristãs.

“Tenho muitos desses empresários que mantiveram esse programa vivo esses anos todos”, diz o fundador do Celebrai.
Para comemorar 19 anos de programa, Gilberto Cabral resolveu fazer mais uma aventura daquelas que faz desde o início. Fez uma viagem de barco entre os municípios de Manuel Urbano e Santa Rosa do Purus, com duração de quatro dias e meio. Estava acompanhado do irmão, o também pastor Edson Cabral, com quem tem feito missões em parceria nos últimos anos. “A viagem foi ótima, apesar de algumas dificuldades, mas o importante é que a gente faz com intuito de fazer o evangelho de Cristo aparecer”, vaticina Cabral, com uma vasta barba branca, bem diferente a aparência de garoto com a qual apareceu na primeira edição do programa, há 19 anos.

Mais Lidas