Movimento Liberal vai entregar carta de agradecimento a Bolsonaro

O Movimento Liberal Acreano vai fazer uma manifestação de agradecimento ao presidente Jair Bolsonaro (Progressistas) em sua estada amanhã aqui no Acre. Uma carta dirigida ao presidente, com agradecimentos a ele e ao senador Márcio Bittar (MDB), pelo tratamento carinhoso com o Acre.

VEJA O TEOR DA CARTA

 

CARTA ABERTA DO MOVIMENTO LIBERAL CONSERVADOR DO ACRE AO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO

 

 

Senhor Presidente,

 

Nesse momento de grave crise porque passa o Estado do Acre, em que Vossa Excelência, a convite do Senador Márcio Bittar, ilustre Relator do Orçamento Geral da União nos visita, desejamos, publicamente, externar com muita veemência, o nosso mais profundo agradecimento por tamanha solidariedade ao nosso povo que sofre com a crise da Covid 19, crise da imigração, e crise do alagamento que atinge várias cidades acreanas.

O Movimento Liberal Conservador teve início no Estado do Acre no ano de 2015. Aqui suscitamos um debate para criar uma consciência da importância de uma sociedade aberta, baseada na livre iniciativa, especialmente no agronegócio. Para nós, só o capitalismo gera emprego e renda! O Estado nada produz! São as famílias que geram riqueza e a prosperidade de uma nação. Nisso acreditamos!

Entendíamos que não mais seria possível a existência de um único projeto para o Estado (único discurso), ou seja, o projeto socialista\comunista, que aqui foi chamado de “FLORESTANIA”. Graças a esse malfado projeto socialista, sob a inspiração do ambientalismo, e que perdurou por 20 (vinte) anos, o Estado se atrasou. É só comparar Rondônia e Acre. O vizinho, que optou por uma economia de mercado, hoje ostenta vários indicadores econômicos e sociais que nos diminuem.

O Movimento Liberal Conservador que hoje agradece à Vossa Excelência, por essa amável visita de solidariedade ao nosso povo, não surgiu do vazio. Teve inspiração nas ideias de um Estadista da mesma estirpe de Vossa Excelência, que foi o ex-governador do Estado do Acre, Professor Francisco Wanderley Dantas, cuja memória já estava quase esquecida, sufocada pelo igualitarismo ambientalista que nos legou o atraso.

A obra do Professor Francisco Wanderley Dantas, consistente em projeto para o Estado do Acre (Projeto Oeste), bibliografia e discursos parlamentares, bem como sua obra administrativa e parlamentar, reclama do governo de Vossa Excelência, para enriquecimento da vida espiritual do país, que lhe seja dada total publicidade no Acre e ao Brasil.

Ainda nos idos de 1971, quando o Governo Militarpromovia a integração da Amazônia ao restante do país, sob o lema de ”integrar para não entregar”, o Professor Francisco Wanderley Dantas pensava adiante. Sonhava com a integração da América Latina! Era seu lema de governo: “Produzir no Acre,  Investir no Acre e Exportar pelo Oceano Pacífico”.

No escopo de criar uma saída para o Oceano Pacífico, que pudesse ser um modal de exportação das riquezas acreanas pelos portos do grande Oceano, fez construir e asfaltar  otrecho que vai de Rio Branco à cidade de Capixaba. Ao nos entregar a construção da Ponte que liga Rondônia ao Acre (Ponte do Madeira), Vossa Excelência se tornou um continuador da sua obra e de seu sonho, ou seja, integração da América Latina por uma estrada unindo o Pacífico ao Atlântico.

Firmes nessa convicção, em 2018, quando das eleições gerais do país, na  qual Vossa Excelência concorreu, obtendo êxito, respaldado num programa de governo liberal conservador que o subscrevemos quando aqui esteve em campanha, tivemos a honra de indicar-lhe nosso candidato ao Senado, o agora Senador Márcio Bittar, que nos honra com sua brilhante ação parlamentar, destacando-se como uma liderança nacional.

Portanto, Senhor Presidente, por ocasião de sua visita ao Estado do Acre, agora como presidente da República, queremos manifestar e reiterar o nosso apoio ao seu governo, que vem implementando as mudanças que se fazem necessárias para nos mantermos como sociedade livre, uma verdadeira democracia liberal, nos afastando dos paradigmas de sociedades da América Latina, antes prósperas, e agora destruídas pela opção do igualitarismo que não deu certo em lugar algum.

 

Rio Branco, 23 de fevereiro de 2020

 

Movimento Liberal Conservador do Estado do Acre

Mais Lidas