Connect with us

POLÍTICA

Bittar alfineta greve na Educação: “Os sindicatos não podem ser instrumentos de privilégios disfarçados de direitos”

Publicado

em

Da redação do Acre News / Foto: Reprodução

Em meio à greve na Educação que vem ocorrendo há alguns dias no Acre, o Senador Márcio Bittar (MDB) publicou um vídeo, hoje (25) dizendo que os sindicatos não podem ser usados como instrumentos para privilégios disfarçados de direitos. Em determinado trecho, o parlamentar afirmou que o Brasil gasta muito e tem um péssimo retorno na educação.

“Sindicatos não podem ser instrumentos para privilégios disfarçados de direitos! Uma categoria não pode se sobrepor as outras. Nosso grande desafio é fazer com que os investimentos na educação se reflitam em melhorias nos baixos índices de aproveitamento das crianças e jovens em idade escolar. O Brasil precisa avançar e isso está acima dos interesses dos sindicatos, que há muito politizaram questões e polarizaram o debate”, legendou.

Na mídia que tem pouco mais de um minuto, publicada no seu perfil no Facebook, o senador argumentou que o setor da saúde vem enfrentando por mais de um ano, a pandemia sem vacina, o mesmo ocorreu com a Segurança Pública. Ele repudiou o que chamou de “querer ter privilégio” sendo que as outras funções vitais para uma sociedade não ameaçaram entrar em greve por conta da falta de vacinação.

“Por tanto, aquilo que exige a algum sindicato é um privilégio inaceitável. Nós temos um problema grave na educação. O Brasil gasta muito com a educação e tem uma educação de péssima qualidade, isto precisa ser enfrentado”, disparou.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INTERIOR

Incentivo na agricultura: Assis Brasil reabre a feira do produtor

Publicado

em

Por

Ignorados pela gestão passada, os produtores rurais em Assis Brasil, ganharam um grande incentivo na última sexta-feira. A prefeitura de Assis de Brasil reabriu a Feira do Produtor, espaço exclusivo para o comércio da produção local. Com apoio da Secretaria de Produção do Estado sob a coordenação da secretaria municipal de Agricultura, a gestão do prefeito Jerry Correia ofertou a oportunidade aos agricultores que não tinham mais um local adequado para vender os produtos.

“ Estamos reabrindo esse espaço graças ao esforço e o trabalho do prefeito Jerry que colocou essa meta como prioridade logo no início da gestão”, disse o secretário de agricultura Waldemar Lopes.

A prefeitura viabilizou o transporte para o escoamento da produção até a cidade e revitalizou o espaço que recebeu dezenas de clientes a procura dos produtos locais.

“Estamos inaugurando hoje esse espaço para fortalecer nossa agricultura e incentivar nossos produtores que estavam esquecidos na zona rural. Todas as sextas feiras teremos aqui produtos a baixo custo, sem atravessadores, direto para mesa da população”, observou o prefeito.

Continuar lendo

POLÍTICA

“Em 2022 vou retribuir o apoio que recebi do governador Gladson”, diz ex-prefeita Socorro Neri

Publicado

em

Por

A ex-prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, atual secretária de Educação do Estado, colocou fim as especulações sobre seu futuro político em uma postagem em sua página no Facebook. Ela anunciou que está se desfiliando do PSB, partido pelo qual foi vice-prefeita da capital e em seguida prefeita. Neri disse que voltará à sede do partido para agradecer pessoalmente aos dirigentes pela acolhida.

A ex-prefeita de Rio Branco promete se dedicar em 2022 a reeleição do governador Gladson Cameli (Progressistas) como retribuição pelo apoio dele à sua candidatura em 2020. “Quem acompanha a movimentação política não é novidade que o PSB e eu estamos em projetos divergentes”, escreveu.

Continuar lendo

POLÍTICA

Ato contra Bolsonaro é fraco, mesmo com apoio financeiro de parlamentares de esquerda

Publicado

em

Por

O ato contra o presidente Jair Bolsonaro, realizado na tarde deste sábado (19), no centro de Rio Branco, reuniu centenas de militantes com cartazes e faixas.

O grupo composto por estudantes, sindicalistas e lideranças partidárias, com os deputados Edvaldo Magalhães e Perpétua Almeida (ambos do PCdoB), pediam vacinação em massa contra o coronavírus e o impeachment do atual presidente da República.

O ato também ocorreu em outros Estados e capitais brasileiras.A pé, os manifestantes caminharam por várias ruas do centro da cidade e foram protestar em frente ao Palácio Rio Branco.

Com informações Contilnet.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas