Connect with us

CULTURA

Festival Atsá mostra a força da retomada cultural do povo Puyanawa

Publicado

em

Texto: Nelson Liano / Fotos: Marcos Vicentti

Exclusivo para o AcreNews

A quarta versão do Festival Atsá, a primeira depois da pandemia, tem atraído muita gente de todo o Acre e também de outras partes do Brasil e do exterior. Atsá significa mandioca que está na base alimentar e produtiva do povo Puyanawa. Mas também representa o renascimento cultural dessa nação indígena que, durante muitos anos, foi explorada por fazendeiros e teve a sua espiritualidade distorcida pela influência de missionários evangélicos e católicos.

Durante o Festival Atsá, que iniciou no dia 18 e vai até sexta, dia 22, os Puyanawa mostram aos visitantes a riqueza dos seus cantos, das suas músicas, do seu artesanato e das suas pinturas corporais, além da espiritualidade tradicional baseada nas medicinas da floresta e na sabedoria recebida de herança dos seus antigos pajés.

O cacique Joel Puyanawa revela a motivação que mobiliza toda a sua aldeia, no Ramal do Barão, no município de Mâncio Lima, para realizar o Festival Atsá.

“Estamos resgatando as memórias dos nossos antepassados. Oferecemos aos visitantes comidas típicas do nosso povo, que estão relacionadas a todo o nosso conhecimento ancestral que, durante o festival, são repassados também aos nossos jovens. Assim, celebramos a nossa cultura e a nossa espiritualidade por meio dos cantos, das danças, das pinturas corporais e dos nossos rituais”, afirmou Joel.

Fortalecimento econômico da aldeia

O cacique destaca, ainda, que todo esse movimento de visitantes ajuda a fortalecer a economia da comunidade.

“A venda das nossas comidas e do nosso artesanato gera renda para as famílias da aldeia. A gente vê um aquecimento da economia local, que acaba ajudando também os moradores de Mâncio Lima”, refletiu o cacique.

Apoio institucional do Estado

Um outro aspecto revelado por Joel foi a ajuda do Estado na reforma da Arena onde acontece o Festival Atsá. Ele também ressaltou que o Estado apoiou a comunidade Puyanawa na mecanização das lavouras de mandioca, que deverá refletir na maior produção de farinha da história da aldeia.

“As parcerias são fundamentais para o desenvolvimento social e econômico do nosso povo. Temos recebido apoio das nossas demandas”, revelou Joel.

Para encerrar, o cacique disse que todo esse movimento cultural dos povos indígenas traz uma mensagem para toda a humanidade.

“Temos que celebrar a vida e a natureza. É essa alegria que faz a gente transmitir as nossas cantorias e danças, criando um clima de harmonia e entendimento com todas as pessoas que vivem neste planeta, que, mais do que nunca, precisa de paz e amor, nesse momento de tantas dificuldades”, finalizou o líder Puyanawa.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CULTURA

V Mostra Sesc de Cinema anuncia os vencedores com filme acreano “Correria” selecionado

Publicado

em

Por

Confirmando a sua posição como uma das principais iniciativas de promoção do cinema independente no Brasil, a Mostra Sesc de Cinema – MSDC recebeu, em sua quinta edição, mais de 1.600 inscrições. A divulgação dos filmes selecionados dentre eles o acreano “Correria” ocorreu na sexta-feira, 12 de agosto, e 33 produções, sendo quatro longas, três médias e 26 curtas, que serão exibidos na mostra nacional on-line, a ser realizada em outubro.

Dos filmes selecionados, 20 foram realizados por homens e 13 por mulheres, o que demonstra a consolidação do equilíbrio entre os gêneros, uma forte tendência observada desde a primeira edição.

Filme Acreano “Correria”

O Cinema acreano teve seu representante selecionado pela curadoria do Sesc “Correria”, curta-metragem do cineasta acreano Silvio Margarido, lançado no dia 30 de junho, tem em seu elenco, entre outros, a jovem estudante Eriya Luiza Yawanawa.

Silvio Francisco Lima Margarido é produtor, diretor, roteirista e editor audiovisual formado em cinema e Mídias Digitais pelo IESB em 2014 e com diversos cursos na área do audiovisual e Marketing Digital. Pós-graduação em linguagem audiovisual na Universidade Candido Mendes.

No total, 305 filmes, sendo 189 de realizadores e 130 de realizadoras de todas as regiões do Brasil, foram selecionados para exibição, entre mostras estaduais, regional e nacional. O concurso o distribuirá mais de R$ 100 mil em licenciamentos aos cineastas vencedores da mostra nacional, o que chancela o compromisso da instituição com a cena audiovisual brasileira.

A exibição vai trazer uma produção de cada um dos 22 estados participantes e do Distrito Federal no circuito intitulado Panorama Brasil, além de dez filmes em uma mostra especial voltada à infância e à juventude. A edição nacional foi estruturada para ocorrer em ambiente virtual – da seleção à exibição.

Já as Mostras Estaduais retomarão as exibições presenciais, proporcionando o encontro com os realizadores, o que é um destaque positivo e necessário desta edição. As obras foram avaliadas por comissões estaduais formadas por profissionais do Sesc e especialistas convidados.

Continue lendo

CULTURA

Secretaria de Empreendedorismo e Turismo torna público edital para participação da Feira Nacional de Artesanato e Cultura

Publicado

em

Por

A Secretaria de Empreendedorismo e Turismo do Acre (Seet), por meio da Coordenação Estadual de Artesanato, em conformidade com as diretrizes estabelecidas pelo Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), torna público o processo de seleção de interessados em participar da Feira Nacional de Artesanato e Cultura (Fenace).

A feira será realizada no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza (CE), no período de 16 a 25 de setembro de 2022. Para participar da mostra nacional, o artesão acreano deve se inscrever para concorrer a uma das doze vagas disponibilizadas, sendo oito vagas para artesãos individuais, uma para artesão indígena e três vagas para os artesãos que não tenham participado da última feira ou novos artesãos apoiados pelo PAB.

“Essa é uma oportunidade que temos em mostrar um pouco do nosso produto acreano e a cultura, podendo realizar essa troca de informações e contatos com outros estados e até países, pois as peças produzidas no Acre são muito atrativas”, disse a coordenadora estadual do Acre, Suelany Paiva.

Os artesãos interessados em concorrer às vagas poderão se inscrever no período de 12 a 19 de agosto, no formato presencial, das 8h às 12h, na sede da secretaria (antigo Hotel Pinheiro) ou pelo email suaelanypaiva@gmail.com.

Para mais informações ou esclarecimentos, os interessados podem ligar para (68) 9976-7971.

Continue lendo

CULTURA

Curso de fotografia que será ministrado pelo jornalista Marcos Vicentti está com as últimas vagas disponíveis

Publicado

em

Por

O fotojornalista Marcos Vicentti está oferecendo um curso de fotografia em Rio Branco, a modalidade híbrida, entre os dias 06 e 07 de agosto. Os pré-requisitos são: ser maior de 14 anos e possuir uma câmera digital amadora ou profissional ou um celular.

O curso tem carga horária de 20horas: 8 EAD, 8 de aulas práticas e 4 de monitoria. O investimento será de R$ 250,00.

As últimas vagas estão disponíveis e para aqueles que se interessarem pelo curso podem entrar em contato através do número: 68 99221 4836 ou do LINK.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas