Connect with us

SAÚDE

Localizado ao lado do Acre, Rondônia tem 51 casos de Ômicron em 19 cidades

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) em parceria com o Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (Lacen) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), registraram 51 casos da variante Ômicron do coronavírus em 9 municípios rondonienses. Os pacientes têm idades entre 8 e 64 anos e estão sendo monitorados pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e pelas vigilâncias municipais.

Os casos registrados nos municípios são: 1 mulher em Guajará; 30 pessoas em Porto Velho, sendo 21 mulheres, 8 homens e 1 menina; 1 homem em Candeias; 1 menino em Jaru; 1 mulher em Alta Floresta, 5 pessoas em Presidente Médici sendo, 4 mulheres e 1 homem; 7 pessoas em Cerejeiras sendo 3 mulheres e 4 homens; 1 homem em Seringueiras e 4 pessoas em Vilhena sendo, 1 mulher e 3 homens.

A variante já foi identificada em mais de 17 estados do Brasil. Os sintomas mais comuns são: secreção nasal, dor de cabeça, fadiga (leve ou grave), espirro e dor de garganta. O Governo está tomando medidas para amenizar o contágio, conscientizando e reforçando a população com as prevenções com mascaras, álcool em gel, as vacinações e evitando aglomerações.

Com o avanço do vírus, está ocorrendo o chamamento de profissionais da saúde para ampliação leitos de UTI nas unidades Públicas Estaduais, o Governo de Rondônia convoca os candidatos classificados em processo seletivo da Sesau. Os convocados devem atuar no enfrentamento da emergência da pandemia decorrente da covid-19 e Influenza.

O secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo ressalta a importância de completar o ciclo de imunização. “Vale a pena lembrar que o poder de transmissão e contágio da Ômicron é muito alto. É de extrema importância que nos vacinemos visando completarmos o ciclo vacinal com a 2ª e a 3ª dose, pois somente assim estaremos imunes e livres dessa doença que já fez muitas vítimas”, finaliza o secretário.

Fonte: Secom-GOV-RO

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SAÚDE

Prefeitura de Epitaciolândia atualiza salários dos agentes comunitários de saúde

Publicado

em

Por

O prefeito de Epitaciolândia, Sérgio Lopes, publicou nesta quarta-feira, 18, no Diário Oficial do Estado (DOE) a atualização dos valores dispostos sobre os salários dos profissionais Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias do município.

O piso salarial do Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias não pode ser inferior a 02 salários mínimos, equivalente a R$ 2.424,00, com base no salário mínimo vigente;

Ficam atualizados os valores salariais dos profissionais Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias do Município de Epitaciolândia/AC.

Continue lendo

SAÚDE

Canabidiol: com 52 pedidos de importação, Acre é lanterna entre os Estados

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Levantamento feito pela empresa de inteligência de mercado, Kaya Mind, aponta que 52 pedidos de importação de canabidiol foram realizados no Acre entre abril de 2020 a fevereiro deste ano. O estado fica em último no ranking entre os estados. Em 1° lugar ficou São Paulo (22.360), em 2° o Rio de Janeiro (10.156) e 3° Minas Gerais (4.764).

A solicitação dos medicamentos tem validade de dois anos junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Em todo o país, vem crescendo o número de pedidos.  Em 2021, foram deferidos 35.416 pedidos de autorização de importação de canabidiol para uso pessoal, aumento de 189% em relação a 2020.

No ano passado, a Câmara dos Deputados iniciou uma discussão sobre a autorização do cultivo da planta Cannabis sativa no país, para fins medicinais, veterinários, científicos e industriais. A expectativa do mercado é que o comércio possa movimentar R$ 9,5 bilhões de reais.

Em diversos países do mundo, a cannabis é regulamentada e faz parte de diversos estudos científicos no tratamento de variados problemas de saúde (como dor crônica, epilepsia, transtorno de ansiedade, entre outros). Por conta disso, o número de pedidos de importação vem subindo significativamente.

Continue lendo

SAÚDE

Governo se prepara para lançar o maior mutirão de cirurgias da história do Acre

Publicado

em

Por

Com o intuito de diminuir a fila de espera e promover a qualidade de vida daqueles que aguardam uma cirurgia eletiva, o governo do Estado, por meio da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), vem se organizando para lançar nesta terça-feira, 17, o maior mutirão de cirurgias da história do estado na unidade hospitalar.

Governo se prepara para o maior mutirão de cirurgias da história do Acre. Foto: Gleison Luz

Para isso, a Fundhacre vem promovendo uma série de adequações na estrutura do hospital, em Rio Branco. No centro cirúrgico, foi ampliado o número de salas, que passaram de seis para oito, sendo duas exclusivas para mutirão, e realizada a compra de novos equipamentos, que se deu por meio de recursos próprios, equivalentes a R$ 1 milhão.

Apresentação do projeto de mutirão de cirurgias ao governador Gladson Cameli. Foto: Secom

A previsão de duração do mutirão é de seis meses, atendendo mais de cinco mil pessoas nos procedimentos cirúrgicos, nas especialidades de cirurgia-geral, vascular, urologia, ginecologia, cabeça e pescoço, otorrinolaringologia, mastologia e pediatria.

Previsão de duração do mutirão é de seis meses, atendendo mais de 5 mil pessoas. Foto: Gleison Luz

“Este é um momento grandioso e histórico para a saúde pública do Acre, é uma união de serviços, em que a Sesacre e a Fundhacre já vêm realizando mutirões, tanto na capital quanto no interior. Parabenizo todos os trabalhadores da Saúde que estão envolvidos para atender esse pedido do governador Gladson Cameli, em impulsionar o atendimento à população”, afirma o presidente da Fundhacre, João Paulo Silva.

João Paulo Silva: “Momento grandioso e histórico”. Foto: arquivo Fundhacre

Toda a execução do projeto se dá mediante recursos próprios do governo do Estado, oriundos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC), no valor de R$ 15 milhões, juntamente com a emenda parlamentar do senador Márcio Bittar, no valor de R$ 10 milhões, totalizando em R$ 25 milhões.

“Nosso maior objetivo é a qualidade de vida da população, para isso estamos trabalhando junto às instituições de saúde e promovendo mutirões”, afirma o governador Gladson Cameli.

O lançamento do mutirão será na terça-feira, 17, às 10h, na Fundação Hospital Estadual do Acre, próximo ao setor de Nefrologia.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas