Connect with us

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

COLUNA DO EVANDRO “Não posso falar nesse assunto porque não fui convidada”, diz Socorro Neri sobre ir pra Educação

Publicado

em

A ex-prefeita de Rio Branco, Socorro Neri (PSB), disse à coluna que infelizmente não pode falar sobre a notícia que circulou e segundo a qual ela iria para a secretaria de Educação. “Não posso comentar especulação”, afirmou.

Sem convite
Segundo Socorro Neri não houve convite por parte do governador Gladson Cameli (Progressistas). “É só especulação”, disse ela. E de fato Gladson confirmou ao meu colega Luís Carlos Moreira Jorge que não a convidou.

Petecão, Jorge e Lula
Virou uma espécie de piada nas redes sociais, desde o domingo, 8, uma chapa no Acre com o senador Sérgio Petecão (PSD) candidato a governador, Jorge Viana (PT) para o Senado, e Lula presidente. Mas não pode fazer piada disso, porque pode acontecer. Petecão não nega que está conversando com os petistas faz tempo.

Ouriçou a militância
A decisão do ministro Edson Fachin, do STF, de anular as condenações de Lula, ouriços a militância de esquerda, que já sonha em derrotar Bolsonaro. No Acre as redes sociais deveram.

Vice com moral
Marfisa Galvão (PSD), vice-prefeita de Rio Branco, protagoniza nesse momento um feito inédito, o de boa relação com o titular, Tião Bocalom (Progressistas). Mesmo com ele viajando ela tem nomeado aliados e sempre que ele chega confirma as decisões dela. Essa é uma relação rara entre titular e vice no Brasil todo.

Nomeações seletivas
A despeito de nomeações na prefeitura de Rio Branco, o gabinete Civil faz um chororô medonho na frente de “aliados indesejados”, mas quando o dia amanhece o Diário Oficial vem florido.

Tolerância zero
O governador Gladson Cameli (Progressistas) é bonzinho, sorridente, dificilmente estar de mal humor, mas melhor não confundir as coisas em relação a atos corruptos dentro da gestão dele. Não há tolerância nenhuma.

Forte grupo de Bittar
Marcia Bittar vem forte em 2022, candidata a qualquer cargo acima de deputado estadual. Ela será a prioridade número um do forte grupo de partidos que o senador Márcio Bittar (MDB) está montando.

Leal
Márcio Bittar, a rigor, além de grande senador, tem se mostrado leal ao projeto vencedor de 2018 na cabeça do qual está Gladson Cameli. Só falta ao Márcio – e já disse isso a ele -, eu acho, mais divulgação do mandato. No mais, a única acusação que pesa sobre ele é vir pouco ao Acre, numa época de políticos corruptos, desleais e déspotas.

Tratamento diferenciado
Considerado um devaneio, o estilo implantado por Tião Bocalom para tratar com os vereadores pode não ser para todos, segundo disse à coluna um vereador eleito em 2020. “O tratamento não é o mesmo para todos”, garantiu, mas não autorizou eu citar seu nome.

Vaz federal
Ex-vereador, Raimundo Vaz se ajeita para entrar de sola na eleição do ano que vem. Disputa para federal.

Cabo eleitoral forte
Alguns deputados estaduais mais espertos elegeram vereadores na capital e estão com meia campanha garantida em 2022, quando forem pra reeleição. São eles: José Bestene (Progressistas), que elegeu o filho Samir, também pelo Progressistas; Wendhy Lima (Progressistas), que elegeu o pai, N Lima (Progressistas); Neném Almeida (PSD), cujo grupo elegeu Ismael Machado (PSDB); e Jonas Lima (PT), que garantiu a folgada reeleição do vereador Antonio Moraes (PSB).

Nosso goleiro é humilde
Weverton, o goleiro supercampeão pelo Palmeiras, acreano do pé rachado, conversou comigo esses dias. Disse que Deus continua em primeiro lugar na sua vida, que continua louco pelo Acre, mas que não poderia me conceder entrevista oficial, por causa de uma cláusula em seu contrato com o clube.

Boleiros sem votos
Na última eleição, em 2020, alguns boleiros tentaram entrar pra política, mas foram rejeitados pelas urnas. Três deles: Iko, volante que chegou a jogar na Europa; Kinho, volante que participou das melhores campanhas do Rio Branco em competições nacionais; e Elison Azevedo, um zagueiro de carreira curta que virou cartola. Ele é o atual presidente do Atlético Acreano.

Volta em 2022
Quem anda se organizando para tentar voltar à cena política é o ex-deputado Hélder Paiva. Já anda com um grupo mínimo de apoiadores a tiracolo.

As Câmara se organizam
Antônia Lúcia, nossa bispa, e a filha, Gabriela Câmara, também se organizam para ir às urnas em 2022. Muito provavelmente o deputado Wagner Felipe (PR), eleito por elas em 2018, não poderá contar com o apoio das mesmas ano que vem.

Rádio Boas Novas
Antônia Lúcia e Gabriela Câmara estão expandindo ainda mais a rádio delas, a Boas Novas. Em mais de metade dos municípios do Acre haverá uma emissora até o final desse ano, segundo informações.

Novo Acrenews
Vem aí o novo Acrenews. Além da “cara nova”, grandes reportagens a caminho. Uma delas uma entrevista com uma figura que sabe muito sobre o subterrâneo da política no Acre, no nascedouro da esquerda.

Timaço de articulistas
Esse novo Acrenews vem com um timaço de articulistas, entre eles adianto um, o coronel PM Romário Celio, ex-comandante, que lidera os Gideões internacionais no Acre. Entre os colunistas sociais, um já chegou, o Nonato Vianna, que estreou nesta segunda-feira.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Onda de assaltos e sequestros: Motoristas de aplicativos podem suspender viagens em Rio Branco

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Motoristas de aplicativos no Acre estão preocupados e temerosos quanto a uma onda violenta com assaltos e sequestros relâmpagos que invadiu as ruas de Rio Branco. O assunto motivou um dos motoristas, identificado como Francisco, do canal “Um Uber no Acre”, a chamar a atenção do poder público e informar que os serviços da categoria podem ser suspensos.

Francisco gravou um vídeo hoje (28) relatando que somente no último final de semana, entre sábado (22) e domingo (23), três profissionais sofreram sequestros relâmpagos. Ele citou ainda que ontem (27) mais um motorista sofreu as consequências de um assalto seguido de sequestro. Os relatos são compartilhados em grupos de rede social.

“Hoje teve mais um. São relatos que a gente sabe por WhatsApp, fora os que eu não sei, que não temos conhecimento (…) Estamos numa situação delicada onde o pessoal [Grupo criminosos] pegam os carros, fazem o que dão na telha, depois liberam a gente novamente. O problema é que não está acontecendo só isso, tem motorista sendo assaltado, levado o seu dinheiro, seu celular. Infelizmente somos uma voz que não tem força. Os motoristas são assaltados e vão reclamar nos grupos de WhatsApp”, comentou.

Francisco não descartou que se a situação piorar, os trabalhos dos motoristas serão suspensos. “Vai ser uma forma de chamar atenção do poder público. Dessa forma que estamos vivendo não podemos trabalhar. Rio Branco é uma cidade em que não podemos trabalhar (…) A nossa realidade não era pra ser assim. Rio Branco chegou num ponto em que não podemos andar nas ruas. Essa é uma insatisfação dos motoristas!”, destacou.

Veja o vídeo na íntegra:

Continue lendo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Menores de idade, indígenas lotam as calçadas de Rio Branco em busca de esmolas

Publicado

em

Por

Avenida Nações Unidas, Rio Branco, capital do Acre, meio-dia. Um grupo de indígenas, a maioria menor de idade, se aglomera na calçada segurando cartazes, enquanto um garoto, também indígena, bate no vidro da porta dos veículos pedindo dinheiro.

Esta cena tem se repetido diariamente nas ruas da maior cidade do Acre. Os índios abandonaram suas aldeias e migraram a cidade, onde vivem como pedintes. Em Rio Branco existe a Casa do Índio, localizada próximo ao Ceasa, onde é ofertado hospedagem, alimentação e atendimento médico. Mas embora contém com toda essa estrutura, os parentes vivem pedindo esmolas enquanto as autoridades responsáveis pela causa indígena não se pronunciam.

Continue lendo

ACRE

Após repercussão, DNIT contesta problema na estrutura da ponte do Abunã

Publicado

em

Por

Um vídeo publicado por um motorista que passava na Ponte do Rio Madeira em Abunã Rondônia acabou gerando polêmica. Na imagem, o homem registra alguns pontos de interdição sobre a estrutura que teve parte da pista fechada para um reparo momentâneo. “No pé da ponte, indo para Porto Velho, pararam a gente. A ponte começou a dar problema”, relatou.

Mas o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) em Rondônia, responsável pela estrutura, André Santos, tratou de explicar, que “a interdição não ocorreu por um problema grave como o motorista disse no vídeo. A situação estaria atrelada ao desregulamento de um graute, e que não seria nada grave, algo que ocorre na junta de dilatação”, explicou.

O graute, segundo informações é um tipo de concreto que serve para preencher um espaço vazio de (blocos e/ou canaletas).

Ainda segundo informações, o reparo começou na quarta-feira (26) e vem ocorrendo pela empresa Arteleste, responsável pela construção do empreendimento que foi inaugurado, em 07 de maio de 2021.

Além disso, o prazo para que o material se restabeleça era de 24 horas a contar pela data do ocorrido. Com relação ao vídeo, o titular da pasta classificou, de “sensacionalista e que serviços de reparo serão feitos sempre que a estrutura necessitar”.

[Emerson Barbosa, News Rondônia]

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas