Connect with us

POLÍTICA

Conselheiro de Gladson Cameli escracha CPI da Educação, por ser fora de tempo e puxada por pessoas descredenciadas

Avatar

Publicado

em

O conselheiro político estadual Paulo Jean Ximenes se levantou nesta terca-feira, 27, para peitar deputados de oposição ao governo Gladson Cameli (Progressistas), que querem cirandar contra a atual gestão através de uma CPI considerada pela opinião pública como algo fora de tempo, apenas para fazer barulho. Ximenes foi no fígado dos opositores ao pedir ao deputado petista Daniel Zen, incentivador da CPI, para que responda sobre fatos obscuros registrados em governos passados.


Segundo Paulo Ximenes, “Daniel Zen e o Chachá (homem mais poderoso da educação nos governos petistas) precisam responder muito sobre ocorridos na Educação na gestão deles, por exemplo, sobre aquelas centenas de milhares de camisetas que estão guardadas lá na Educação e que fizeram parte de um programa que, como muitos, não deu certo no governo deles”.

Essas camisetas estão guardadas até hoje em uma sala na secretaria, sem nenhuma explicação. “Aquelas camisas foram pagas com dinheiro público. Isso a gente sabe. Mas quem pagou aquelas camisetas?”, questiona o conselheiro Ximenes, que em entrevista ao Acrenews faz uma série de outros questionamentos que precisam ser levantados, porque as pessoas começam a esquecer das “traquinagens” que o PT fez enquanto governou o Acre nos últimos 20 anos, conforme lembra o conselheiro, deixando a economia em frangalhos.


Essa CPI sugerida por uma oposição que tem apenas quatro deputados, oficialmente, e aderida de forma questionável por outros cinco dissidentes da base, acaba de ser criada dois meses depois de o próprio governador Gladson Cameli autorizar sua polícia a varrer a Educação a procura de atos ilícitos cometidos por servidores. Pessoas foram presas e inidicadas, atitude inédita em governos do Acre, uma vez que no passado acostumava a driblar a opinião pública, lançando atos de corrupção para debaixo do tapete. Ximenes reclama que uma oposição como a atual, com telhado de vidro, apodrecida por dezenas de denúncias de corrupção em governos passados, precisa ser mais combatida, peitada. “O Gladson não está no governo sozinho. Tem muita gente sendo beneficiada que precisa se manifestar, sair em defesa, peitar esses caras”, espinafre o conselheiro.

QUEM PAGAVA AS PROPAGANDAS

O conselheiro Paulo Ximenes disse ao Acrenews que há muita coisa podre das gestões petistas que precisam vir à tona durante essa CPI da Educação. É preciso, por exemplo, procurar saber por onde saiam os pagamentos das milionárias propagandas de campanhas do PT. “Se é para investigar, vamos fazer uma investigação geral pra gente descobrir muita coisa que continuam nebulosas”, diz ele, que pretende fazer um movimento popular para levá-lo à Assembléia para que os paralanntares sejam pressionados a fazer uma varredura total.


Ximenes, que faz parte de um time marcante de oposicionistas ao PT nos últimos 20 anos, com embates que algumas vezes terminaram em vias de fato, disse que Daniel Zen, espécie de corregedor geral dos bons costumes contra o atual governo, precisa usar o expediente na Assembléia Legislativa para explicar como o PT afundou o Estado em um crise até hoje sentida pelas pessoas. “Tem que levantar agora a existência de um monte de elefante branco criado pelos governos do PT, como a fábrica de tacos, entre outros empreendimentos gigantescos e milionários, que até hoje nunca funcionaram, mas o Estado continua pagando essa conta”, .sugestona.


Na lista interminável de projetos falidos, como a Peixe da Amazônia, há sempre um ralo por trás que retira dinheiro dos cofres do Estado até hoje. “Ao invés de brincar com uma CPI fora de tempo, só para tentar desetabiizar o governo do Gladson, essa oposição fraca deveria reparar pelo retrovisor, porque deixou muito rastro de coisa ruim ai para trás”, diz o conselheiro.

ZEN ELEITO PELA EDUCAÇÃO

Por fim o conselheiro Paulo Ximenes entra numa ceara ainda mais perigosa e comprometedora contra os algozes de Gladson Cameli. Segundo ele, Daniel Zen nunca foi eleito por base eleitoral política, “mas com estrutura da Secretaria de Educação, com as lideranças dos munaicípios todas apoiando ele por meio se convocações suspeitas”.

Ainda segundo o conselheiro, Zen não conhece a realidade da sarjeta social, aonde vive a maioria dos miseráveis e seus problemas que afetam o Acre todo. “Nunca vi ele nos movimentos sociais. Ele chegou no poder pela forma mais fácil, através da estrutura de governo, portanto descredenciado a fulanizar qualquer demanda contra o atual governo, porque ele é um dos beneficiários da estrutura do governo, da máquina, que ficou 20 anos sob o tacão da mesma equipe”, finaliza.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍTICA

Transparência: Marfisa Galvão institui grupo para apoiar a CPI da Pandemia criada pelo Senado

Avatar

Publicado

em

Por

Da Redação do Acre News/ Foto: Reprodução

A prefeita de Rio Branco, em exercício, Marfisa Galvão (PSD), publicou na edição de hoje (12) do Diário Oficial do Estado (DOE) o decreto N° 919/2021 que cria um grupo de trabalho para apoiar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia criada pelo Senado Federal para investigar os executivos do país sobre os gastos e investimento durante a pandemia da Covid-19.

Com a criação do grupo, a Prefeitura de Rio Branco antecipa os trabalhos e colabora com futuras ações da Comissão. No decreto assinado pela prefeita, foi considerado que a instalação tem o objetivo de “investigar as possíveis irregularidades, bem como outras ações ou omissões cometidas por administradores públicos federais, estaduais e municipais, no trato da coisa públicas, limitado apenas quanto à fiscalização dos recursos da União repassados aos demais entes para ações de prevenção e combate à Pandemia da Covid-19”.

Ao grupo foi delegado solicitar das secretarias municipais todas as informações a serem encaminhadas para o Senado, participar das etapas do levantamento das informações solicitadas, consolidar as informações com elaboração de um relatório simplificado das atividades desenvolvidas e encaminhar ao gabinete do prefeito.

“O Grupo de Trabalho, de que trata este decreto, poderá ter sua composição inicial ampliada e requerer o auxílio de especialistas de órgãos e entidades públicas com atuação em área ou atividade correlata decorrente de sua competência, com a finalidade de subsidiá-lo com recursos necessários à consecução de seus objetivos, podendo, quando julgar pertinente, requisitar a participação de servidores que possam igualmente colaborar com os trabalhos”, diz decreto.

Continuar lendo

POLÍTICA

Vem aí a licitação dos viadutos em Rio Branco, depois de pedido do governador Gladson

Avatar

Publicado

em

Por

Por Agência AC – Foto: Reprodução

Brasília – O governador Gladson Cameli pediu e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, afirmou ser possível que a licitação das obras do primeiro viaduto do Acre, no anel viário da Corrente, em Rio Branco, seja realizada ainda no segundo semestre deste ano.

Em audiência, na manhã desta quarta-feira, 12, com o ministro Tarcísio Gomes, o governador entregou o pré-projeto do viaduto e solicitou a liberação de recursos e urgência na execução da obra, localizada na confluência entre a rodovia AC-40 e a BR-364.

“Esse viaduto é de extrema importância para desafogar o trânsito, agilizar o transporte de cargas e contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Acre”, explicou o governador na audiência. Recebeu do ministro a garantia de agilidade na análise dos documentos necessários e a possibilidade de a licitação ocorrer no próximo semestre.

Foto: Reprodução

“Essa é uma das obras prioritárias para o governo federal, que está empenhado em melhorar o sistema de transporte do País”, disse o ministro, que já entregou o pré-projeto do viaduto para análise do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

De acordo com o diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre) Petrônio Antunes, que acompanhou o governador na audiência, as obras do viaduto da Corrente estão orçadas em cerca de R$ 65 milhões. O viaduto, também contará com vias de acessos laterais e outras medidas como a ampliação da ciclovia da Avenida Chico Mendes, na Rodovia AC-40.

Também participaram da audiência o representante do governo do Acre em Brasília, Ricardo França; o procurador-geral do Estado, João Paulo Setti; além de Eduardo Praça, assessor especial do Ministério da Justiça; Elias Brito, assessor parlamentar do Ministério da Justiça; Adriano Souza, da diretoria-geral do DNIT. O senador Marcio Bittar, o deputado estadual Roberto Duarte e o secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Santos, também estiveram na reunião.

Continuar lendo

POLÍTICA

Prefeitura de Brasileia entrega produtos do PAA para instituições e famílias

Avatar

Publicado

em

Por

Por Secom

A Prefeitura de Brasiléia através da Secretaria de Assistência Social, recebeu nesta quarta-feira, 12, produtos da agricultura familiar entregues pela Cooperativa Coopergrãos através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

São mais de 100 cestas que incluem farinha, cheiro verde, couve, tangerina, banana, mamão, dentre outros produtos, alimentos vindos da agricultura familiar de Brasileia levando alimentos saudáveis na mesa das famílias e melhorando a renda dos produtores rurais.

O Secretário de Assistência Social Djahilson Américo destacou a importância do programa. “Estamos mais uma vez recebendo os alimentos do PAA e distribuir essas cestas há algumas instituições do nosso município, a prefeita Fernanda Hassem, nos pediu para ter uma atenção especial com as famílias do aluguel social e assim estamos ajudando com essas cestas as famílias da nossa cidade”, finalizou.

Além das famílias do aluguel social, as cestas serão entregues ao Hemonúcleo de Brasileia, Instituto Sócio Educativo do Alto Acre (ISE), Instituição de Acolhimento para Crianças e Adolescente do Alto Acre (CISAC) e a instituição Caminho de Luz.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas