Connect with us

POLÍCIA

Governo do Acre avança na aquisição de aparato eletrônico que vai reconhecer elementos flagrados praticando crimes

Publicado

em

Por Agência AC/Imagem: Ascom/Sejusp

A inovação tecnológica é um poderoso motor de mudanças que vem revolucionando o mundo por onde passa. Esse elemento apresenta soluções rápidas e eficientes, facilidade no compartilhamento de informações, reduz custos, auxilia no processo de tomada de decisões e cria infinitas possibilidades que beneficiam o coletivo como um todo. A segurança pública do Acre, nos últimos dois anos, tem investido pesado em tecnologia e na modernização dos serviços, expandindo sua capacidade de atuação estratégica, não só na capital, mas em municípios do interior.

Como um dos avanços, podemos destacar o Departamento de Gestão Integrada de Segurança Eletrônica e Contramedidas, criado por meio do decreto n° 7.847, publicado no Diário Oficial do Estado, em 1° de fevereiro de 2021. O objetivo com a criação é dar celeridade na reestruturação e ampliação de todo parque tecnológico do estado, trazendo eficiência nos níveis de serviço e resultado na coleta de informações que possam favorecer o trabalho da segurança pública.

O departamento está sustentado nos seguintes pilares:

I. Gestão – Estudos, Implantação, Modernização, Conservação e Capacitação;
II. Integração – Integração às redes de computadores pertencentes ao Estado, à Prefeitura e Privadas. (PF, PRF, IAPEN, Secretarias, Escolas, Hospitais, Shoppings);
III. Segurança eletrônica – Circuito fechado de TV, sistemas de Alarme, Sistemas de Rastreamento, Sistema de Controle de Acesso, Sistemas de Cercamento Eletrônico;
IV. Contramedidas – Procedimentos que objetivam a prevenção, detecção, obstrução e neutralização de possíveis ameaças à segurança institucional, com o emprego de equipamentos eletrônicos.

Câmeras de monitoramento serão instaladas em todo o Estado. Foto: Ascom/Sejusp
A capital possui 29 câmeras de vigilância ativa Foto: arquivo Sejusp

Entre os resultados, o Acre já mantém em pleno funcionamento, o sistema de cercamento eletrônico: tecnologia que permite o acompanhamento de veículos com restrição criminal em tempo real e câmeras de videomonitoramento instaladas em 29 pontos estratégicos na capital ativas, permitindo o acompanhamento da movimentação da cidade 24 horas por dia. Há implantação de câmeras de videomonitoramento também nas cidades de Brasileia e Manoel Urbano, cada município com 10 pontos ativos e implantação de metodologia que tem possibilitado o Estado otimizar ações, no tocante a salvaguarda da frota de veículos e a segurança orgânica dos próprios integrantes da administração direta, por meio de ferramentas institucionais de segurança pública.

“O departamento está vinculado à Secretaria de Segurança Pública e todo o sistema é controlado de dentro do Centro de Comando e Controle. Temos operadores trabalhando 24 horas por dia, acompanhando as câmeras e repassando informações em tempo real aos profissionais que atuam diretamente no combate ao crime nas ruas. Ajuda na recuperação de veículos roubados, auxilia na identificação de pessoas que cometem crimes e também no processo investigativo. Os benefícios são muitos”, explicou Alexandre Nascimento, chefe do departamento de gestão integrada de Segurança Pública.

Alexandre Nascimento, o segundo da esquerda para a direita, é o chefe do departamento criado no Estado Foto: Ascom/Sejusp

Investimentos em andamento

A Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) já está em fase de projeto, o planejamento para ativação de toda a estrutura tecnológica de videomonitoramento que se encontram desativadas no estado, além da implantação de fibra ótica em parceria com empresas privadas. Os municípios de Capixaba e Sena Madureira já estão em processo de transição. Serão colocados 10 pontos de videomonitoramento em pontos estratégicos desses municípios. O cerco eletrônico também será ampliado para atuação na região de Brasileia e Epitaciolândia, áreas de fronteira e que necessitam do monitoramento dos veículos que passam pela região.

Serão instalados 10 pontos em cada localidade. Foto: Ascom/Sejusp

Outro investimento que está em fase final de assinatura é a implantação de tecnologia que permite o reconhecimento facial nos pontos onde há maior circulação de pessoas em Rio Branco. O investimento deve facilitar na identificação de possíveis autores de crimes, através do fornecimento de informações pelo banco de dados do sistema integrado de segurança pública.

“O mundo está evoluindo, com ele a forma de cometer crimes, precisamos acompanhar sua evolução”, declarou Paulo Cezar Foto: arquivo Sejusp

O secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Paulo Cezar Rocha dos Santos, informou que também está em processo de negociação com empresas privadas, para a integração dos sistema de monitoramento particular com o Centro Integrado de Comando e Controle, ampliando assim a capacidade de alcance da Segurança Pública.”A maior finalidade com a criação do Departamento é resgatar e restaurar todo o sistema de monitoramento eletrônico que já tínhamos existente no Estado e que estava abandonado, em seguida, integrá-los ao Centro de Comando e Controle e, por fim, ampliar o alcance dessas ferramentas. Com isso teremos condições de combater crimes, bem como melhorar a qualidade de investigações e reduzir os índices de criminalidade em todo o Estado. Também com a ampliação do cerco eletrônico, a ferramenta de reconhecimento facial facilitará o cumprimento de mandados, identificará alvos e permitirá seu acompanhamento em tempo real. Precisamos aproveitar a tecnologia e fazê-la funcionar em nosso favor. O mundo está evoluindo, com ele a forma de cometer crimes, precisamos acompanhar sua evolução”, finalizou Paulo Cezar.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Mulher tem prisão decretada por homofobia e injúria racial contra o delegado de Feijó

Publicado

em

Por

Ao final da tarde da última quarta-feira, 29, a Polícia Civil em Feijó prendeu em flagrante M.A.S.C, de 22 anos de idade, pelo crime de homofobia, consubstanciado em injúria racial, praticado contra o delegado de Feijó, Railson Ferreira.

O crime ocorreu nas dependências da delegacia de polícia, logo depois que uma equipe da policial havia cumprido mandado de prisão contra o cunhado de M.A.S.C. pelo crime de tráfico de drogas.

De acordo com os autos do inquérito policial, durante o cumprimento do mandado de prisão do cunhado da flagranteada M.A.S.C, esta já praticou vários crimes contra os policiais civis, por meio de desacato, injúria e ameaça.

Em dado momento M.E.S.C, de 25 anos de idade, irmã da presa, passou a agredir fisicamente um agente de polícia civil, enquanto M.A.S.C. passou a ofender o delegado Railson, chamando-o de gay, entre outros adjetivos pejorativos, momento em que foi dado voz de prisão para M.A.S.C..

Nesta quinta-feira, 30, M.A.S.C. foi levada ao Poder Judiciário para audiência de custódia e sua prisão foi mantida pela Juíza de Direito da comarca de Feijó. A presa será encaminhada à penitenciária na data de amanhã.

“A Polícia Civil entende que os crimes de homofobia devem ser apurados e punidos com rigor”, pontuou Railson Ferreira.

[Ascom/PCAC]

Continue lendo

POLÍCIA

Valdecir Nicácio é liberado em audiência de custódia após ser acusado de importunação sexual

Publicado

em

Por

O ex-ouvidor dos Direitos Humanos, Valdecir Nicácio de Lima, indiciado pelo crime de importunação sexual, foi liberado durante audiência de custódia na Vara de Plantão no Fórum Criminal, mas Nicácio, que foi Ouvidor-Geral da Secretária de Segurança Pública do Acre na gestão do PT, terá que manter afastamento da vítima e de seus familiares.

Valdecir Nicácio foi preso em flagrante na tarde de terça-feira, 28, dentro de uma operadora de telefonia da cidade. De acordo com testemunhas, ele, que esperava atendimento na empresa, teria tocando diversas vezes nas nádegas da vítima, que estava acompanhada da mãe. Ao ser questionado pela mulher, o advogado teria oferecido seu colo para a jovem sentar.

A Polícia Militar foi acionada e conduzido as partes à Delegacia de Flagrantes. Na Defla, Valdecir foi indiciado pelo crime de importunação sexual em flagrante, mas no dia seguinte foi liberado em audiência de custódia.

Esta não é a primeira vez que Nicácio se envolve em polemicas. Em 2018, quando foi candidato a Deputado Estadual, Nicácio teve áudios vazados em que falava de dinheiro, votos e ironizava que o número 12.171 não teria sido escolhido por acaso.

O artigo 171 do código penal brasileiro, disponibiliza sobre obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento, com pena de reclusão de um a cinco anos e multa.

Continue lendo

POLÍCIA

Polícia Civil investiga envolvido na morte de Dorothy Stang por ameaçar colonos em Sena Madureira

Publicado

em

Por

O inquérito para investigar Amair Feijoli da Cunha (foto) foi instaurado por meio de portaria pela Polícia Civil de Sena Madureira. No início da semana a propriedade dele foi alvo de uma operação policial. O mandado de busca e apreensão foi cumprido por agentes da Delegacia de Sena Madureira e de Investigadores da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE).

Além de Amair, o filho dele, Patrick Coutinho, também era alvo da ação. Pai e filho não foram encontrados, mas os agentes apreenderam três armas de fogo, munições de uma escopeta calibre 12 de repetição e até um colete balístico.

Quatro funcionários da fazenda foram detidos e encaminhados à Delegacia da cidade. Um deles é natural do Pará e o outro do Maranhão. Os quatro trabalhadores prestaram depoimento e foram liberados.

Amair e o filho passaram a ser investigados por ameaçar moradores da região. De acordo com o delegado Marcus Frank, no local estaria ocorrendo conflitos agrários, ameaças de grileiros e até uma tentativa de homicídio é investigada.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas