Connect with us

SAÚDE

Acre se mantém em Bandeira Amarela na classificação de Covid-19, mas indicadores preocupam

Publicado

em

Por Agência AC/ Foto: José Caminha/Secom

A 22ª coletiva de imprensa do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 realizada na manhã desta quarta-feira, 26, para anúncio da nova classificação de risco perante a doença manteve todo o Acre em Nível de Atenção (Bandeira Amarela). O período avaliado foi de 9 a 22 de maio.

Numa avaliação geral, não houve grandes mudanças nos indicadores do Pacto Acre Sem Covid, com pequenas reduções em internações e óbitos pela doença, ainda que as notificações de síndrome gripal e casos confirmados por Covid-19 tenham aumentado ligeiramente na regional do Baixo Acre e Purus, a mais populosa do estado, o que eleva o receio por uma terceira onda.

Coletiva anuncia que Acre se mantém em Bandeira Amarela na classificação de Covid-19 Foto: José Caminha/Secom.

Segundo a coordenadora do Pacto, Karolina Sabino, as reduções de notificações e internações estabilizaram em uma marca elevada se comparada ao avanço da Covid-19 em 2020.

“O estado como um todo registra uma redução das notificações. Mas no pico dessa segunda onda tivemos mais de sete mil notificações por síndrome gripal numa semana, e agora esse número está estagnado em três mil notificações por semana, o que ainda é preocupante, pois é um número muito elevado. Se não mantivermos os cuidados das medidas sanitárias, numa possível nova onda tudo pode se tornar mais difícil nos próximos meses”, destacou a coordenadora.

Secretário de Saúde, Alysson Bestene, destacou que não é hora de reduzir os cuidados básicos Foto: José Caminha/Secom.

O secretário de Saúde, Alysson Bestene, destacou que não é hora de reduzir os cuidados básicos e reforça que a população tem que fazer sua parte para o controle da doença.

“Uso das máscaras, limpeza das mãos e o distanciamento social são as medidas básicas para conseguirmos preservar vidas no estado do Acre. Continuamos vivendo a pandemia, há novas cepas do vírus, estamos no Nível de Atenção e não podemos parar em nenhum momento”, conta o secretário.

O diretor do hospital de campanha no Into, Osvaldo Leal, reforçou a preocupação por um repique da doença destacando que, na unidade, a queda de internações registrada nas última semanas parou e que os atendimentos médicos chegam a 100 por dia, um número que embora distante do auge da segunda onda (que chegou a mais de 300 atendimentos diários), ainda é considerado bastante alto.

Funcionamento de atividades

Com a Bandeira Amarela, todos os setores comerciais, sociais e religiosos podem atender com a capacidade ampliada para 50%, seguindo ainda todas as medidas sanitárias vigentes de acordo com a Resolução Nº 18, do governo do Estado.

Com a Bandeira Amarela, todos os setores comerciais, sociais e religiosos podem atender com a capacidade ampliada para 50% Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Estão permitidas de retomar também competições de futebol profissional, amistosos e treinamentos no âmbito das entidades vinculadas à Federação de Futebol do Acre; além de escolinhas de futebol para o público infantil e atividades do atletismo. Teatros, cinemas e apresentações culturais também poderão retomar com os devidos cuidados.

Eventos corporativos, acadêmicos, técnicos e científicos, bem como eventos comemorativos e sociais, tais como casamentos, aniversários e outros tipos de confraternizações realizados em igrejas, cerimoniais, restaurantes e buffets podem retomar com capacidade limitada a 50% dos espaços.

O Pacto

O Pacto Acre Sem Covid é uma ferramenta destinada a viabilizar a harmonia entre o desenvolvimento econômico, o direito de proteção à saúde e os valores sociais do trabalho, tendo por finalidade precípua a efetiva proteção do direito à vida.

Este instrumento assegura a retomada gradual e responsável das atividades econômicas e comerciais no âmbito estadual, por meio de mecanismos impulsionados pela atuação conjunta da sociedade, do setor econômico e do poder público, tendo como referência, diretrizes e decisões baseadas em dados oficiais e evidências científicas.

Os níveis de classificação de risco foram divididos em Vermelho, Laranja, Amarelo e Verde, respectivamente do mais restritivo para o mais flexível. A cada 14 dias é realizada uma nova avaliação dos indicadores, cabendo às prefeituras realizar a autorização das atividades permitidas no respectivo nível de risco apurado por meio de decreto municipal, bem como a instituição de protocolos sanitários a serem seguidos pelos setores da economia que estejam autorizados a funcionar. Um trabalho que envolve Estado, prefeituras, entidades e conta com o apoio de toda a comunidade.

Para mais informações de protocolos, acesse: http://covid19.ac.gov.br/pacto

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SAÚDE

Governo encerra primeiro semestre de 2022 com balanço de importantes ações na Fundhacre

Publicado

em

Por

O governo do Estado, por meio da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), promoveu no primeiro semestre deste ano, uma série de ações para promover a qualidade de vida da população acreana. Na unidade hospitalar ocorreu o retorno das cirurgias bariátricas, que foram retomadas no mês de fevereiro, até o momento é somado 28 procedimentos realizados, incluindo pacientes do interior e da capital. Atualmente o programa de obesidade segue acompanhando um total aproximado de 350 pacientes pré-operatórios e 100 pós-operatório.

Até o momento é somado 28 procedimentos de cirurgias bariátricas. Foto: Gleison Luz

“Retomamos as reuniões em grupos com os pacientes, esses encontros vêm acontecendo mensalmente, sendo realizados pelos profissionais do programa de obesidade em parceria com a Universidade Federal do Acre (Ufac). Somamos, até então, a participação de 99 pacientes nessas atividades”, destaca o coordenador administrativo do Programa de Obesidade, Alyson Morais.

Dados do Programa de Obesidade, referente as cirurgias dos últimos 3 anos. Foto: Ilustrativa

O Complexo contou com novos instrumentais cirúrgicos, frutos de uma etapa do contrato com a empresa Bioplus, que disponibilizou itens para cirurgias vascular, colecistectomia, amigdalectomia, pequena cirurgia, drenagem torácica, laparotomia, curetagem e histerectomia.

“As caixas novas deram uma nova qualidade nos procedimentos cirúrgicos, que contam com materiais modernos, isso é importante para assistência ao paciente, e promove a melhoria no sistema de saúde”, é o que afirma a chefe do setor de planejamento na Fundhacre, Duciana Araújo.

“As caixas novas deram uma nova qualidade nos procedimentos cirúrgicos”, é o que afirma a chefe do setor de planejamento na Fundhacre, Duciana Araújo. Foto: Gleison Luz

Com o objetivo de agilizar a realização de exames de avaliação da atividade elétrica do coração, a Fundação entregou equipamentos de eletrocardiograma em setores da unidade, que foram adquiridos por meio de recursos próprios, no valor de R$ 100 mil. “Contemplamos alguns setores que necessitam realizar os exames, como o Hospital do Idoso, Nefrologia, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e as enfermarias. O governo do Estado vem atuando de forma assídua para contribuir com a entrega de equipamentos ao hospital”, ressaltou o presidente da Fundhacre, João Paulo Silva.

Novos equipamentos que foram adquiridos com recursos próprios do Estado. Foto: Cedida

O centro cirúrgico da Fundhacre passou por uma ampliação no número de salas cirúrgicas para a realização dos mutirões de cirurgias na unidade hospitalar. De seis salas, agora o bloco conta com o funcionamento de oito. Duas salas receberam novos equipamentos que foram adquiridos com recursos próprios do Estado, sendo dois focos de teto e duas mesas cirúrgicas, totalizando em R$ 252 mil.

Foram entregues 32 próteses dentárias para os residentes do Lar Vicentino. Foto: Gleison Luz

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) realizou consultas odontológicas aos residentes do Lar Vicentino em Rio Branco, onde entregou 32 próteses dentárias, o objetivo da ação foi de reabilitar a função mastigatória e, também, estética, devolvendo a autoestima.

Instituída na gestão do atual, o setor de Ouvidoria da unidade realizou mais de mil atendimentos, por meio de boas práticas como; Ouvidoria Itinerante nas enfermarias, busca ativa, Ouvidoria na Comunidade, como também visitas permanentes dentro do Complexo.

Adequação ocorre mediante recursos próprios do governo do Estado. Foto: Gleison Luz

O Hospital do Idoso passa por obras de adequação e reparo em sua estrutura física, onde é incluído uma rampa de acesso com corrimão, que garante um ambiente seguro e com mais acessibilidade, e um piso tátil, que orientará os pacientes com deficiência visual ou com baixa visão. A adequação ocorre mediante recursos próprios do governo do Estado.

Em um momento histórico para o Acre, o governo lançou, o mutirão das cirurgias eletivas para beneficiar ao menos 5 mil acreanos que estão na fila para procedimentos cirúrgicos na Fundação. A ação já iniciou com a realização dos exames pré-operatórios. Ao todo já foram realizados procedimentos na especialidade de varizes, vasectomia, vascular, urologia e cirurgia geral, totalizando em 920 exames pré-operatórios.

Até o momento foram realizados 920 exames pré-operatórios. Foto: Gleison Luz

O mutirão de cirurgias na Fundhacre é uma iniciativa e compromisso do governo do Acre, por meio de recursos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC), no valor de R$ 15 milhões, além da emenda parlamentar do senador licenciado Márcio Bittar, no valor de R$ 10 milhões.

Mutirão de cirurgias é uma iniciativa e compromisso do governo do Acre. Foto: Gleison Luz

O Fundhacre na Comunidade, chegou em sua 3ª edição com 100 atendimentos de pediatria e odontopediatria no município de Bujari, o objetivo é levar para a população distante os serviços de saúde. A 1 ª edição foi realizada em Vila Campinas e contabilizou 42 atendimentos, já a 2ª em Porto Acre com 106 atendimentos voltados para especialidade de pediatria.

Fundhacre na Comunidade no município de Bujari. Foto: cedida

O governo do Estado, por meio da Fundhacre, também realizou o mutirão de exames na especialidade de eletrocardiograma, que atendeu pacientes da capital, a duração foi de oito dias, cerca de 500 pacientes que aguardavam na fila conseguiram realizar o exame de eletrocardiograma na unidade hospitalar.

Cerca de 500 pacientes que aguardavam na fila conseguiram realizar o exame. Foto: Gleison Luz

O retorno do transplante de fígado foi uma das ações primordiais dentro da gestão do atual governo, que tem atuado com o compromisso de salvar vidas com a realização do transplante hepático na unidade hospitalar. Ao todo já foram realizados 61 transplantes. Toda organização e logística ocorrem entre as instituições de saúde e equipe do Transplante Hepático do Acre, coordenada pelo cirurgião Tércio Genzini.

Ao todo já foram realizados 61 transplantes fígado na Fundhacre. Foto: Cedida

Para qualificar a assistência à saúde dos usuários do setor de Nefrologia da rede pública do Estado, o prédio que oferece o serviço na Fundação iniciou o processo de reforma. Por mês, ocorrem entre 250 a 300 atendimentos nefrológicos, o que torna essencial a melhoria do prédio, que não passava por reformas há 10 anos.

O prédio de Nefrologia da Fundhacre não passa por reformas há 10 anos. Foto: Gleison Luz

O tempo para conclusão da reforma é estimado em quatro meses. Enquanto isso, os usuários da nefrologia estão sendo atendidos no anexo do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC).

Novo local do serviço de Nefrologia, localizado no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre. Foto: Gleison Luz

[Agência Ac]

Continue lendo

SAÚDE

Saúde estadual detalha morte de indígena pela Síndrome Respiratória Aguda

Publicado

em

Por

A morte da criança de iniciais R. N. K. A. K., indígena, de 1 ano de idade, vítima da síndrome respiratória aguda grave, foi explicada em detalhes pela Secretaria de Saúde do Acre. Segundo nota, assinada pela Coordenadora Interina da Regional de Saúde do Juruá/Tarauacá e Envira, Carina Valesca Lima, a criança foi internada no Hospital Regional do Juruá no dia 24 de junho de 2022, às 18h11min, encaminhada da Casas de Apoio à Saúde Indígena de Feijó.

“Foi diagnosticada com bronquiolite, apresentando sintomas de taquicardia, taquipneia, febre, tosse, diarreia e com saturação 86%. Durante a internação, estava respirando com suporte de oxigênio por meio da máscara de venturi, saturando nessa condição 96%. Fez uso de antibióticos, corticoides e antivirais. Foi realizado teste para Covid, com resultado negativo”, explica a nota.

Segundo a Sesacre, no dia 26 de junho, a criança apresentou piora no quadro clínico e foi encaminhada para a sala de emergência, onde recebeu a assistência necessária e, após melhora, retornou à clínica médica.

“No dia 29 de junho, no período noturno, o quadro clínico voltou a se agravar e a criança foi encaminhada para UTI, por volta de 22h. Na UTI, foi entubada pelo médico pediatra. Mas, infelizmente, sofreu duas paradas cardíacas e veio a óbito”, diz. (Com informações da Contilnet)

Continue lendo

SAÚDE

Gladson sanciona auxílio saúde para servidores da saúde do ISE

Publicado

em

Por

O governador do Estado, Gladson Cameli, sancionou o Projeto de Lei (PL) que Altera a Lei nº 2.179, de 9 de dezembro de 2009, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Quadro de Servidores do Instituto Socioeducativo do Estado do Acre (ISE).

A mudança ocorre para os servidores do ISE terem direito ao Auxílio-Saúde que será concedido aos integrantes do cargo de agente socioeducativo no valor de R$ 422,39.

Em virtude das alterações promovidas pelo art. 1º desta lei, fica transformada em Auxílio-Saúde a Etapa Alimentação de que tratam o art. 20, inciso IV e o art. 24, ambos da Lei nº 2.179, de 2009. Farão jus ao auxílio-saúde de que trata o art. 2º desta lei, os servidores efetivos administrativos do Instituto Socioeducativo do Estado do Acre – ISE.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas