Connect with us

COLUNAS

O papel da Igreja na pandemia

Publicado

em

A mais de um ano que estamos vivendo dias difíceis. Dias esses que nos faz repensar nas coisas que fizemos e mais ainda naquelas em que a bíblia tem nos ensinado sobre “amor ao próximo.

Diante de um fenômeno social de pandemia do Covid-19, em que tantas incertezas, dores, medos, invadem as nossas casas, suspeitamos que a morte se aproxima querendo fazer amizade. Você quer essa amizade querido leitor? Acredito que nenhum de nós. Ao contrário, pois, como cristãos, acabamos de celebrar a Páscoa do Senhor, ou seja, declaramos com toda força poética uma outra realidade: a vida é maior que a morte.

E sendo assim, buscando por uma forma externa sem perder a essência da real posição no qual faço parte, percebemos que o papel da igreja além do que imaginava era, é e sempre será maior, pois o que se pratica nada mais é essencial do que o amor. Este por ser o ícone de uma sublime entrega para todo aquele que se voltasse para a cruz e pudesse interpretar a razão de toda dor e sofrimento aquém nos amou, ama e sempre amará ao que estiver disposto a fazer um papel social como o que foi apresentado aos judeus e a todos sem distinção do amor incondicional, de se entregar por uma causa.

Desde o fenômeno que nos fez revelar o que temos e somos, chamado Covid-19, as dúvidas tem se tornado a maior arma entre todos, mas esta, maior que uma arma de fogo, a incerteza de como enfrentar o inimigo sozinho e desarmado. Por esta razão, a igreja entra como uma coluna de força e de extrema essencialidade no papel social, humano, psicológico e acima de tudo, espiritual.

Quando tratamos aquelas pessoas que por algum motivo estão passando por problemas que outrora não existiam, buscamos em Deus o divino dom da revelação através do Espírito Santo para instruir aquele aquém Deus entregou seu único filho para morrer por ele e por nós de tal forma essa, uma solução ou caminho para deixar a pessoa atendida e com a consciência de que Deus o ouviu.

As igrejas buscaram mecanismos e se reinventaram neste momento dicotômico de líderes cristãos em meio a pandemia. Evidente que entre esses aspectos, existem diferentes caminhos, mas de forma pedagógica, as igrejas foram por duas vertentes: uma, o uso das redes sociais,  e aplicativos para realização de cultos, palestras, orações, dentre outros elementos litúrgicos; e também a negação do isolamento social, afirmando que os fiéis devem retornar aos templos.

Entretanto, existem as igrejas que permanecem os seus trabalhos e ações como na sua originalidade, atendimentos pastorais, acompanhamento espiritual de seus rebanhos diante da pandemia, necessidade como nunca um templo teve não somente por aqueles que se dizem membros, mas também por pessoas que ao longo desta que por muitos está sendo chamada de “os tempos difíceis”.

Sabemos que estas ferramentas ficarão como uma nova linguagem que muitos ignoravam e ou não desejavam experimentar. Mas dentro delas as pessoas passaram a utilizar como a opção em meios aos decretos impossibilitando seus cultos naturais e ações tais como, “encontros” de orações e etc…

Por outro lado, tem aqueles que dizem que o melhor é estar em suas residências e fazendo de forma home office do que praticando tudo o que aprendeu durante seu tempo de evangelho.

Desta forma, deixa eminente a sua razão pela qual deveria ser exercida, mas o fenômeno causador da dúvida o deixou ser conduzido como espelho das ações externas.

Por isso que acreditamos não ser uma ação que substituíra o culto presencial. Estamos buscando superar tal contexto, mas ansiosos, não como está escrito em 1Pd: 5: 7, que diz, lançando toda a vossa ansiedade sobre Ele, porque Ele tem cuidado de vós. Mas de dias melhores, de esperanças, para que o reencontro dos abraços, dos beijos, do cheiro, e do tão tradicional entre todos, o aperto de mãos.

Contudo, quero aqui desejar como filho de Deus, que lutemos e avancemos em prosseguir para o alvo, JESUS CRISTO, aquele que se pôs entre todos por amor a pecadores e deixando uma mensagem de que o amor sempre vencerá o mau.

Pr. Evercley Melo

EVANDRO CORDEIRO

COLUNA DO EVANDRO | Gladson não convidou ninguém para disputar o Senado, mas também não pediu a ninguém que desista

Publicado

em

Não é verdade que o governador Gladson Cameli tenha convidado alguém para disputar o Senado. Ele também não pediu a ninguém para desistir. Nem vai pedir. A deputada federal Vanda Milani (PROS) é prova. Ela conta que ele é assim: trata todo mundo bem, chama todos os postulantes de meu senador, mas tem avisado nos bastidores que os interessados devem se viabilizar para lá na frente essa questão ser resolvida. “É o que eu estou fazendo. Tô andando, trabalhando”, diz ela. E está mesmo.

Saída do SD

A deputada Vanda Milani também contou como se deu sua saída do SOLIDARIEDADE. E foi simples. O partido tende a apoiar Lula para presidente. Ela é Bolsonaro. “Só restou sair”, disse à coluna.

Não fica fora

Carlos Gomes, aquele professor que ficou em terceiro lugar na disputa pela prefeitura de Rio Branco em 2016, estará nas eleições de 2022. Ele afirma não saber se como candidato. O mais provável é que seja nos bastidores. Mas ficar fora, nunca! Segundo garantiu.

Nada acertado

A participação do prefeito Mazinho Serafim (MDB) no evento do governador Gladson Cameli com prefeitos nesta terça-feira, 14, se deu pelo mais absoluto sentimento de respeito pela população. O Gladson não olha para a figura do adversário político na hora de ajudar os municípios. Mas é bom que fique claro: não existe nenhum acerto político entre eles.

Greta Torloni

Ninguém melhor que o senador Márcio Bittar (MDB) para responder a atriz global Christiane Torloni, que anda, de seu apartaento, de frente para o mar, no Rio de Janeiro, dando pitaco sobre a construção de uma estrada para ligar o Brasil ao Peru pelo Juruá. É o tipo de ambientalista que age só para agradar um certo público. Quem sabe o que é certo por aqui e quem está lá no campo. “Essa turma insiste numa narrativa cujo resultado é nos deixar pobre a vida inteira”, disse Bittar.

Bobagem

Não adianta deputado federal e senador chegar por aqui pelo Acre mostrando que foi apontado como o melhor político em Brasília, segundo não sei quem. Gente, hoje todo mundo tem informação 24h à disposição.

Vereadora da Baixada

Ex-vereadora, a Graça da Baixada deixou a secretaria de Agricultura da prefeitura de Rio Branco, onde era diretora de ramais desde o início da gestão Bocalom. Está decidindo se disputa as eleições em 2022.

Com o PT

Candidato a governador, que chova ou faça sol, o senador Sérgio Petecão (PSD) deixou claro nesta terça-feira, 14: não terá problema nenhum em estar junto com o ex-senador Jorge Viana (PT) de alguma forma nas eleições de 2022.

Decidido

Sobre o PT, a rigor, está cada vez mais claro que Jorge Viana deverá disputar o Governo. Só há uma razão para ele recuar, o fato de ter disputado eleições atrás de eleições sem meter a mão no bolso e dessa vez, se quiser, ele terá que mexer na conta pessoal.

Indeciso ainda

Ex-vereador, Rodrigo Pinto está ameaçando desembarcar no Acre a qualquer momento, com objetivo de estar na disputa eleitoral do ano que vem. Só não decidiu ainda o que vai disputar. Ele mora em Dubai, onde foi adquirir maturidade.

Jéssica do Alto Acre

Jéssica Sales, a boa deputada federal do MDB, está para afundar as estradas do Alto Acre. Toma café em Capixaba, almoça em Xapuri, e dorme em Brasileia. Quer deixar de ser a parlamentar do Juruá apenas.

Segredo

Não há quem consiga arrancar um nome que seja da chapa do SOLIDARIEDADE, montada pelo presidente Moisés Diniz. Ele só adianta o seguinte: além de não ter ninguém com mandato, a chapa é equilibrada. Todo mundo da mesma altura, diz o Cacique.

Espertos

Os pré-candidatos às eleições de 2022 que têm dinheiro, não estão pagando nem um quibe para o eleitor. Sabem que a forma certa é guardar a grana para a última semana de campanha.

Reação da economia

Professor de economia Alex Barros, nosso consultor financeiro mais famoso, está otimista com a reposta do Brasil e do Acre no pós-pandemia.

Vídeos do AcreNews

Vem aí uma programação inédita de vídeo do site AcreNews. Parecia celebrada com um grupo de jovens artistas que é testosterona braba. Vai ser show.

Continue lendo

RUBEDNA BRAGA

Coluna da Rubedna Braga

Publicado

em

BOTECO DA SIMONE

Uma noite bacanérrima no último sábado, na área de lazer da família Chaves, marcou o aniversário da pediatra Simone Chaves.  Mais uma vez a Simone bisa as suas festas que são surpreendentes!

Conhecida por seu bom gosto este ano, escolheu o tema Boteco para a tertúlia. Decoração temática assinada por Roberto Mancha e Manu, caprichado! No cardápio comidas típicas de Boteco. Som dos mais animados e uma noite pra lá de especial. Parabéns, parabéns!

Simone sempre muito alegre e de bem com a vida ao lado de familiares e amigos. Coisa boa!
Simone com Mário Sérgio e Nadia Canizo
Linda e maravilhooosa a aniversariante Simone com as amigas Giuliana Evangelista e Roberta Lima
A matriarca da família Chaves Cruz com a filha Simone Chaves
Silvane Chaves com seu Ciro e o filho Danilo recém-formado em Medicina
As amigas Simone Chaves e Marina Contijo
Solange Chaves e Mário Penteado com filho e nora
Encontro de três grandes mulheres: Lindas, bem resolvidas e de bem com a vida em noite de comemoração ao aniversário da amiga Simone Chaves. Ana Schirley e Jorgete Nemetala
Seu Ribera com os netos Levi e Daniel
Cínara Lisboa e seu lindo marido Jime Barbosa
Simone ladeada pela amiga Giuliana e Marcos Palácio Dantas
As amigas aniversariantes Simone Chaves e Márcia Abreu
O cantor Sérgio Souto ladeado por Ivan Biancard e Aragão Rocha, no Boteco da Simone

NIVER DA IOLANDA CRISTINA

Pra lá de bom o café da manhã oferecido pela advogada Iolanda Cristina, no último sábado, em torno de seu aniversário. O salão de festa do hotel Terra Verde foi devidamente preparado para receber um pequeno grupo de convidados e familiares que foram cantar os parabéns pra você. Tudo como manda o figurino.

A aniversariante com os irmãos Ciro e Italo com as suas respectivas esposas Thais e Iza
Elas arrasam! As mulheres advogas e empoderadas no niver da Iolanda, no hotel Terra Verde
A aniversariante com a linda Andreia Mesquita e Kauê Facundo

Gilliard e Suellem Rocha com os filhos Thomás e Isabel
Bianca e André Marques com Iolanda Cristina

A essa pessoa especial que é a Fátima Moutinho desejamos muiiiitas felicidades e muitos anos de vida com saúde ao lado de seu Fernando Moutinho. É big, é big…..

Ainda é tempo de parabenizar o nosso amigo um dos musicistas mais simpáticos e afinado, também muito querido entre os amigos. Como falou o amigo cel. Rochinha, vencedor de vário FAMPS. Parabéns, parabéns!

|

Para a juíza Zenair Bueno o trabalho vem em primeiro lugar mais a paixão mesmo é quando está participando dos concursos de três tambores, que alias são frequentes e não deixa por menos. Na foto com o marido o advogado Valadares Neto.

Gente, todas as boas energias a essa grande mulher, mãe dedicada, que é a aniversariante de hoje. Luzineide Viana, mãe do nosso poeta Jackson Viana. A ela toda a nossa admiração.

HOMENAGEM A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

Consul Teobaldo Reategui Sam Martin, Jorge Rivasplata e sua mulher Guadalupe

Intitulada Independência do Brasil foi a exposição do artista plástico Jorge Rivasplata que teve seu desfecho em frente a prefeitura de Rio Branco, onde ficou durante sete dias, se encerrando no último dia 10, com a presença dos artistas plásticos, poetas, convidados especiais, autoridades civis e militares. Dentre eles a prefeita em exercício Marfisa Galvão, Assessor de Políticas da Prefeitura Helder Paiva, Presidente da Garibalde Brasil Pedro Aragão, historiador José Wilson Aguiar, Glicélio Gomes presidente da Associação dos Artistas plásticos do Acre,  Ministro Teobaldo Reategui San Martin Consul general do Peru juntamente com sua esposa Silvia Aviles e sua assessora Betzebel, artista plástica Nassara Nasserala, empresário Arnaldo (Papelaria Arnaldo),  Guadalupe esposa do Rivas, dentre outros.

Na foto o artista plástico Glicélio, o presidente da FGB, Pedro Aragão, o historiador Wilson Aguiar e o artista plástico e escultor Jorge Rivasplata

Rivas com artistas de renome e convidadas especiais
A dançarina Paula fez uma belíssima apresentação de dança cigana, ela que foi aluna do artista plástico Jorge Rivasplata. Show!

Continue lendo

EVANDRO CORDEIRO

COLUNA DO EVANDRO | ‘A decepção deve ter sido monumental’, diz Márcia Bittar sobre o day after dos opositores de Bolsonaro com o recuo do presidente

Publicado

em

A professora Márcia Bittar, candidata a senadora do Bolsonaro no Acre, disse à coluna não saber bem como medir o tamanho da decepção dos opositores do presidente com o inteligente recuo dele, feito em favor do Brasil, após as pacíficas manifestações do dia 7. “Deve ter sido oceânica e monumental a decepção daqueles que não querem o bem do país, que querem apostar no quanto pior melhor e na briga entre os poderes, onde quem perde é o povo e a economia do Brasil”, ponderou.

Pesquisa fajuta

Márcia Bittar também relembra que os opositores do presidente não se cansam de passar vergonha divulgando pesquisas mentirosas. “Na última eleição pesquisas fraudulentas posicionaram Bolsonaro em sexto lugar, abaixo até de Marina Silva. A resposta acachapante veio das urnas. Eu que não quero incentivar ou ativar movimentos contra o STF, mas passa da hora desses órgãos de pesquisa serem duramente penalizadas por tamanho acinte a democracias e regras eleitorais”, sugeriu.

Institutos do Acre

Quando crítica pesquisas, Márcia Bittar, que ainda não sabe por qual partido disputará o Senado, só sabe que será no mesmo de Bolsonaro, ela defende os institutos do Acre. Por aqui não tem havido erros mais recentemente, de fato.

Gladson a favor

O governador Gladson Cameli (Progressistas) também tem elogiado a postura do presidente Bolsonaro. É mais inteligente, segundo o governador. O confronto só atrasa a economia.

Vão sentir na pele

Com as regras da disputa eleitoral mantidas, sem coligações, os deputados vão sentir na pele aquilo que quem disputou para vereador, em 2020, sentiu. É difícil montar chapas, é pior ainda saber que o dinheiro do Fundão continua sendo dos candidatos tradicionais, das famílias poderosas, como já era com o dinheiro dos partidos.

Não crescem

Segundo números mais recentes, nem Jorge Viana (PT), nem Petecão (PSD), crescem pra cima do governador Gladson Cameli. Bom ressaltar, todavia, que falta um ano e pouco para a eleição e o cenário pode mudar.

Alta rejeição

A rejeição do PT no Acre ainda está acima da média no Brasil. E chegar a essa conclusão não é preciso pesquisa científica. É só sentar numa roda onde se fala em política.

Mais uma pedreira

O prefeito Tião Bocalom deverá enfrentar uma CPI, a do transporte público. Se sair ileso de mais essa, o prefeito precisa ser deixado em paz para trabalhar. Mudar o jeito dele ninguém vai mudar.

Grupo de amigos

Bocalom tem um grupo fechado ao seu redor formado por amigos de 40 anos. As decisões desse grupo é que valem. E eles não costumam ser muito políticos não.

Destaques no governo

O time do governador Gladson Cameli tem melhorado muito a cada mexida que ele faz. Por exemplo: no Iapen, Arlenilson Cunha serenou. O sistema penitenciário melhorou significativamente. Na Seinfra o Cirleudo Alencar surpreende a cada semana.

Só trabalho

Prefeito Mazinho Serafim (MDB), de Sena Madureira, calou a boca e se danou a trabalhar. Já não sabe mais nem se deixa o MDB, como tava decidido há dois meses.

Problemão

A rigor, o MDB de Mazinho Serafim tem uma questão grande para gerenciar, em função das muitas tendências internas. Uma parte se sente contemplada no Governo, outra não. Uma defende Flaviano Melo como vice, outra Jéssica Sales como senadora. Está difícil de fechar questão, pelo visto.

Chapas boas

Partidos pelos quais será melhor disputar as eleições em 2022, por não ter político com mandato e já terem chapas boas a essa altura: Republicano, PSL, PTB, PROS e SOLIDARIEDADE.

Oposição sem força

Opositores do presidente Bolsonaro passaram dias e dias convocando a população para um ato neste domingo contra o Governo. Em Rio Branco, por exemplo, cerca de 20 pessoas foram às ruas protestar. No Brasil todo foi um fiasco só.

Hassem x Hassem

Os Hassem de Brasileia e Epitaciolândia vão para as eleições de 2022 com dois deles na disputa para estadual. Tadeu, irmão da prefeita de Brasileia, Fernanda, e André, ex-prefeito de Epitaciolândia, hoje diretor-presidente do Imac. Vai ser um confronto épico.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia