Gladson diz que Acre vive “terceira guerra mundial” em entrevista à Uol

O governador do Acre, Gladson Cameli (PP), comparou hoje a situação do estado a uma “3ª Guerra Mundial” por enfrentar simultaneamente enchentes, a pandemia de covid-19 e um surto de dengue. “A questão das cheias — uma das piores nos últimos anos —, dengue, covid-19, e imigrantes na fronteira do Brasil… Temos ainda o Peru e a Bolívia, a questão dos haitianos [cerca de 200 famílias querem passar, mas os países não abrem fronteiras]. E isso me causa uma preocupação. É uma situação delicadíssima porque eu preciso proteger a população. E, com tudo o que está acontecendo, eu vou te dizer que vivemos uma terceira guerra mundial”, afirmou Cameli à CNN Brasil.
Além disso, o estado vive um número crescente de internações em decorrência da covid-19. Cerca de 92% dos hospitais no Acre dependem do SUS (Sistema Único de Saúde), segundo o governador. O que estamos vivenciando aqui é, realmente, uma situação de calamidade humanitária. São vários problemas em uma hora só.” Gladson Cameli.

Mais Lidas