Doutor em rio Acre, professor Claudemir fala sobre as enchentes: “Os rios estão mandando a gente sair do caminho deles”

  • EVANDRO CORDEIRO, para o AcreNews

O professor Claudemir Mesquita, um geógrafo formado pela Universidade Federal do Acre (Ufac) e especializado em planejamento e uso de bacias hidrográficas, tem se transformado em referência no Acre pelo cuidado ao longo dos anos com os rios da região. São dele as ideias mais revolucionárias para se evitar as catástrofes anuais relacionadas as cheias. Em um bate papo rapidinho com o Acrenews ele diz, entre outras, o seguinte: “Os rios estão dizendo pra gente: saiam do meu caminho”. Veja o que ele disse mais:

Acrenews – Porque acontecem essas cheias, professor? O que isso significa do ponto de vista geográfico?

Claudemir Mesquita – Significa que a cidade não possui Plano Direto de uso e ocupação do solo urbano. Se existe nunca foi implementado é a população nunca tomou conhecimento desse instrumento de ordenamento da terra na cidade.sobre tudo, não ha discalização de obras e outra omissões do puder público.

Acrenews – O que os rios querem dizer às pessoas quando eles vem assim, violentos, fazendo vítimas?

Claudemir Mesquita – Desocupem o caminho das águas, homem/Rios precisam viver em harmonia. Ou seja, Ê urgente e necessario que poder publico faca um programa de convivência com as águas. Ou seja fazer um piloto num bairro é se der certo, estender para todos. O programa consiste é levantar o pé direito das casas na altura da minha da última cheia, associado com um projeto de educação ambiental para ribeirinhos.

Mais Lidas