Connect with us

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Aniversariante desta segunda, cantor Sérgio Souto, cujas músicas foram parar em novelas da Globo, ganha mimo da esposa: “Homem admirável”

Publicado

em

O cantor Sérgio Souto, o acreano de Sena Madureira que conseguiu fazer sucesso na capital nacional da música, o Rio de Janeiro, inclusive com músicas tocadas em novelas da Globo, é aniversariante desta segunda-feira, 11. Morando em Rio Branco há sete anos, Souto amanheceu ganhando mimos da esposa, a vice-presidente da OAB/Acre, Socorro Rodrigues.
Ela escreveu em sua página no Facebook:

  • Hoje é dia do meu amigo, namorado, companheiro, daquele que faz meu café da manhã e que me diz – puxa a cadeira e senta.
    A esse homem admirável, sensível, um grande artista, que de tudo faz uma piada ou um trocadilho, que ama a simplicidade e como tal meus votos que é mais simples mas verdadeiro – felicidades!!!!!

QUEM É SÉRGIO SOUTO

Sérgio Souto nasceu no dia 11 de julho de 1950, na cidade de Sena Madureira, no estado do Acre. É um cantor, compositor e instrumentista brasileiro. Mudou-se aos quinze anos de idade com a família para o Rio de Janeiro, em busca de melhores oportunidades. Trouxe consigo na memória sons da sua Amazônia natal.

Trabalhou como fotógrafo, gráfico e vendedor até conseguir lançar seu primeiro sucesso como cantor, a música “Falsa Alegria”, vencedora do Festival Rodada Brahma de Música Popular e gravada em LP independente no ano de 1980. No ambiente dos festivais de música popular brasileira, frequentes na década de 70 e 80, conheceu Amaral Maia, compositor e letrista carioca, com quem iniciou sólida parceria e amizade desde então.

Participou de quase todos os grandes festivais de música do país: Rodada Brahma de Música Popular Brasileira; Festival 79 da TV Tupi (SP); Festival dos Festivais da TV Globo; Festival Rímula de Música do SBT, em São Paulo; Festival O Som das Águas da TV Manchete, em Lambari, MG e outros.

A carreira de Sérgio começou a atingir o grande público na década de 80, com a exibição de um videoclipe da música “Falsa Alegria” no programa Fantástico (Globo). Outro sucesso foi a música “Minha Aldeia”, participante do Festival dos Festivais de 1985 e integrante da novela Sinhá Moça de 1986 na mesma emissora.

Com um repertório que passa pela toada, samba, fado e música regional, as composições de Sergio Souto se enriqueceram com parceiros como Aldir Blanc (Circo Brasil) e Paulo César Pinheiro (Diamante) ao longo da década de 80 e seguintes.

A sofisticação e variedade dos arranjos de seus LPs ganharam o talento de mestres de nossa música como Jota Moraes e Gilson Peranzzetta. Se apresentou pelos principais palcos do Brasil, tais como maracanãzinho, Anhenbi, Olímpia, Teatro Amazonas, Teatro da Paz, Teatro Castro Alves, Teatro Carlos Gomes, Teatro Plácido de Castro, Dragão do Mar e outros tantos.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍTICA

“Amigo do Bope” – Alan Rick é homenageado pelo Batalhão de Operações Especiais da PM

Publicado

em

Por

Nesta sexta-feira, 12 /08, o deputado federal licenciado Alan Rick foi homenageado com a placa de “Amigo do Bope”, entregue a personalidades que contribuíram para estruturação e fortalecimento do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar. A entrega ocorreu durante a solenidade que comemorou os 26 anos do Batalhão.

“Estou muito feliz e extremamente honrado por receber essa homenagem no dia da comemoração dos 26 anos do nosso BOPE. Sou um apoiador da Polícia Militar. Durante os meus mandatos destinei mais de R$ 18 milhões para a nossa segurança pública.” – disse o parlamentar licenciado.

O comandante do Batalhão de Operações Especiais, tenente-coronel Rômulo Modesto, fez uma fala de agradecimento a Alan Rick. “Fazemos esse reconhecimento aos parlamentares, destacando o trabalho do deputado Alan Rick que trouxe grandes benefícios ao nosso batalhão, como, os recursos destinados a aquisição de viaturas, ao nosso estande de tiro, e a unidade de policiamento com cães que fazem com que o nosso batalhão tenha um salto de qualidade nos seus serviços.” – completou.

Essa é a segunda homenagem dedicada pela PM, em 2022, ao deputado Alan Rick. Em julho, o parlamentar recebeu a Medalha de Mérito Coronel Fontenele de Castro, concedida a quem presta relevantes serviços à causa pública e para o progresso da Polícia Militar.

[Assessoria]

Continue lendo

INTERIOR

Estado e Prefeitura de Cruzeiro do Sul lançam programa para garantir melhorias a estradas vicinais no Vale do Juruá

Publicado

em

Por

Nesta sexta-feira, 12, o Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), participou de solenidade do Sindicato Rural do município de Cruzeiro do Sul, onde foi lançado o Programa de Ramais, que visa atender mais de 480 km de estradas vicinais no Vale do Juruá. O evento ocorreu na Comunidade Santa Luzia.

O presidente do Deracre, Petronio Antunes, enfatizou que o lançamento do programa no Vale do Juruá deve garantir mais trafegabilidade e acesso para mais de 1000 pessoas na região.

“Estamos participando desse evento e garantindo mais obras de melhoramento nos ramais, para que as pessoas tenham mais acesso, e o Estado tem priorizado a população que mora na zona rural”, destacou.

Antunes ressaltou que o Consórcio Adinn & Atlas & Versátil deve avançar com serviços de conservação, terraplanagem, pavimentação, drenagem pluvial, construção de pontes e reabertura de ramais.

“O Estado está investindo mais de R$ 15 milhões em serviços, que devem ser executados em 480 km de ramais para atender quem mais precisa, que é o homem do campo, aquele que mora na zona rural e precisa escoar sua produção”, disse.

Continue lendo

ACRE

Monitorada, Reserva Chico Mendes teve 1,80 km² de desmatamento somente em Julho

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

O Sistema de Divulgação de Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) manifestou alerta sobre o desmatamento na região da Reserva Extrativista Chico Mendes, no Acre.

Segundo o dispositivo, no dia 23 de julho, 0,13 km2 de desmatamento foram registrados na região, com acúmulo de sete dias de alerta naquele mês. A principal causa para o alerta de degradação foi “o desmatamento com solo exposto, deixando a terra sem vegetação”.

Os pesquisadores apontam que a Reserva Chico Mendes soma 1,80 km2 de desmatamento somente no mês analisado. No dia 20, daquele mês, foram identificados 0,78km de desmatamento. E no dia 12, o INPE verificou 0,22 km2 de devastação. Os dados são reportados ainda nos primeiros dias de julho.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas