Connect with us

SAÚDE

Gladson Cameli apresenta a vereadores soluções para melhorar a saúde de Tarauacá, Feijó e Jordão

Publicado

em

Representantes das câmaras municipais de Tarauacá, Feijó e Jordão se reuniram com o governador Gladson Cameli nesta terça, 28, em Cruzeiro do Sul. Os 33 vereadores presentes levaram reivindicações dos seus municípios para melhorar a saúde pública da região do Tarauacá-Envira. O principal pedido é a construção de um Hospital Regional bem equipado e com médicos especialistas que possam atender aos pacientes da localidade.

No diálogo com os vereadores, o governador afirmou que acha justo o pleito da construção de um hospital regional. No entanto, Gladson ponderou que uma obra dessa magnitude leva tempo, porque existem várias etapas burocráticas a serem vencidas antes de que se possa assentar o primeiro tijolo.

“A nossa resposta imediata será a melhoria das unidades de saúde que existem nesses municípios. Iremos fazer reformas e manutenções nas estruturas hospitalares que já existem. Também melhoraremos as condições de trabalho dos profissionais e traremos mais médicos. Esse é o compromisso que assumimos. Ao mesmo tempo, vamos conseguir uma emenda de bancada para construirmos o hospital regional. A semente foi plantada hoje e vamos trabalhar pra frutificar. Gosto de desafios e acredito que com união conseguiremos os recursos para essa obra”, ressaltou Cameli.

O governador disse ainda que a iniciativa de interagir com os vereadores que conhecem os problemas cotidiano das populações dos municípios é muito importante.

O governador agradeceu a colaboração dos vereadores, pessoas que estão próximas do povo no dia a dia. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Quando a gente opta pelo diálogo, rompe qualquer tipo de barreira, porque ninguém governa sozinho. O mínimo que tenho que fazer como governador é ouvir os vereadores que estão no dia a dia com a população e sabem das dificuldades que as pessoas enfrentam. As câmaras de vereadores, não somente de Tarauacá, Feijó e Jordão, mas de todos os municípios têm colaborado com o meu governo”, avaliou Gladson.

Para amenizar a problemática dos pacientes da região do Tarauacá-Envira, Gladson disponibilizou uma aeronave para atender os casos mais urgentes: “Vou cobrar agilidade da minha equipe de governo para resolver rapidamente aquilo que é possível. Ao mesmo tempo, já disponibilizamos uma aeronave para essa região, para atender aos municípios nas suas demandas de saúde, levando pacientes que precisem de tratamento em outros lugares. Acredito que é nos unindo que vamos vencer as dificuldade do Acre”.

O que disseram os vereadores

Vereador Valdor do Ó (PSDB), de Tarauacá, que está no seu sexto mandato, afirmou que o hospital regional é uma necessidade urgente para os municípios da região.

Principal reinvindicação levada ao governador foi a criação de um Hospital Regional. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Queremos uma resposta positiva para os nossos filhos. A saúde pública é fundamental para termos desenvolvimento social nos municípios e, por isso, viemos conversar com o governador para atender a nossa demanda para a construção de um hospital regional”, afirmou.

A vereadora Dedê Souza Lima (PSB), de Feijó, aproveitou o encontro para empenhar apoio ao governador. “Este é um ato para dizer que o governador não está só. Estamos aqui para ajudar o governo com sugestões. E queremos pactuar um compromisso para melhorar a saúde dos nossos municípios”, ressaltou.

Já a vereadora Vanda Aguiar (PSDB), de Feijó, parabenizou Gladson Cameli pelas ações na pandemia que, segundo ela, fizeram a diferença e salvaram muitas vidas.

Governador garantiu reformas para as unidades de saúde dos municípios. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Mas temos que pensar no pós-pandemia. Feijó tem mais 40 mil habitantes e precisa de médicos especialistas. Clamamos por uma saúde melhor. Estamos aqui dizendo o que a população queria dizer para o governador que desenvolveu um ótimo trabalho nesse período difícil, mas agora precisamos falar das nossas necessidades”, destacou.

O vereador Eudes Mendes (PDT) do Jordão lembrou das dificuldades da população do município devido ao isolamento geográfico. Segundo ele, isso se reflete de maneira mais incisiva na questão da saúde.

“O hospital regional, se construído em Tarauacá, será estratégico devido à localização, que permite o transporte pelos rios e estradas que conectam todos os municípios da região. Mas agradecemos a reforma da nossa unidade de saúde e reivindicamos ações de Saúde Itinerante mais constantes, para diminuir os tratamentos fora de domicílio (TFD) dos moradores do Jordão”, pontuou.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SAÚDE

Boletim da Fiocruz coloca Rio Branco no grupo de alerta crítico para Covid-19

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Wanglézio Braga

Com 80% de aumento no número de casos de Covid-19, Rio Branco é uma das nove capitais do Brasil que apresentaram altos índices e, portanto, está incluída no grupo de alerta crítico para a doença, segundo Boletim da Fiocruz publicado, hoje (26), no seu portal.

Além de Rio Branco, foram citadas ainda as cidades de Porto Velho (89%), Macapá (82%), Fortaleza (93%), Natal (percentual estimado de 89%), Belo Horizonte (95%), Rio de Janeiro (98%), Cuiabá (89%) e Brasília (98%).

Já Manaus (75%), Boa Vista (70%), Palmas (69%), São Luís (64%), Teresina (percentual estimado em 79%), Maceió (65%), Salvador (67%), Vitória (77%), São Paulo (71%), Curitiba (71%), Florianópolis (69%), Porto Alegre (60%), Campo Grande (79%) e Goiânia (75%) estão na zona de alerta intermediário.

Para chegar a esses números, a Fiocruz avalia os indicadores de leitos de UTI para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS). A Nota Técnica reforça a importância de avançar na vacinação e endurecer a obrigatoriedade do uso de máscaras e do passaporte vacinal em locais públicos. Os pesquisadores também sugerem a promoção de campanhas de orientação à população e o autoisolamento quando do aparecimento de sintomas.

Continue lendo

SAÚDE

Governo realiza imunização de crianças do Educandário Santa Margarida contra a Covid-19

Publicado

em

Por

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado Saúde (Sesacre), realizou nesta terça-feira, 25,  uma ação de vacinação contra a covid-19  no Educandário Santa Margarida, em Rio Branco. Foram vacinadas 17 crianças com idades entre 5 e 11 anos.

Crianças do Educandário Santa Margarida são imunizadas contra a covid-19. Foto: Odair Leal/Secom

A atividade foi organizada por meio da equipe estadual do Plano Nacional de Imunização (PNI), que, em parceria com a coordenação do Educandário, disponibilizou as doses pediátricas, imunizantes que têm composição e frasco diferentes daqueles destinados a adultos e adolescentes.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou em dezembro o uso da vacina da Pfizer contra covid-19 em crianças, por isso o Ministério da Saúde incluiu a faixa etária de 5 a 11 anos no PNI.

Faixa etária dos 5 aos 11 anos foi adicionada ao Plano Nacional de Imunização. Foto: Odair Leal/Secom

Quanto a possíveis reações da vacina, Renata Quiles, coordenadora do PNI estadual, explicou que as mais comuns são semelhantes aos sintomas da gripe, como febre, dor de cabeça e mal-estar físico.

A coordenadora afirmou ainda que eventuais reações diferentes dessas devem ser comunicadas às equipes da Saúde para notificação, acompanhamento e tratamento da criança, até o desaparecimento dos sintomas.

Continue lendo

SAÚDE

Centro de Atendimento ao Autista (CAA) e Serviço de Equoterapia ficam fechados a partir desta segunda-feira, 24

Publicado

em

Por

Por medidas sanitárias de segurança, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa), vem a público informar que o Centro de Atendimento ao Autista (CAA) – O Mundo Azul, localizado na travessa São Lázaro, S/N Tangará, e o Serviço de Equoterapia, localizado no Rancho Dubai, não abrirão para atendimento a partir desta segunda-feira, 24 de janeiro, em virtude de o prédio ter que passar por sanitização em todas as suas dependências.

A diretora da Unidade de Saúde Municipal, Édila Sousa, solicitou tal sanitização levando em consideração que pelo menos 30% dos servidores do Centro testarem positivo para a covid-19.

Após a limpeza e desinfecção do prédio, a gestão optou por suspender os atendimentos de terapias enquanto durar esse surto gripal e de covid-19, por se tratar de crianças atendidas no CAA e no serviço de Equoterapia serem pacientes de risco e com comorbidades.

A partir do dia 24 de janeiro o CAA passará a atender ao público externo com atendimentos reduzidos mantendo os protocolos de segurança no horário das 7h às 12h e das 14 às 17h, tendo em vista que a equipe encontra-se reduzida e afastada de suas funções laborais.

Por tanto, tal protocolo se faz necessário para diminuir o contágio do vírus e melhor atender aos usuários quanto a segurança sanitária.

Gratos pela compreensão.

Atenciosamente,

Sheila Andrade Vieira
Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia