Novo prefeito de Epitaciolândia afirma que encontrou dívidas e máquinas quebradas

Evandro Cordeiro para o Acrenews 

 

O novo prefeito de Epitaciolândia, delegado Sérgio Lopes (PSDB), disse ao Acrenews que está feliz pelas primeiras duas semanas como prefeito, uma vez que era uma aspiração antiga. Mas há também muita decepção. A realidade encontrada é perturbadora. Além de uma dívida grande, sua equipe registrou um verdadeiro cemitério de máquinas e caçambas quebradas. Isso, no entanto, não vai fazer o novo prefeito tirar o foco de seus sonhos. “Vamos trabalhar para mudar esse quadro”, diz ele em rápida entrevista ao Acrenews. Veja:

 

Acrenews – Que cenário o senhor encontrou na prefeitura nessas duas primeiras semanas?

 

Prefeito Sérgio Lopes – Nós pegamos um maquinário na Secretaria de Obras sem condições de trabalhar, necessitando de manutenção urgente. Mas já estamos fazendo o possível para recuperar ao máximo esses equipamentos. Já conseguimos recuperar caminhões, caçambas, um caminhão coletor e uma pá carregadeira, para que agente possa desenvolver nosso trabalho de recuperação de ramais e limpeza da cidade. Recebemos postos de saúde sem funcionamento, com falta de médicos, inclusive, no que pese dois deles estar com Covid, e outros de férias. Estamos enfrentando também uma dengue, razão pela qual iniciamos um mutirão de limpeza para combater essa doença. Fizemos uma parceria com o Hospital de Brasileia. Colocamos nossas ambulâncias à disposição para transporte de pacientes para Rio Branco, e eles estão nos ajudando com atendimento de nossos munícipes. De maneira geral os trabalhos ainda não estão acontecendo no ritmo que gostaríamos, porque estamos preocupados com a Covid e a Dengue, mas em breve estaremos com força total, se Deus quiser.

 

Acrenews – Mas tem jeito de mudar o jogo logo?

 

Prefeito Sérgio Lopes – Sim, sim. Apesar de muita coisa destruída, como os ramais, ruas e avenidas em estados lastimáveis, vamos fazer muito esforço e planejamento, além de buscar recursos junto à bancada federal para recuperar essas avenidas e ramais.

 

Acrenews – Tem notícia boa nessas primeiras duas semanas. O que tem de bom?

 

Prefeito Sérgio Lopes – Ah, sim. Já fizemos muita coisa boa. Já começamos a colocar em prática nosso objetivo, que é tornar Epitaciolândia um município produtivo. Vamos atrair investimentos para nosso município, por meio de empresas e industrias. Por exemplo: na última sexta-feira me encontrei com produtores de café de Acrelândia, com a presença do secretário de Agricultura do Estado (Edvan Maciel). Nós queremos trazer esse cultura do café para cá. Vale ressaltar, no entanto, que no momento, por conta do Covid, não dá para reunir esses produtores, iniciar diálogos com as comunidades, mas tão logo a gente possa vamos fazer para incentivar a produção.

 

Acrenews – E quanto a dívidas, é verdade que a prefeitura deve uma grana preta. O senhor recebeu o caixa no vermelho?

 

Prefeito Sérgio Lopes – Sim. O município tem uma dívida que passa de R$ 26 milhões. Nosso antecessor disse que tinha deixado a prefeitura sem dívida. Não é verdade. Não vou dizer que toda dívida foi contraída por ele, mas, por exemplo, tem um empréstimo de R$ 7 milhões junto à Caixa, salvo engano de R$ 75 mil reais a parcela. Além disso a gente paga mensalmente à Caixa uma taxa de 19 mil, que é de juros e ainda essa dívida maior de R$ 75 mil. Encontrei mais três meses de FGTS que não foi pago e isso totaliza quase R$ 800 mil, além de outras dividas que foram deixadas por gestões anteriores que foram se acumulando ao longo do tempo. Mas estamos fazendo programação para pagar. Vai dar certo.

Mais Lidas