Tentando dar visibilidade ao mandato, Léo de Brito ataca Gladson e governo ignora

O deputado federal Léo de Brito, único do PT do Acre na Câmara Federal, cuja cadeira em que está só foi ocupada por causa da cassação do mandato de Manuel Marcos (Republicanos), passou as últimas horas atacando o governador Gladson Cameli (Progressistas) nas redes sociais.

Ele acusa Cameli de “incompetente”, “despreparado”, entre outras acusações até mais graves. Bem ao estilo esquerda de combater adversários.

Conta do Twitter de Leo de Britto

Conduzindo um mandato pouco produtivo, desfigurado, segundo membros do governo Cameli, também amargando a obscuridade na qual seu partido o lançou, os ataques de Brito não mereceram nenhuma atenção de assessores, muito menos do governador, cuja forma como vem cuidando do Acre durante a pandemia tem lhe garantido ampla popularidade, considerando as últimas pesquisas de opinião pública, nas quais aparece sempre na casa dos 70% de aprovação. Melhor deixar o deputado fazer o papel dele, de oposição, e cuidar do Acre, aconselhou um assessor do governador.

Léo Brito com seu colega de parlamento, José Guimarães (PT), aquele do dinheiro na cueca

Mais Lidas