Padre relativiza feriados cristãos: “no céu não existirão católicos, nem evangélicos”

 

O padre Máximo Lombardi, um dos mais experientes da prelazia do Acre, afirmou hoje que “no céu não existirão católicos, nem evangélicos, padres, nem pastores e nem pai de santo, mas os resgatados pelo sangue do Cordeiro”. Ele se refere aos feriados de Católicos e Evangélicos. Hoje, sexta-feira, 22, por exemplo, está tudo fechado no Acre para se comemorar o Dia do Católico, que na verdade é dia 20, mas o governo espichou para hoje com objetivo de emendar com o final de semana.
Segundo o padre Máximo, melhor não superestimar diferenças aqui na terra, uma vez que “no Reino dos céus existirão só os resgatados pelo Sangue precioso de Jesus, que testemunharam o amor incodicional ao próximo.
Para o fim desta pandemia, peço a oração de Católicos, Evangélicos, Umbandistas, Daimistas, Candoblecistas, Espíritas. budistas.
Axé, Awereré, Amém, Aleluia, Paz, Shalom e um bom dia para todos, todas e todos”, escreveu o ministro Católico.

Mais Lidas