Connect with us

EVERCLEY MELO

Quem duvidou ficou no passado, o agronegócio chegou

Publicado

em

Enfim o que significava ser Fake News agora é provado a veracidade da mais pura verdade sobre a gestão do governo do Estado do Acre e no seu comando, o governador Gladson Cameli.

Foram muitos entraves até a presente data onde foram entregues mais de 90 máquinas de diversos tipos de segmentos.

Quanto tempo foi a paciência e também a esperança de que um dia fossem valorizados pelos gestores, sejam eles municipais estaduais, o que importava era e sempre foi que seus esforços em manter dentro de casa o pão sonhado de cada dia. Mas este dia chegou, e pela atenção e força de vontade do governador Gladson Cameli que não mediu os meios para que o programa e também sua marca de campanha que foi o agronegócio.

O que muda com as máquinas

Com as mais de 90 máquinas no estado e com elas os municípios sendo supridos para assim atenderem os anseios dos moradores e produtores rurais com seus produtos sendo impedidos de serem levados à mesa de cada cidadão por causa das péssimas condições dos ramais que temos nas nossas zonas rurais.

Mais enfim chegou o tão esperado dia, máquinas que estarão dando a qualidade de vida da produção dos mais variados segmentos e produtos, estes, chegarão as nossas mesas e também sendo importados para que fora do nosso estado conheçam que temos produtos de excelente qualidade.

Assim será os avanços da produção que o governador Gladson Cameli sonhou e já fez acontecer com a chegada das máquinas. Para o secretário de produção e agronegócio – SEPA, Nenê Junqueira, terá pela frente a oportunidade de poucos na pasta para fazer e acontecer o que todos esperam, produzam.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EVERCLEY MELO

Inimigo sendo vencido

Publicado

em

Em março do ano passado, fomos pegos de surpresa por um inimigo chamado COVID-19, mais conhecido por coronavírus. Este sem pedir licença, começou a levar consigo a paz e principalmente a relação de alegrias, afetos e mais ainda, os abraços e apertos de mãos entre amigos e os novos conhecidos.

Mas sem medir esforços e em força conjunta, governo e população estão conseguindo vencer mais um obstáculo que já não basta o desemprego, preços abusivos em meio a tantas e tantas outras dificuldades que nosso povo tem sofrido. Embora este inimigo não seja mais um desconhecido, ficará assim como outros que vivem de tempos em tempos rodeando aquém possa trazer lágrimas derramadas e não de alegrias e sim de tristeza.

A política e os protagonistas

Como dizem os grandes estudiosos e cientistas políticos, “a política tem muros baixos “. E pra não deixar o ditado político de fora, temos neste início de semana a já conhecida pauta da CPI da educação que culminou na exoneração de um secretário e, logo posto um nome ao qual não se pode negar para ambos, que se tratam de nomes qualificados. O do ex-secretário, Mauro Sérgio exonerado, e o outro da ex-prefeita de Rio Branco Acre, a professora e doutora, Socorro Neri que assume a maior pasta com o orçamento anual de quase o quádruplo do orçamento que antes tinha a frente do executivo Mirim.

Por outro cenário político em sendo este bastante e caloroso embates em meios aos correios eletrônicos e seus respectivos meios de comunicação, tais estes, as chamadas redes sociais que não deixam o leitor de ser atualizados como a pauta da CPI e suas assinaturas e por elas quem detém o direito de assinalar. Nesta segunda-feira, 11, os nomes aos quais foram retiradas as suas assinaturas foram os dos deputados estaduais, Jonas Lima (PT), e Fagner Calegário (Podemos). Com a retirada, se engaveta a tão sonhada CPI da educação.

Combatendo o desgaste ambiental

Não tem sido fácil para a direção do Imac neste início de ano. Várias denúncias sendo que praticamente rotineiras para coibir os avanços criminosos e o desmatamento ambiental tem sido uma pedra no sapato da direção. Mas por outro lado, o Imac tem um corpo de diretores qualificados para impedir que esse crime organizado não obtenha mais êxito e sim prejuízos.

De acordo com o diretor técnico do Instituto de Meio Ambiente do Acre, Renê Fontes, ” a ação durou 30 dias, sendo 18 destes por dias ininterruptos dentro de ramais com guarnições do batalhão de policiamento ambiental, revezando em horários para vigiar o que fora apreendido de toras de madeiras”. Dentre os trabalhos realizados nesta operação conjunta, tiveram também vários preenchimentos de infrações para algumas pessoas envolvidas. O montante da apreensão na fiscalização foi de 120 toras de madeiras, o que significa cerca de 352m³ de madeiras que estará à disposição com conformidade dos trâmites legais a autarquia.

Continuar lendo

EVERCLEY MELO

E o progresso chegou, o Futuro surge

Publicado

em

Enfim, o tão sonhado momento chega para os acreanos. A ponte do Abunã sobre o Rio Madeira finalmente é inaugurada e com ela surge para aqueles que a muitos anos trabalharam nas ida e vinda nos movimentos das águas em cima das balsas o fim de um amparo financeiro que durante anos foi o sustento de várias famílias dos dois lados da travessia do Rio Madeira.

Hoje, se juntaram para celebrar o ato do Progresso os líderes de estados como os governadores dos estados vizinhos Acre e Rondônia. Para os acreanos ver aquela que era a barreira que limitava os avanços e investimentos para o Acre e falamos de pôr graças à Deus que somos um elo de progresso e esperança desde agora.

Para o governador Gladson Cameli, aquele que sonhou e lutou desde os primeiros momentos de sua inicial trajetória política como deputado federal e também ganhando força como senador da República, trazer esperança para todos nós de que valeu a pena cada esforço para neste exato tempo dizer, seja bem-vinda esperança.

Entretanto, se colocar na linha de frente de uma bandeira nunca foi fácil e jamais será fácil, pois, muitos são os esforços contrários para que coisas erradas venham a dar rumos adversos, mas não se pode baixar a guarda e como diz o ditado popular, tem que arregaçar a manga e ir à luta.

Agora, vale expressar gratidão a todos aqueles que fizeram para que este tão sonhado momento chegasse para todos nós, as pessoas que direta ou indireta proporcionaram e colaboraram para o que sonho acontecesse.

Hoje vimos uma multidão de sonhadores que em seus rostos, transmitiam a alegria de poder dizer, saímos do isolamento finalmente. “Hoje podemos dizer que fazemos parte do Brasil”, diz assim, uma senhora que esperava um dia chegar a alcançar por este momento.

O presidente Jair Bolsonaro, fez o que para muitos jamais iriam fazer, dar aqueles que foram para ver o sonho da ponte da esperança ser inaugurada, mas também para ver um presidente leve, compromissado com o país e principalmente pelo nosso Acre.

E pra não deixar de ser ele o presidente, fez e está fazendo no seu fiel escudeiro, ministro Tarcísio, um futuro maior em sua sucessão presidencial.

Na sua comitiva estavam nomes conhecidos por todos os brasileiros, como, o tricampeão da fórmula 1, Nelson Piquet, Luciano Hang, dono das lojas Havan, senador Márcio Bittar, líder do orçamento na bancada, o governador de Rondônia e demais autoridades de diversos segmentos dos estados fronteiriços.

Por fim, que o progresso seja não somente um sonho, mas sim, a esperança do povo acreano.

Continuar lendo

EVERCLEY MELO

Segurança ou Insegurança

Publicado

em

Como todos já sabem, senão a maioria acredito que já tenham o triste conhecimento de que nossa linda capital Rio Branco, foi aclamada num triste ranking como a 35° capital mais perigosa pra se viver.

Com tantas coisas para nos preocuparmos, precisamos nos atentar para uma segurança que queríamos tê-la mais não nos dias atuais nos é dada. Pois com tantas mudanças em meio a sociedade em que somos membros dela que, pelas opções das classes sociais vimos que ainda estamos longe de viver e ver um tão sonhado momento onde o cidadão poderá andar, conversar e muito mais ainda está por onde for e no horário que for em tranquilidade, sem que seja por desfavor desprovido de um segurança particular para se sentir seguro. Pois o que sentimos é uma insegurança por onde andamos. Mas a pergunta é, de quem é a culpa? Com tudo isso sendo martelado em nossas cabeças que queremos buscar sempre um culpado para tal pensamento e mais, queremos que alguém se responsabilize por qualquer coisa que jos aconteça.

Mais de fato é, como podemos ou quando teremos a tão sonhada segurança e não a sensação de segurança?

Estamos inseridos em um estado que enxergamos os esforços para nos dá a tão esperada tranquilidade da paz. Mas, o avanço da criminalidade vem crescendo e acontecendo em um ponto avassalador que se torna para aqueles que deveriam nos mostrar que temos sim um processo de segurança, a falta não por eles, mais por mecanismos de um sistema que a muitos anos está decaído e precisando de ser reformado.

Pelo sistema normal de estado, muitos são os esforços para combater o crime, este por sinal está muito organizado e com ele não existe um mecanismo que o torne incapaz de avançar. Por outro lado, os gritos de socorro são muitos e não é somente por causa da criminalidade, mas também por conta de um vírus que está nos rodeando todos os momentos e querendo fazer as lágrimas saírem de nossos olhos à perda de um pai, mãe, irmãos, amigos e outros que poderemos conhecer.

O nosso pedido

Que Deus seja como sempre é a nossa segurança, nosso escudo, nossa esperança de dias melhores e um mundo onde podemos dizer, somos um povo feliz de tudo.

Evercley Melo

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia