Connect with us

POLÍCIA

Homem é condenado por estuprar e agredir a própria esposa no município de Capixaba

O fato de ser marido da vítima foi valorado como majorante para o crime continuado

Publicado

em

O Juízo da Vara Criminal de Capixaba condenou um homem por estuprar sua esposa. Ele deve cumprir 17 anos, 4 meses e 7 dias de reclusão, em regime inicial fechado, bem como pagar indenização no valor de R$ 10 mil, a título de danos morais.

Os fatos ocorreram em setembro de 2020 e nessa época, eles ainda tinham uma relação de marido e mulher, que durava nove meses. Ele espancou, ameaçou de morte e obrigou a ter relações sexuais.

Tanto no depoimento do agressor, quanto no da vítima, eles explicaram que a causa da briga foi ela ter passado o dia com o celular desligado. No relato consta ainda que na manhã seguinte às agressões foi necessário que ela fosse socorrida pelo SAMU.

As unidades de saúde integram a Rede de Proteção às Mulheres, por isso o atendimento seguiu o fluxo para a proteção da vítima. O réu foi preso em flagrante, ela foi encaminhada para realizar o Exame de Corpo de Delito, que está anexado como prova nos autos. O documento atesta a intensidade da violência: edema traumático, equimose no queixo e no olho esquerdo, este também com hemorragia conjuntiva.

O réu possuía maus antecedentes criminais, ele respondeu por outros dois processos, um deles relacionado a um crime de trânsito, o que foi considerado na dosimetria da pena. Na sentença, a juíza Louise Kristina enfatizou que o maior dano não foi físico, mas sim a exposição e traumas imensuráveis que a vítima carrega consigo. (Processo em segredo de Justiça)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Indígena morre afogada no Rio Purus em Santa Rosa

Publicado

em

Por

A indígena Fátima Raquira Kulina de 35 anos, foi vítima de afogamento. O caso ocorreu na tarde desta quarta-feira, 26, na zona rural do município de Santa Rosa do Purus.

Segundo informações Fátima Kulina tinha saído de casa para tomar banho no Rio Purus, mas como a mulher demorou para retornar a residência, o marido Luiz Moura decidiu ir a margem do rio. No local mergulhou e encontrou o corpo da mulher.

Na sequência o marido da vítima entrou em contato com o Prefeito de Santa Rosa que acionou a Policia Militar. O cadáver foi resgatado e levado ao Hospital da cidade. O médico plantonista confirmou o óbito e liberou o corpo de Fátima para a família.

Continue lendo

POLÍCIA

Feijó: R$ 14 mil e mais de 1 kg de cocaína são apreendidos em área de mata

Publicado

em

Por

Ascom/PCAC

Na tarde desta quarta-feira, 26, a Polícia Civil no município de Feijó, apreendeu em uma região floresta 1,180 kg de cocaína e R$14.000,00 (quatorze mil reais). O trabalho investigativo da equipe da Polícia Civil de Feijó em parceria com a Divisão Especializada em Investigação Criminal (Deic), localizou o entorpecente e o dinheiro que estavam enterrados em uma região de mata, na zona rural da cidade.

“A droga era embalada dentro da mata, longe dos olhos da polícia, mas pautando as ações num trabalho de inteligência, a polícia civil não mediu esforços para retirar de circulação a cocaína apreendida, que de acordo com a média de preço, causou um prejuízo de mais de R$ 41.000,00 (quarenta e um mil reais) aos criminosos”, destaca o Delegado de Feijó, Railson Ferreira.

A Polícia Civil segue com as investigações para identificar o proprietário da droga e consequentemente sua responsabilização.

Continue lendo

POLÍCIA

Assassinato de tia em Feijó não tem relação com rituais satânicos

Publicado

em

Por

A morte da lojista Maria Antonieta de Souza Abreu, de 39 anos, não está relacionada a rituais satânicos. A confirmação foi dada pelo delegado responsável pelo inquérito, Railson Ferreira. “A Polícia Civil fez um levantamento minucioso deste caso. Não existe um único indicio de rituais. O crime foi passional”, disse o delegado.

Na tarde desta quarta-feira, 26, a adolescente de 14 anos chegou na Pousada Mocinha Magalhães, localizada no Bairro Florestal Sul, em Rio Branco. O mandado de internação provisória foi decretado no período da manhã pela Justiça.

A partir de agora a Polícia Civil terá o prazo de 10 dias para finalizar o inquérito. Só após a conclusão do procedimento a Justiça vai decidir qual será o tempo de internação da adolescente.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia