Connect with us

POLÍCIA

Câmara Criminal aumenta para quase 134 anos pena de trio que decapitou jovem

Publicado

em

O trio envolvido na execução do jovem Raimundo Lacerda do Nascimento foi condenado a mais de 80 anos de prisão.

A decisão foi do Conselho de Sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri, em sessão realizada em setembro do ano passado. Mas o Ministério Público Estadual e a defesa dos réus recorreram da sentença.

O promotor de Justiça Carlos Pescador entendeu que a pena base não fixada de forma justiça e proporcional à altura dos réus.

Já a defesa pediu a redução do percentual da causa de aumento pelo emprego de arma de fogo. Os recursos foram analisados pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça.

Os desembargadores negaram a apelação criminal dos réus e acataram parcialmente, o pedido do Ministério Público Estadual.

Com a decisão as penas de Arlys Keubi de Oliveira Almeida, Emerson da Silva Saraiva e de Adriana Silveira Cruz, passaram de 26 anos 8 meses e 13 dias, para 44 anos 5 meses e 20 dias, para cada um. A pena total subiu de 80 anos para 133 anos e 5 meses em regime fechado.

Consta na denúncia, que Arlys Keubi, Emerson, Adriana e mais três adolescentes, decapitaram, em maio de 2019, o jovem Raimundo Lacerda do Nascimento.

A vítima teria sido atraída para a emboscada por Adriana e depois foi julgado e teve a sentença de morte decretada pelo “Tribunal do Crime”. Toda a ação criminosa foi filmada e divulgada nas redes sociais.

Na época, segundo o Ministério Público Estadual, os criminosos suspeitaram que a vítima integrava uma organização criminosa rival.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Policial Civil acusado de matar homem por causa de ‘buchudinha’ é julgado em Rio Branco

Publicado

em

Por

O agente de Polícia Civil Reginaldo Romualdo, acusado pelo assassinato de Alexandre da Silva Nazário, está sendo julgado nesta terça-feira, 30. A sessão acontece na 1ª Vara do Tribunal do Fórum Criminal em Rio Branco.

O policial, que responde o processo em liberdade, foi denunciado pelo homicídio de Alexandre da Silva Nazário. O crime aconteceu em janeiro de 2018, em um bar localizado na Avenida Antônio da Rocha Viana.

De acordo com informações, acusado e vítima tiveram uma discussão por conta de uma “buchudinha”. Alexandre teria puxado uma faca, mas acabou atingido com um tiro de pistola. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

A previsão é que a sessão ocorra no início da tarde desta terça-feira.

Continue lendo

POLÍCIA

Dois são presos por desvio de combustível da Secretaria de Obras de Sena Madureira

Publicado

em

Por

Ascom/PCAC

Nas primeiras horas desta terça-feira, 30, a Polícia Civil do Estado do Acre deu cumprimento a duas ordens de risão durante a operação “Combustol” que investiga desvio de combustível na Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo – SEMSUR no município de Sena Madureira, localizada a margem da BR-364, 144 km distante da capital.

Durante o cumprimento dos mandados foram presos J.C.A., 40 anos e J.S. de 36 anos apontados na investigação como os responsáveis pelo desvio de combustível, entre os dias 08.10.2021 e 16.10.2021, o que ficou evidenciado o desvio de aproximadamente 500 (quinhentos) litros de óleo diesel.

A investigação também colheu elementos onde apontou que cada 100 (cem) litros do combustível eram comercializados ao valor médio de R$ 400,00 (quatrocentos reais), valor esse que era rateado de maneira igualitária entre os acusados.

Durante a operação foi realizada a busca no escritório da SEMSUR e no posto de abastecimento, local onde era fornecido o combustível, onde foram arrecadados documentos, computadores e outras provas que servirão para subsidiar o inquérito policial investigativo.

Ainda de acordo com a investigação a pratica criminosa de desvio de combustível já vinha acontecendo há pelo menos 24 meses e mais pessoas já estão sendo investigadas pela participação efetiva no crime.

Continue lendo

POLÍCIA

PF cumpre na manhã desta terça-feira mandados contra organização responsável por delivery de drogas no Juruá

Publicado

em

Por

A Polícia Federal no Estado do Acre – através da Delegacia de Polícia Federal de Cruzeiro do Sul (DPF/CZS/PF) – deflagrou nesta terça-feira (30/11/2021) a “Operação DELIVERY”, que visa desarticular organização criminosa voltada ao tráfico de drogas. Os trabalhos contam com apoio das forças de segurança pública estaduais (Polícia Civil e Polícia Militar do estado do Acre).

As investigações se iniciaram em abril de 2021, após um trabalho conjunto entre as polícias, que resultou na prisão em flagrante de três indivíduos integrantes de organização criminosa voltada ao tráfico de drogas na região do Juruá. Após as prisões, foi possível identificar outras pessoas envolvidas com o tráfico.

A operação cumpre 16 mandados de busca e apreensão, 06 prisões preventivas e 02 mandados de sequestro de bens, no valor aproximado de R$ 90.000,00 (noventa mil reais). Os trabalhos contam com a participação de 50 agentes de segurança, entre Policiais Federais, Civis e Militares.

A “Operação Delivery” leva este nome em referência a conduta de partes dos investigados, que se utilizavam dos serviços de transporte privado urbano para fazerem o transporte de drogas, bem como para o transporte do numerário utilizado no pagamento dos entorpecentes.

Os envolvidos estão sendo investigados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, além do crime de integrar organização criminosa. Somadas, as penas podem chegar até 32 anos de prisão mais multa.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia