Connect with us

POLÍTICA

Chefe da Polícia Penal comemora subida do Acre no ranking do desenvolvimento educacional prisional

Publicado

em

O chefe da Polícia Penal do Acre, Arlenilson Cunha, está dividindo com sua categoria um título inédito conquistado pelo Estado, a subida vertiginosa no ranking de desenvolvimento educacional prisional. Pela primeira vez na história o Acre está entre os 10 que mais ressocializam detentos. Segundo dados do Sistema de Informações do Departamento Penitenciário Nacional (Sisdepen), órgão ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Estado ficou em nono lugar na classificação, com o aumento de 43,69% em 2021, comparado com o ano anterior. As atividades avaliadas vão desde a participação em exames nacionais a atividades culturais, esportivas, em saúde, educação e leitura.

O presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC), Arlenilson Cunha, disse ao AcreNews que esse é o resultado de um esforço feito por toda sua equipe, mas sobretudo pelo governador Gladson Cameli, para garantir a execução dos programas e projetos.

“Figurar entre os dez primeiros estados da federação em aumento de atividades educacionais é fruto de um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo governo, por meio da equipe da Divisão de Educação Prisional, em parceria com a Secretaria de Educação. Quem disse que presídio não ressocializa?”, comemora Cunha. Ele conta que, do presídio Francisco d’Oliveira Conde já saiu até um advogado formado pela Ufac. Em 2020, foram inscritos 365 apenados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o que já foi um recorde. Em 2021, o número foi superado, com 470 inscritos. “Conseguimos aumentar a oferta de vagas em educação formal escolar de 190 para cerca de 250 em Rio Branco. Tivemos aumento da participação dos apenados no projeto de leitura e nos exames nacionais”, explica Margarete da Frota, chefe da Divisão de Educação Prisional do Iapen.

A seguir um rápido bate-papo com o diretor Arlenilson Cunha:

AcreNews – Presidente, como em meio a uma pandemia essa gestão da Polícia Penal conseguiu o feito de melhorar a posição do Acre em ressocialização de apenados por meio da educação?

Arlenilson Cunha – Mesmo em meio a pandemia, com dificuldades e desafios, nós temos avançado. Em 2020, foram inscritos 365 apenados no Enem, o que já foi um recorde. Já em 2021 superamos esse número, inscrevendo 470. Figurar entre os dez primeiros estados da federação em aumento de atividades educacionais, o êxito do trabalho da equipe da Divisão de Educação Prisional só monstra o comprometimento e envolvimento de toda instituição do Governo do Estado com a ressocialização e Reintegração Social, importante registrar a parceria com a Secretaria de Educação que tantos nos apoia.

AcreNews – De dentro do presídio podem sair grandes pessoas com esse projeto educacional trabalhando na vida deles diariamente? Presídio ressocializa?

Arlenilson Cunha – Com certeza. Quem disse que presídio não ressocializa? Nós temos exemplos que garantem que sim. Tivemos um apenado no caso hoje cumpriu sua pena, conseguiu ingressa no Curso de Direito na Universidade Federal do Acre, concluiu o curso em 2020.  Agora este ano tivemos o terceiro lugar na Olimpíadas de Matemática. Um preso da Unidade de Regime Fechado (Chapão), do Complexo Penitenciário Rio Branco – FOC, foi nosso campeão. São exemplos interessantes os motivadores. A educação não transforma o mundo, mas transforma pessoas, e pessoas transformam o mundo.

AcreNews – Qual a reação do governador Gladson Cameli ao ver esses números tão bons para o Acre?

Arlenilson Cunha – O governador mandou um áudio, posteriormente ligou, parabenizando pelos números. Ele não deixa passar nada. Gosta de números de resultados e acompanhar tudo de perto, afinal todo o sucesso é porque ele é quem garante o andamento dos projetos tocados por nós.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍTICA

Câmara publica resolução que altera valor das diárias para os servidores que acompanharem vereadores

Publicado

em

Por

O presidente da Câmara de Rio Branco, N. Lima (Progressistas), publicou nesta quinta-feira, 19, uma resolução legislativa Nº 05/2022, que altera o valor das diárias recebidas pelos servidores da Casa Legislativa quando estiverem na companhia dos parlamentares.

Segundo a resolução, nos casos em que o beneficiário se afastar da sede acompanhando vereador, o valor da sua diária corresponderá à diária percebida pela autoridade acompanhada, ou seja, R$ 934,52.

“Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.  Anexo I da Resolução n° 05, de 2014, passa a vigorar na forma do Anexo desta Resolução”, afirmou a resolução legislativa.

Continue lendo

POLÍTICA

Estado vira notícia nacional ao figurar em primeiro lugar na diminuição de assassinatos e governador Gladson divide a honraria: “É o esforço de toda a equipe”

Publicado

em

Por

O governador Gladson Cameli (PP) não estava cabendo em si na noite desta quarta-feira, 18, em função da repercussão nacional sobre o Acre figurar como primeiro lugar no Brasil na diminuição de assassinatos. “Primeiro é Deus, segundo a ajuda financeira do presidente Bolsonaro, e depois o esforço de nossa equipe sob meu comando”, afirmou sob forte entusiasmo ao AcreNews.

Gladson admite que o título é empolgante, mas não será subterfúgio para baixar a guarda na luta contra a violência. “Vamos continuar com o mesmo esforço para que mais notícia boa saia no Brasil todo a nosso respeito, mesmo diante da torcida contra de nossos adversários, que ficam é triste com uma notícia dessa”, alfinetou Cameli.

Segundo o G1, o número de assassinatos no país continua em queda em 2022, segundo o índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Foram 10,2 mil assassinatos nos três primeiros meses deste ano, o que representa uma baixa de 6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Estão contabilizadas no número as vítimas dos seguintes crimes:

Homicídios dolosos (incluindo os feminicídios)

Latrocínios (roubos seguidos de morte)

Lesões corporais seguidas de morte

Fonte: G1

Em 2021, o Brasil teve uma queda de 7% no número de assassinatos, como apontou um levantamento exclusivo do Monitor da Violência. Foram 41,1 mil mortes violentas intencionais no país no ano passado, o menor número de toda a série histórica do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que coleta os dados desde 2007.

Segundo especialistas do FBSP e do NEV-USP, o menor número de mortes é motivado por um conjunto de fatores, incluindo: mudanças na dinâmica do mercado de drogas brasileiro; maior controle e influência dos governos sobre os criminosos; apaziguamento de conflitos entre facções; políticas públicas de segurança e sociais; e redução do número de jovens na população.

Continue lendo

POLÍTICA

Anel viário de Brasiléia e Epitaciolândia: Alan Rick articula liberação de recursos para finalização da obra

Publicado

em

Por

A conclusão do Anel Viário e da Ponte de Brasiléia e Epitaciolândia é uma prioridade do mandato do Deputado Federal Alan Rick (União-AC). Nesta quarta-feira, 17, o parlamentar dedicou sua agenda a reuniões para conseguir a suplementação de recursos necessária para a conclusão.

Acompanhado do Diretor Geral do DERACRE, Petrônio Antunes, o parlamentar se reuniu com o relator do Orçamento Geral da União, Deputado Federal Hugo Leal (PSD-RJ), para pedir a indicação de recursos federais. “Apresentamos a ele as informações técnicas dessa obra, demonstrando a importância que tem para a interligação do Acre e do Brasil ao Peru. Saímos do encontro com boas perspectivas de termos os recursos para finalizar o contorno e a ponte até o início do próximo ano”, disse o parlamentar.

Outra reunião foi com o Diretor de Planejamento e Pesquisa do DNIT, Luiz Guilherme Mello. Na pauta a finalização dos processos para desapropriação dos terrenos onde o traçado do Anel está passando e dos recursos necessários. “Essa semana, o DNIT termina de analisar os processos e, em seguida, realizará um mutirão de desapropriação das áreas”, adiantou Mello.

O Diretor Geral do DERACRE, aproveitou para falar sobre a questão orçamentária, para finalizar a obra dentro do programa previsto e de outras obras de parceria do Governo do Estado e do DNIT. “Estamos abrindo um ramal entre Rodrigues Alves e Porto Walter e pedimos ao DNIT que construa uma BR projetada na região”. Falamos ainda sobre a reconstrução da estrada BR 364.”

Para esta última obra, serão totalmente refeitos mais de 400 quilômetros com soluções definitivas de engenharia. “A boa notícia é que em 2023 a reconstrução começa. Será um enorme investimento que trará o resultado que o povo do Acre sempre esperou”, finalizou o deputado Alan Rick.

[Assessoria]

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas