Connect with us

POLÍCIA

Caso Kesia Nascimento: sete réus serão interrogados nesta quarta-feira

Publicado

em

Dos nove réus envolvidos na morte da jovem Kesia Nascimento, sete serão interrogados na manhã desta quarta-feira, 2

Foto: Reprodução

São eles: Thalysson Jesus da Silva, João Vitor da Cunha Pereira, Moises Inácio da Silva, Camila Cristine de Souza Freitas, Amanda de Lima Moura, José Natanael Aquino Duarte e Ana Lúcia Barros de Oliveira. A audiência de instrução e julgamento do processo será realizada presencialmente, a partir das 10 horas, na 1ª Vara do Tribunal do Júri.

O grupo foi denunciado pelos crimes de homicídio, ocultação de cadáver, corrupção de menores e por integrar organização criminosa. A investigação da Delegacia de Homicídios da Policia Civil apontou que os sete acusados foram os responsáveis pelo sequestro e assassinato da jovem Kesia Nascimento da Silva.

Também são réus no processo: Rita Rocha do Nascimento de 40 anos, a Brenda e Veralucia Marques Coura de 52, conhecidas como as justiceiras do PCC. De São Paulo, a dupla teria ordenado a morte da jovem. O crime ocorreu no dia 28 de janeiro do ano passado. O corpo da vítima, segundo a investigação, foi esquartejado e jogado no Rio Acre.

Rita Rocha do Nascimento e Veralucia Marques Coura. Foto: RecordTV

Kesia foi sequestrada na saída de casa, na região do Calafate, juntamente com o filho de seis anos. A criança foi deixada na lanchonete de uma prima da vítima, na Estrada da Floresta. Na sequência, a jovem foi levada, segundo a investigação, para um cativeiro no bairro Taquari. Quando a noite chegou, Kesia foi julgada e sentenciada à pena de morte pelo “Tribunal do Crime”.

Rita Rocha, que acompanhou todo julgamento de São Paulo, teria dado a ordem final para executar a vítima. O motivo, segundo a investigação, seria Kesia ter sido vista na companhia de um membro de uma organização rival.

Interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça ajudaram na elucidação do caso. Parte das testemunhas foi ouvida na primeira audiência no início do mês passado.

Em relação as acusadas Veralucia Marques Coura e Rita Rocha do Nascimento, que estão presas em São Paulo, o processo foi desmembrado.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Iapen divulga nome e nota sobre tentativa de fuga em massa no presídio

Publicado

em

Por

Antônio Carlos Siqueira da Silva Junior é o detento que conseguiu fugir do presídio na madruga desta terça-feira, 15. A confirmação foi feita pelo Instituto de Administração Penitenciária do Estado. O Iapen também divulgou nota sobre o caso.

Veja a nota:

Nota Pública

O Governo do Estado do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), vem a público informar que;

  1. Por volta das 3h20 desta terça-feira, 15, oito presos que cumpriam pena na cela 5 do pavilhão P do Complexo Penitenciário de Rio Branco tentaram fugir da unidade. Eles cavaram um buraco na parede da cela, por onde saíram;
  2. Dos oito presos, seis foram contidos de imediato e outros dois conseguiram alcançar a área externa ao presídio, utilizando cordas feitas com lençóis;
  3. Durante os procedimentos, disparos de alerta foram feitos e um dos dois detentos foi atingido, sendo então encaminhado ao Pronto-Socorro de Rio Branco, onde passou por cirurgia e já se encontra estável.
  4. Apenas o detento Antonio Carlos Siqueira da Silva Junior conseguiu empreender fuga e os policiais penais continuam as buscas na área de mata do entorno do presídio na tentativa de recapturá-lo.

Rio Branco – Acre, 15 de junho de 2021.

Arlenilson Cunha
Presidente do Iapen

Continuar lendo

INTERIOR

Bombeiros encontram corpo de adolescente que tentou cruzar rio Tarauacá a nado

Publicado

em

Por

O corpo do adolescente João Pedro de Sousa Leandro, de 17 anos, foi achado no final da manhã desta segunda-feira (14) por bombeiros de Tarauacá. O rapaz estava desaparecido desde a tarde desse domingo (13) quando tentou atravessar o Rio Tarauacá, interior do Acre, a nado.

Amigos do rapaz relataram que estavam nadando no manancial quando resolveram atravessar. Foi então que ao chegarem do outro lado, eles perceberam que o adolescente tinha sumido.

O cadáver de João Pedro foi achado no fundo do leito do rio, segundo o comando do Corpo de Bombeiros. “Estava próximo do local onde sumiu. O rio tem bastante galhos, mas foi achado no fundo do leito mesmo”, explicou o Corpo de Bombeiros de Tarauacá, tenente Jailton Figueiredo.

As equipes iniciaram as buscas logo após o acionamento. Ao chegar a noite, os trabalhos foram suspensos e retornaram na manhã desta segunda.

Adolescente morreu afogado no Rio Tarauacá e corpo foi achado nesta segunda-feira (14) — Foto: Arquivo pessoal

Com informações do G1.

Continuar lendo

POLÍCIA

Justiça decreta prisão preventiva de policiais penais que tentaram entrar com drogas e cartas no presídio

Publicado

em

Por

Os policiais penais Francisco Jeferson Gomes e Genildo Gabriel da Silva tiveram as prisões preventivas decretadas. A decisão foi do Juiz Alesson Bráz durante a audiência de custódia realizada no último sábado, no Fórum Criminal. Como os agentes de segurança foram indiciados por crimes diferentes, as audiências aconteceram separadas.

Francisco Jeferson, conhecido como o “o senhor das armas”, foi indiciado na sede da DENARC pelos crimes de tráfico de drogas, com causas de aumento, por ser servidor público e ter praticado o crime nas instalações do presídio. Enquanto Genildo Gabriel foi indiciado na DECCO por promover organização criminosa já que, segundo a polícia, ele levava informações de fora da cadeia para membros de uma facção.

Ao decretar a prisão de Francisco Jeferson, o juiz disse que “a conversão da prisão em flagrante em preventiva, faz-se necessária para a garantia da ordem pública”. O magistrado também levou em conta anotações e depósitos bancários encontrados na casa de Francisco Jeferson.

Em relação ao policial penal Genildo Gabriel, flagrado com cartões de memórias contendo informações de presos, drogas, cartas e bilhetes, o juiz relatou que “diante da gravidade concreta do crime e do comportamento reprovável do agente público, torna-se necessário, a decretação da medida cautelar”. O decretado Pedro Vinicius da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas, A DECCO, disse que a investigação terá sequência.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas