ARTIGO A eleição divina

 

O dilema e antigo: quem escolhe? O homem ou Deus? De quem foi a iniciativa? Quem elege e quem ama primeiro?

Tomemos o texto de Efésios 1.4 para tratarmos deste importante assunto. O texto diz: “Assim como nos elegeu nele (em Cristo Jesus), antes da fundação do mundo, para sermos Santos e irrepreensíveis perante ele”. Como podemos ver, o autor da eleição é Deus e não o homem. Foi Deus quem nos escolheu e não nos a Ele.

O pastor presbiteriano Hernandes Dias Lopes, embasado na Palavra de Deus, explica que jamais poderíamos escolher a Deus. Estávamos mortos em delitos e pecados. Éramos ímpios, fracos, pecadores e inimigos de Deus. Por isso a escolha de Deus e..incondicional. Deus não nos escolheu por causa dos nossos meritos, mas apesar dos nossos deméritos. Deus não nos escolheu porque éramos bons, mas apesar de sermos maus. Deus não nos escolheu porque cremos em Cristo; cremos em Cristo porque Deus nos escolheu. A fé não é causa da eleição, mas seu resultado. Deus não nos escolheu porque éramos santos. Deus nos escolheu para sermos santos. A santidade não é causa da eleição, mas sua consequência. Deus não nos escolheu por causa das nossas boas obras; Deus nos escolheu para as boas obras. “Somos feitura de Deus, criados em Cristo Jesus para as boas obras.

Jesus afirmou claramente que não fomos que O escolhemos, mas Ele a nos. Deus nos elege e nos leva para Cristo e aqueles que o Pai Lhe da Ele jamais lançará fora. Cristo atrai para Si mesmo os eleitos e os ama com amor eterno. Por isso o apóstolo João declarou que nos O amamos porque Ele nos amou primeiro. Deus infunde a fé em nossos corações e passamos a caminhar em direção a Ele e com Ele. Em outras palavras, quando homem quer e porque Deus já quis. Se o Espírito Santo não convencer o homem, este jamais irá a Deus. “Não há quem busque a Deus”.

Quando fomes eleitos? O apóstolo Paulo diz que Deus nos escolheu antes da fundação do mundo. Para o Pr. Hernandes, nao havia em nos qualquer mérito que justificasse essa escolha, uma vez que Deus colocou o Seu coração em nos antes de nós colocarmos nosso coração nEle. Sua escolha foi livre, soberana, incondicional e cheia de graça. Ele não deixaria de ser Deus pleno e feliz em Si mesmo se não tivesse nos escolhido. Mas Ele, por amor, nos amou com amor eterno e nos atraiu para Si com cordas de amor. E isso, desde os refolhos da eternidade. Ainda não havia estrelas brilhando no firmamento. Ainda os anjos de Deus não ruflaram suas asas cumprindo as Suas ordens. Ainda o sol não havia dado sua claridade, e Deus já havia nos amado e nos escolhido para a salvação.

Você sabia que, antes de o sol brilhar pela primeira vez, Deus já havia nos predestinado para a salvação e escreveu nossos nomes em Sua mão? A gente não fez ou faz nada para merecer tanta graça, não é mesmo? Pois bem. Seus laços de misericórdia nos cercaram e nos asseguraram um lugar sublime em Seu Reino de glória. Que possamos expressar sempre nossa gratidão por tão grande salvação.

 

Enoque Brandao, pastor e jornalista.

Mais Lidas