Connect with us

MARCUS BASTOS

COLUNA BANZEIRO | Nome de Alan Rick vai ocupando espaço para ser refletido inclusive para vice de Gladson

Publicado

em

PEDRO LONGO I

O Líder do Governo na Aleac, deputado estadual Pedro Longo, está correndo atrás da reeleição. Meteu o pé na estrada e foi parar no Juruá onde tem uma base forte que lhe rendeu muitos votos.

PEDRO LONGO II

Pra quem não é do Juruá, incomum tirar uma votação além dos 1 mil votos na região. Quando era gestor no Detran, Longo mantinha uma presença forte e constante na região. Somado ao grupo de articuladores e apoiadores que formou em Cruzeiro do Sul e municípios adjacentes, eis a explicação para tão ousado resultado.

PEDRO LONGO III

Quem apostar que Longo pode não ser reeleito pode cair do cavalo. Após um período isolado em virtude da Pandemia, está refazendo o caminho de volta e fortalecendo o seu nome em todo estado. Da Justiça para a política, tomou gosto pela causa e aprendeu o caminho das pedras. O que não lhe falta é disposição e vontade.

VOLTA DAS COLIGAÇÕES

Com a volta das Coligações proporcionais, o caminho para a formação de chapas ficou mais fácil. A movimentação entre dirigentes partidários voltou a acontecer após um bom período distanciados.

MUDANÇA DE PLANOS

Ainda sobre a volta das Coligações Proporcionais, alguns que haviam desistido de disputar uma vaga na Câmara Federal pela Aleac, estão voltando para voltando para o plano anterior. A sede de provar da fonte do Planalto é grande.

ENGENHARIA POLÍTICA I

Na eleição passada, duas chapas competitivas e com engenharia política bem montadas elegeram 2 deputados federais com menos de 10 mil votos. A possibilidade disso acontecer novamente é muito grande. Os engenheiros de chapas já iniciaram os trabalhos.

ENGENHARIA POLÍTICA II

Os dois felizardos eleitos com a votação pífia para a Câmara Federal foram Jesus Sérgio pelo PDT e Manuel Marcus pelo PRB. Este último, cassado recentemente e o seu mandato ocupado por Léo Brito (PT). Pela movimentação, é possível que na próxima eleição a o número de eleitos nessas circunstâncias seja bem maior.

VICE

Aparecendo bem nas duas últimas pesquisas para o Senado, o nome do Deputado Federal Alan Rick vai ocupando espaço para ser refletido, inclusive, para vice de Gladson. O que ainda não sabemos é se o mesmo toparia o desafio e se Gladson o quer como vice.

É PRA CONFIAR?

Sem comentários o resultado da pesquisa para o governo. Pesquisa não ganha eleição. Basta observar o resultado das últimas eleições e o que diziam as pesquisas. Só digo uma coisa: “O golpe tá aí, cai quem quer!”

FAVORITOS

Com a quantidade de candidatos que se apresentam para o Senado, me atrevo a dizer que essa vaga passa somente por três nomes: Jorge Viana, Alan Rick e Jéssica Sales. Apesar de que muita água ainda vai passar por baixo da ponte. Mas quem entende de política sabe disso.

VIA DE REGRA?

A reeleição de Bolsonaro está ficando cada vez mais complicada. Onde que isso impacta aqui no Acre?

Desde quando o povo do passou a escolher governantes a partir das Diretas, no início da década de 80, que o governador eleito pelo povo do Acre têm sido àquele que apoia e é apoiado pelo Presidente eleito.

FENÔMENO INEXPLICÁVEL

Outro fator a ser observado, o Presidente eleito não necessita ganhar as eleições no Acre, que representa aproximadamente 0,5% do eleitorado nacional. Se a teoria acima se manter, Bolsonaro provavelmente ganha as eleições no Acre, e o governador eleito, poderá ser um oponente. Vai entender isso! Mas aconteceu diversas vezes.

Excelente Final de Semana a todos

Não esqueçam de ir com a família e amigos ao Quintal do Osvaldo ali na Beira do Rio Acre na 6 de Agosto.

Se desejam divulgar o seu negócio na Coluna, entrem em contato conosco pelo Instagram: @marcusbastos_ac

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MARCUS BASTOS

Coluna Banzeiro

Publicado

em

@marcusbastos_ac

JÉSSICA SALES

Com a entrada de Jéssica Sales para a disputa da única vaga ao Senado e estimulada pelo Governador Gladson Cameli, o parquinho acaba de pegar fogo. Quem não gostou nenhum pouco foi o Senador Márcio Bittar, do mesmo partido de Jéssica, o MDB.

JOGANDO O JOGO

O que se percebe é que ao estimular várias candidaturas ao Senado, Gladson cria um ambiente totalmente favorável para que Jorge Viana dispute o Senado. De fato, seria um concorrente a menos ao governo.

O DONO DO JOGO

Se Gladson insiste tanto em colaborar para que Jorge Viana dispute o Senado e não venha a concorrer para o governo, o que foi que ele viu que ninguém viu?

Eis a questão…

No subterrâneo da política há muita coisa que ninguém sabe, ninguém viu e nunca saberão.

É FATO

Enquanto Gladson torce para Jorge Viana disputar o Senado, Bittar torce para Jorge Viana disputar o governo.

Seria Jorge Viana uma pedra no meio do caminho de ambos?

SONHANDO ALTO

A decisão de Jéssica em apoiar Gladson não é por acaso. Sonha em ser candidata ao Senado na chapa de Gladson. Por outro lado, desfaz toda e qualquer possibilidade de se abraçar com Petecão para o governo.

PETECÃO

Petecão está muito à vontade para escolher o seu vice e o candidato ao Senado. Para isso, vai aguardar o destroço na horta do governo. Está de olho nos futuros preteridos de Gladson. Experiente e sensato, vai aguardar de camarote o desfecho da chapa governamental.

A SOBRA

O que sobrar vai pegar para montar o seu time. Dos cinco candidatos ao Senado, restarão quatro. Desses quatro, um pode ser seu vice e o outro candidato ao Senado. Não precisa de pressa.

FOGO CRUZADO

Na volta às sessões na Aleac, deputados oposicionistas começaram a artilharia pesada contra o governo. Daqui até às eleições, do pescoço pra baixo é canela.

PEDRO LONGO, O PACIFICADOR

Isso vai exigir do líder governista, Deputado Estadual Pedro Longo, uma postura mais firme no papel que exerce. Mesmo conduzindo bem o posto que ocupa, têm agido como um monge pacificador. Opositores ficavam de queixo caído escutando a serenidade de Longo. Parece que o jogo está mudando.

CUIDANDO DA REELEIÇÃO

De volta à Capital, Pedro Longo confessou estar impressionado com a recepção e o calor do povo juruaense. Acompanhando o governador em agendas governamentais, aproveitou para participar do Novenário e fazer bastantes visitas e reuniões com apoiadores e correligionários em Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima.

QUEBRANDO TABÚS

Desconheço quem de fora do Juruá tenha tirado tantos votos na região. Os juruarenses se encantaram com Longo. E olha que o povo do Juruá tem fama de ser bairristas.

Continue lendo

MARCUS BASTOS

COLUNA BANZEIRO | Gladson está fazendo o correto, ao andar o Estado distribuindo sorrisos e abraços, porque a reeleição não será fácil

Publicado

em

@marcusbastos_ac

JORGE VIANA I

As notícias veiculadas em sites locais, de que Jorge Viana não descarta disputar o governo são verídicas e estão ganhando proporções inimagináveis. Dentro do PT é praticamente unanimidade o nome do mesmo na disputa pelo governo.

JORGE VIANA II

Após liderar com folga para o Senado em todas as pesquisas de opinião pública, a coluna teve acesso a informações de que vários empresários locais estão fazendo romaria atrás de JV para que este dispute o governo.

JORGE VIANA III

Empresários insatisfeitos com o atual governo e ligados ao setor da construção civil estariam articulando um grupo consolidado para que Jorge Viana aceite disputar as eleições 2022 para o governo do estado.

NÃO É BESTA

A um site local, JV disse que ainda é cedo e que não descarta essa possibilidade. Mas ressaltou que essa decisão terá que vir de um grande coletivo. Segundo as pesquisas, Jorge tem praticamente a única vaga ao Senado garantida. Quando tomar um banho de igarapé vai decidir.

ESTÁ CORRETO

Jorge está correto ao afirmar que ainda é cedo e que não pode colocar as mãos pelos pés. Apesar de o quadro está indefinido, ninguém pode ser o candidato somente de si mesmo. Em 98 quando foi eleito governador pela primeira vez, Jorge teve consigo a maior arquitetura política já vista nesse estado. Não é menino bobo.

ABRA O OLHO

O Governador Gladson Cameli não terá um páreo tão fácil como imagina. Seja com Jorge, Petecão ou com Jenilson, a reeleição é sempre mais difícil. Não pode ficar se iludindo com pesquisas duvidosas. Gladson já é bem adulto pra saber que pesquisas não ganham eleições. Fosse assim, a Socorro Neri teria sido eleita Prefeita no primeiro turno na última eleição.

POPULARIDADE

Para a reeleição, Gladson já está usando a sua principal arma, o seu carisma junto ao povo. Teve um governo difícil diante da Pandemia sem conseguir iniciar as obras que lhe faltam para apresentar. Terá que pedir ao povo um segundo mandato. E para isso, apesar de ter a máquina, irá precisar andar bastante, distribuir muitos sorrisos, comer muita farofa com banana e dançar bastante. Isso têm lhe rendido muita popularidade. Quanto aos votos, terá que conversar com as urnas.

JENILSON

Se será candidato ao governo ou ao Senado, somente o futuro poderá dizer. Quem acompanha o Deputado Estadual Jenilson Leite (PSB) nas andanças, observa no mesmo muita determinação pelo que faz. Se o caminho para as eleições governamentais está aberto diante da inércia política do atual governo, Jenilson poderá surpreender.

ACORDA MAILZA

A Senadora Mailza (PROGRESSISTAS), atualmente é quem manda no partido. É a Presidente Regional. Mas ao se confirmar a entrada de Bolsonaro, restará à Mailza ser candidata à Federal, estadual ou a nada. A vaga será de Márcia Bittar à qual já anunciou que se filiará onde o Presidente se filiar. E será candidata ao Senado com a benção de Bolsonaro.

ACORDA ALAN

Ao Deputado Federal Alan Rick (DEM), restará brigar pela vaga de vice de Gladson ou sair candidato à reeleição. Pra ser Vice de Gladson, Alan precisará entrar no coração do governador. Segundo aliados mais próximos de Gladson esse espaço já está ocupado por Alysson Bestene, em quem confia imensuravelmente.

ESCOLHA A DEDO

Gladson ainda vive o pesadelo de ter Major Rocha como vice. E isso será fundamental para que escolha a dedo o seu vice. A amizade de Gladson e Alysson é de longa data. O governador está correto em escolher o seu vice. Tem cabedal político pra isso.

CHAPA DEFINIDA

Diante desse quadro, apesar da política ser dinâmica, se as convenções fossem hoje, a chapa majoritária de Gladson estaria definida. Márcia Bittar, ao Senado e Alysson Bestene de vice. O resto é conversa jogada fora.

MUDAR PLANOS

O melhor que a Senadora Mailza faria agora seria colocar os pés no chão e pensar uma outra candidatura enquanto há tempo de projetá-la. Ao Deputado Alan Rick, se quiser ser candidato ao Senado, terá que sair por outra chapa ou de forma independente. Vai que dá certo! As pesquisas lhe apontam.

DESTINO DE ROCHA

Muita gente perguntando qual o destino político do vice-governador Major Rocha. Não falei com o mesmo. Mas pessoas próximas dizem que o mesmo poderá ser candidato a deputado estadual ou ser candidato a nada.

INSUBESTIMÁVEL

Ao que me consta, Rocha está passando por um momento de reflexão política. Pelas conversas e proximidade, é possível que apoie Petecão ao governo. Mas não o subestimem, é estrategista e ainda tem muitas cartas na manga. Pode inclusive, decidir uma eleição.

CHAPA ATRAENTE

A chapa de deputado estadual do PSD continua sendo a chapa mais atraente até aqui. Inclusive, alguns nomes de peso, que hoje estão ao lado de Gladson, desenham vontade de pular para essa chapa na última hora. Fatos, que não duvido.

FOGO COM GASOLINA

Estão sugerindo que mude o nome da Coluna de “Banzeiro” para “Fogo com Gasolina”. Não tenho culpa se a política do Acre é desse jeito.  No final, somos todos uma grande família. Estamos superando uma pandemia. Caldo de cana e suco de maracujá ajuda a acalmar os nervos. Sejamos seremos e pacificadores.

Continue lendo

MARCUS BASTOS

Coluna Banzeiro

Publicado

em

MÁRCIO BITTAR I

Há de se reconhecer o esforço, influência, prestígio e empenho de Bittar junto ao governo federal e no orçamento geral da união para liberar recursos para o Acre. Mas um fato não pode passar desapercebido. Foi infeliz ao emitir a sua opinião sobre a privatização do ensino público superior.

MÁRCIO BITTAR II

A opinião é dele. Fala o que quiser. Mas toda ação tem uma reação. E esta foi imediata nas redes sociais. Reprovação total na fala nenhum pouco feliz. Se Bittar está tão preocupado com a qualidade do ensino, já que comanda o Orçamento Geral da União, deveria colaborar para melhorar as estruturas e condições das Universidades Públicas.

MÁRCIO BITTAR III

Ainda sobre o senador Márcio Bittar. Interessa ao mesmo que Jorge Viana venha disputar o governo deixando livre a disputa pela única vaga do Senado Federal. Dessa forma, a ex-esposa Márcia Bittar teria mais chances.

MÁRCIA BITTAR

Já Márcia Bittar, percorre todos os municípios do Acre fazendo visitas e agenda política em nome do ex-esposo, senador Bittar, e do Presidente Jair Bolsonaro. Nunca andou tanto de motocicleta na vida de tantas motociatas que participa defendendo o voto impresso.

GANHANDO MUSCULATURA

Com a musculatura que alcançou, Márcia já disputaria uma das vagas da Câmara Federal de forma sossegada. Está fazendo de tudo para empacar a candidatura para o Senado.

PLANO B

Segundo quem conhece bem o senador Márcio Bittar, caso a candidatura de Márcia ao Senado não decole, o plano é disputar uma das 8 vagas do Acre na Câmara Federal pelo partido a que se filiar o Presidente Bolsonaro. Ao que tudo indica será no PROGRESSISTAS.

CHAPA DA MORTE

Caso o governador Gladson Cameli fique no PROGRESSISTAS, o partido poderá ter uma chapa da morte para a Aleac e Câmara Federal. É a tendência natural.

PSD I

Ainda falta aproximadamente 1 ano para iniciar a campanha das eleições 2022 e o PSD, partido do senador Petecão, figura como uma das melhores chapas para deputado estadual. Pelos nomes observados deve eleger uma bancada na média de 4 deputados estaduais.

PSD II

Essa chapa do PSD para a Aleac, perde apenas para a chapa do PROGRESSISTAS à qual já inicia a disputa com 3 deputados estaduais. Bestene, Gehlen e Nicolau, considerados imbatíveis.

TIRO NO PÉ

A vereadora Lene Petecão (PSD) deverá ser concorrente a uma das vagas na Aleac pela sigla. Acontece que essa candidatura refletirá diretamente na candidatura de Petecão ao governo. Os demais concorrentes de Lene pela sigla PSD não perdoarão o Senador. A família Cunha Oliveira precisa definir qual mandato em 2022 é prioridade.

MANDATO DE LUXO

Há um bom tempo se falava por aqui que um dia o mandato de deputado estadual seria um mandato de luxo, ocupado somente por políticos profissionais e craques em ganhar eleições. Muito bem. Esse tempo chegou!

QUINTAL DO OSVALDO

O Restaurante Quintal do Osvaldo continua sendo um local de referência para reunir a família e as boas amizades. Excelente atendimento e boa comida, ainda dar tempo de olhar o Rio Acre e pensar na vida. Sempre bom dar uma passada pra conferir. É bem ali na 6 de agosto.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia