Connect with us

SAÚDE

Ministério da Saúde ignorou por três dias pedido de oxigênio do Acre

Publicado

em

O Tempo / Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde demorou três dias para responder a um e-mail da Secretaria de Saúde do Acre, que solicitava ajuda para não ficar sem estoque de oxigênio medicinal, usado no tratamento de pacientes com covid-19. O pedido foi feito em 12 março e respondido pelo governo de Jair Bolsonaro apenas no dia 15, quando o general Eduardo Pazuello deixou o comando da Saúde. As informações constam de documentos entregues pelo próprio ministério à CPI da Covid no Senado.

“Prezados, encaminho o Ofício no. 634/2021/SE/GAB/SE/MS, que trata do risco iminente de desabastecimento de oxigênio nos municípios do Estado do Acre. Solicito confirmação de recebimento”, escreveu a Secretaria de Saúde do Acre. Três dias depois, uma funcionária de apoio ao gabinete do Ministério da Saúde, identificada no e-mail como Leíse, respondeu: “Boa tarde! Acuso recebimento. Desculpe a demora”.

Naquele 15 de março, a pasta se comprometeu a enviar para o Acre 300 cilindros de oxigênio. A primeira leva foi entregue no dia 17, cinco dias após o pedido da secretaria, com o envio de 60 cilindros.

Na ocasião, o Estado não chegou a ficar sem estoque de oxigênio, mas precisou adotar um plano de contingência para racionar o uso da substância na rede pública e privada. Embora não tenha faltado, ao menos duas empresas privadas, Oxiacre e Oxivida, chegaram a anunciar que não tinham mais o produto para fornecer.

Na capital Rio Branco há três hospitais particulares e somente um deles tem usina própria de distribuição de oxigênio. Os três hospitais públicos do Estado têm usinas próprias de distribuição As unidades também sofriam colapso na época pela alta demanda de pacientes. Alguns tiveram que ser transferidos para Manaus no dia 13 de março.

Atrasos em respostas a pedidos de socorro também ocorreram durante a crise no abastecimento de oxigênio vivido pelo Amazonas, em janeiro. Uma carta da empresa White Martins e uma nota assinada pelo então secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, acabaram contradizendo declarações dadas em maio por Pazuello à CPI da Covid.

A multinacional mostra na carta que alertou o governo do Amazonas sobre a necessidade de apoio e “esforços adicionais” para suprir a necessidade de oxigênio diante do aumento exponencial de casos de covid-19 no Estado.

Avisada, a Secretaria da Saúde entrou em contato com Pazuello. Em entrevista transmitida pelas redes sociais, na tarde de 18 de janeiro, o então ministro disse ter ficado “surpreso” com o colapso no sistema de saúde do Amazonas. Em Manaus, pessoas morreram asfixiadas por falta de oxigênio hospitalar.

“No dia 8 de janeiro, nós tivemos a compreensão, a partir de uma carta da White Martins, de que poderia haver falta de oxigênio se não houvesse ações para que a gente mitigasse esse problema. Mas aquela foi uma surpresa tanto para o governo do Estado quanto para nós (Ministério da Saúde)”, afirmou Pazuello na entrevista. A correspondência da empresa tem a data de 7 de janeiro.

O Ministério da Saúde informou que atendeu prontamente ao pedido do estado do Acre e entregou 140 cilindros de oxigênio até o dia 25 de março. Após essa data, a pasta também prestou apoio no transporte de cilindros adquiridos pela Secretaria Estadual de Saúde.

Além disso, foram enviados, para Porto Velho (RO), mais de 200 mil m³ de oxigênio líquido, suficientes para cerca de 19 mil cilindros, que foram utilizados também para abastecimento do Acre.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAÚDE

Acre é o estado com menos mortes por Covid-19, diz Ministério da Saúde

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Acre é o estado com menos mortes por Covid-19. É o que apontam os dados divulgados ontem (22) pelo Ministério da Saúde ao somar as mortes ocorridas em todo o país nas últimas 24 horas. Segundo a autarquia, o Brasil somou 1.412 novas mortes, alcançando mais de 547 mil óbitos.

De acordo com o boletim epidemiológico do MS, a pandemia do país já deixou a marca de 19,5 milhões de pessoas infectadas e 547.016 mil mortes.

Centro da maior letalidade da doença, São Paulo registrou 1.793 vidas perdidas para a Covid-19. No total, aquele estado acumula 136.466 mortes, o que faz dele líder no ranking das estatísticas.

Vale lembrar que as informações do Ministério ficam sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município na plataforma específica para contabilizar a situação epidemiológica no país.

BOLETIM DA SESACRE

No último boletim epidemiológico da SESACRE publicado nesta quinta-feira, mais dois óbitos foram registrados, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.793 em todo o estado.

Foram registros 87 casos de infecção por coronavírus, sendo 24 casos confirmados por exames RT-PCR, e 63 por testes rápidos, fazendo com que o número de infectados saltasse para 86.844 nas últimas 24 horas.

Continuar lendo

SAÚDE

Prefeitura de Rio Branco e Governo do Acre fazem mutirão de vacinação contra a Covid-19 neste fim de semana

Publicado

em

Por

Dircom

Para dar ainda mais reforço às ações de imunização contra o coronavírus, a prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira, 21, para traçar as estratégias da vacinação que ocorrerá durante o próximo fim de semana.

O alinhamento entre as duas Secretarias de Saúde vai desde as questões de acondicionamento das vacinas da Pfizer, que requerem ambiente refrigerado, manuseio e infraestrutura com sinal de internet, ao cadastro, para evitar que pessoas tentem burlar o sistema e queiram se vacinar mesmo já sendo vacinadas com algum outro imunizante ou, até mesmo, fora do prazo estipulado.

Segundo o secretário da Semsa, Frank Lima, essa parceria com a Sesacre vai fortalecer mais o processo de imunização que objetiva alcançar a meta de vacinar 70% da população estimada de 284 mil rio-branquenses com idade acima dos 18 anos.

“Estaremos sexta-feira, 23 e sábado, 24, em oito pontos de vacinação, das 8h da manhã às 16h e, agora, incluindo a Biblioteca Pública, que fica ao lado do Colégio Cerb, no centro da cidade que vai estar atendendo o público com idade de 20 anos ou mais, das 8h da manhã às 22h, voltando a vacinar com a primeira dose”, explicou Lima.

Outra novidade é que as equipes de saúde irão usar o espaço da Escola Cívico Militar Wilson Barbosa, na Cidade do Povo, para aplicar também a vacina. “No domingo, 25, a vacinação não será interrompida. Em parceria com a Universidade Federal do Acre, vamos vacinar das 8h da manhã até às 17h, no Centro de Convenções da instituição. Então não tem desculpa, fique esperto e não deixe de se vacinar”, recomenda o secretário da Semsa.

Segundo a secretária da Sesacre, Paula Mariano, essa parceria com a Prefeitura de Rio Branco ocorrerá também com todas as prefeituras do interior.

“Sabemos das inúmeras dificuldades que muitas prefeituras no interior, principalmente, estão enfrentando para imunizar as pessoas. As condições geográficas, locais de difícil acesso, rios, ramais, igarapés, etc. Nosso braço do governo dará esses apoios logístico e pessoal necessários para que cada vez mais pessoas sejam imunizadas e tenhamos um ambiente sanitário mais seguro”, pontuou a gestora.

A vacinação para quem precisa tomar a segunda dose de reforço, permanece normalmente em todos os postos de vacinação, sendo que no Drive-Thru é apenas para quem já tomou a vacina Coronavac, do Instituto Butantan.

Pontos de vacinação

Sexta-feira, 23, e sábado, 24:

• Biblioteca Pública –  8h às 22h
• Conjunto Habitacional Cidade do Povo – 8h às 16h
• Urap Cláudia Vitorino – 8h às 16h
• Urap Eduardo Assmar – 8h às 16h
• Urap Vila Ivonete – 8h às 16h
• Urap Roney Meireles – 8h às 16h
• Urap Hidalgo de Lima – 8h às 16h

Domingo dia 25

Centro de Convenções da Ufac – 8h às 17h

Continuar lendo

SAÚDE

Sesacre registra 2 mortes e 87 casos de coronavírus nesta quinta, 22

Publicado

em

Por

Agência AC

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), registra 87 casos de infecção por coronavírus nesta quinta-feira, 22, sendo 24 casos confirmados por exames RT-PCR, e 63 por testes rápidos, fazendo com que o número de infectados salte para 86.844 nas últimas 24 horas.

Até o momento, o Acre registra 236.445 notificações de contaminação pela doença, sendo que 149.591 casos foram descartados e 10 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 83.022 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 31 pessoas seguem internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Mais 2 notificações de óbitos foram registradas nesta quinta-feira, 22 de julho, sendo uma do sexo feminino e outra do sexo masculino, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.793 em todo o estado.

Óbitos masculino:

Morador de Rio Branco, J. B. S., de 55 anos, deu entrada no dia 20 de julho no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into/Ac), vindo a óbito no mesmo dia.

Óbito feminino:

Moradora de Mâncio Lima, M. S. L., de 57 anos, deu entrada no dia 25 de maio, no Hospital Regional do Juruá, e veio a óbito no dia 16 de junho.

Sobre os casos de Covid-19 no estado, acesse:

BOLETIM_AC_COVID_ 22-07-2021

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:

http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia