Connect with us

COLUNAS

O STF e sua cruzada inglória

Avatar

Publicado

em

*Paulo Machado

“Lembrai-vos da palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu SENHOR. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa.”  (João 15 : 20)

Neste final de semana assistimos a mais um episódio da saga ideológica anticristã travada nas mais altas esferas do poder.

Em plena semana Santa, período que 90% do povo brasileiro de predominância cristã celebra o sacrifício vicário de Cristo e sua ressurreição, assistimos perplexos mais um desvaneio da suntuosa e majestosa sublime e intocável corte suprema em sua sanha de discriminação religiosa disfarçada de medida preventiva de saúde pública.

Entre muitas peitas a que se dedicam seus excelentíssimos magnânimos ministros, mais uma de um de seus mais controversos rouba a cena, no que mais se parece com uma tragédia grega.

Na véspera da Páscoa, o ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), em atenção ao pedido da ANAJURE Associação Nacional dos Juristas Evangélicos do Brasil liberou a realização de missas e cultos religiosos em todo o Brasil. A decisão foi publicada neste sábado (3/4). Em resumo, Na decisão em caráter liminar (provisório), o ministro aponta que Estados e municípios não podem editar normas que proíbam completamente celebrações religiosas presenciais como medida de enfrentamento à pandemia por ferir um preceito constitucional que garante a liberdade religiosa e o direito de culto.

“A proibição categórica de cultos não ocorre sequer em estados de defesa ou estado de sítio. Como poderia ocorrer por atos administrativos locais? Certo, as questões sanitárias são importantes e devem ser observadas, mas, para tanto, não se pode fazer tábula rasa da Constituição”, escreveu o ministro.

Enquanto de um lado o bom senso se manifesta através do mais novo zelador da Constituição brasileira, de outro um dos mais brilhante  Ministro do STF Gilmar Mendes nega o pedido da CNPB Conselho Nacional de Pastores do Brasil e do PSD na ação que requeria contra o decreto do governo de São Paulo que proibia cultos presenciais.

A questão deverá ser discutida nesta quarta (07/04) pelo pleno e que pelo andar da carruagem já se faz percebido o resultado.

Observa-se uma certa resistência por parte do clero em aceitar o mais novo membro do colegiado. Opiniões divergentes vem sendo proferidas contra decisões do novo ministro demonstrando como serão os futuros embates naquela corte. Será porque foi indicado pelo Presidente Jair Messias Bolsonaro????

As declarações de escarnio produzidas pelo ministro Marco Aurelio “Imagino que Nunes Marques seja muito religioso” é uma pequena amostra do ambiente criado em torno daquele que defende princípios cristãos.

Então fica a pergunta: – “E quando solta bandido do PCC é porque é muito bandido ministro !?”

É clara a inclinação militante daqueles que se opõe a essencialidade dos serviços religiosos.

Estamos presenciando mais um capítulo dessa “novela da vida real”, como se não bastasse as aberrações que se presencia na tragédia Dória, temos ainda mais uma cena dantesca que envergonha o judiciário brasileiro.

Acreditamos que o Brasil tem Jeito. A Igreja ainda é a última trincheira.

*Paulo Machado é pastor e professor

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COLUNAS

ARTIGO O político e a política

Avatar

Publicado

em

Por

*Francineudo Costa

Ser político, não é ser apenas popular, dar tapinha nas costa, gastar sola de sapato e sair por aí subindo e descendo rio. Ser político é bem mais que isso!

É preciso ter responsabilidade com a coisa pública, buscar dar o melhor de si pelo próximo, se capacitar, e adquirir conhecimento de causa para desenvolver políticas públicas que corrijam desigualdades sociais, e que produzam riquezas para o estado.

Tem gente que já está a décadas e até então não mostraram a que vieram, se valem da popularidade. Tudo bem, não é errado ser popular, porém, não é o atributo mais significativo para atender as necessidades de um estado pobre, e de um povo sedento por políticas públicas.

Dito isto, como cientista social, venho compartilhar essa reflexão, e provocar o senso crítico em cada cidadão Acreano. Não se deixem levar por jargões ou frases de efeito, pois o voto é o instrumento mais importante capaz de nortear os rumos de um estado e da nação.

Não basta botar pra moer, é preciso trabalhar e saber o que fazer.

Continuar lendo

COLUNAS

Na saúde, os esforços do governo tem surtido efeito

Avatar

Publicado

em

Por

Na noite de hoje, 06, constatamos os esforços de uma categoria que desde o mês de março de 2020, não olharam para as dificuldades, cansaços, riscos de diversas doenças entre elas a que mais tem assolado o povo acreano e também no mundo que se chama COVID-19. A esta classe chamada combatentes sem horários de descansos, os profissionais da SAÚDE, devemos todos os dias bater palmas e um muito obrigado. Eles se colocam na linha de frente por cada um de nós e sabendo que estão expostos e com isso, podendo ao término dos seus plantões, levarem para seus familiares a dor e lágrimas de um dia de guerra contra um inimigo que se multiplica de formas

diversas e nossos cientistas na luta para encontrar a tão sonhada vacina eficaz e gritarem, agora vamos vencer este mal.

Portanto, cabe a nós refletir nos cuidados e fazer diferente daqueles que ainda continuam olhando como se nada estivesse em risco.

Há várias vacinas sendo produzidas, mais até o momento nenhuma delas nos fez sentir confiantes da imunidade deste fenômeno social. Mas sabemos que o nosso governador Gladson Cameli, sem medir esforços, está como aqueles soldados da guerra da vida pela vida, arriscando o que tem de melhor, sua vida, por amor ao próximo.

 Por fim, o que podemos fazer é, desejar que tudo isso termine logo e na certeza do

amanhecer, de que aqueles que já tiveram parentes (soldados ) e que perderam a luta contra este vírus, olhem para o legado deixado e jamais esquecido dos dias de glória.

Assim está escrito na Bíblia, o melhor de Deus estar por vir.

Pr. Evercley Melo

Continuar lendo

COLUNAS

COLUNA DO EVANDRO Deputada Vanda Milani se organiza para disputar o Senado com um suporte de arrepiar concorrente

Avatar

Publicado

em

Deputada Vanda Milani se organiza para disputar o Senado com um suporte de arrepiar concorrente

A deputada federal Vanda Milani (Solidariedade) está se preparando, sim, para colocar sua candidatura ao Senado na rua em 2022. “Serei, sim, candidata a senadora porque acredito que o Brasil precisa no Senado de pessoas comprometidas”, garantiu à coluna. Agora a nota da coluna: ninguém terá bala na agulha para competir com ela ano que vem.

Time forte
Uma vez candidata ao Senado, Vanda Milani vai entrar para abiscotar a única vaga que tera disponível em 2022. Tem bala na agulha, terá time para comandar sua jornada. O negócio não vai ser brincadeira, segundo informações que a coluna tem.

Superação
Esses dias vieram questionar o secretário de Saúde da prefeitura de Rio Branco, Frank Lima. Discordei geral. O Frank é um velho guerreiro da antiga oposição e leal ao Bocalom há anos. Ele, inclusive, está se superando como secretário. Frank era aposta contrária da maioria.

Pergunta sem resposta
Conversei com deus e o mundo para tentar descobrir a razão pela qual o vice-governador, Major Rocha (PSL), tem brigado com o governador, uma vez que ele teve tudo no governo. Ninguém tem ideia.

Até que enfim
O presidente da Federação de Futebol, Antonio Aquino Lopes, entregou para o governo, anteontem, uma ambulância doada pela CBF. Uma surpresa, uma vez que o pessoal do futebol tem ajudado muito pouco nessa pandemia.

Inimigo é inimigo
Para o prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia Marinho (PT), adversário é adversário. Ele quer saber, dentre os alunos beneficiados pela prefeitura em uma faculdade particular durante a gestão passada, quem votou contra ele nas eleições, para fazer o corte na lista para a próxima etapa.

Do PSDB para o PT
Vale sempre lembrar que o PT esculhambou a prefeitura de Assis Brasil, ai o Zum Barbosa, do PSDB, arrumou tudo, ai devolveu ao PT outra vez.

Fica no governo
Manoel Pedro, conhecido no meio político como Correinha, é o presidente do PSDB no Acre. Pois ele e os dois deputados do partido, Cadmiel Bonfim e Luiz Gonzaga, esperam apenas a saída definitiva da deputada federal Mara Rocha, que está indo para o PL, para, finalmente, se aboletarem de vez no governo. Desde o início da gestão Gladson a relação era conturbada.

Doutor do coração
Médico do coração, Welber de Lima e Silva é um acreano desses do pé rachado, de família humilde, que pretende entrar para a política em 2022. Tem bagagem. Podem anotar o nome dele.

Escolha pessoal
Se disputar a reeleição, o que é bem provável, o governador Gladson Cameli (Progressistas) vai escolher pessoalmente seu vice.
Aprendeu, seguramente.

Alô, DNIT
Trechos da BR-317, principalmente entre Capixaba e Xapuri, estão terríveis. Em alguns lugares umas verdadeiras “caçimbas” estão cortando pneu de carros.

Deputado novo
Até a próxima semana a Assembléia Legislativa deverá proceder o afastamento definitivo do deputado Josa da Farmácia (Podemos) e empossar o suplente, André da Farmácia (Podemos). O TSE notificou o TRE anteontem sugerindo agilidade.

Não foram os únicos
A cassação do Josa da Farmácia é a segunda nessa legislatura, por de problemas com a famigerada compra de votos. A outra foi a da deputada Juliana (Republicanos). Mais fica um registro: nem eles foram os únicos a comprar votos, nem os concorrentes em 2022 vão deixar de comprar. Isso virou cultura entre candidato e eleitor e suas caras lambidas.

Time de primeira
Se disputar mesmo para o Senado a deputada federal Vanda Milani terá um timaço, sob o comando do filho, Israel, e do articulador Paulo Ximendes.

Aceito
Neném Junqueira chegou na Secretaria de Agricultura contestado. Um fazendeiro chegou a arrastar um pqp nas redes sociais quando soube da saída do antecessor, Edvan Maciel. Não demorou nada e já está todo mundo se chegando com o Junqueira, um tipo simpáticão ligado ao senador Márcio Bittar (MDB).

Flaviano senador
O MDB está com uma ideia na cabeça: arrumar um jeito de Flaviano Melo ser candidato ao Senado. Tem muita pretendentes ao redor do governador Gladson Cameli (Progressistas), mas tem tempo de sobra pra trabalhar situações como essas.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados.