Connect with us

POLÍTICA

Marina rebate Márcio Bittar, que acusou ela de tentar atrapalhar o progresso em relação a BR-364

Publicado

em

Uma das características da política brasileira, infelizmente, é a desonestidade intelectual sobre os assuntos que interessam a nossa sociedade. Esta prática de velha política está muito mais evidente na atualidade com as ações do mitômano Bolsonaro e seus aliados. Mas, verdade seja dita, a prática é mais antiga.

Esta semana, um exemplo desta triste prática foi manifestado, em redes sociais, pelo Senador Márcio Bittar e o emedebista tradicional Atevaldo Santana. Ambos afirmam, com diferentes nuanças:

1. Marina, junto com Jorge Viana (na época filiados ao mesmo partido), “foram capazes de fazer de tudo para embargar a obra da BR-364 rumo a Cruzeiro do Sul, enquanto o governador Orleir Cameli tentava fazê-la”.

2. Marina teria feito (com Jorge Viana) campanha difamatória ao ex-senador Nabor Júnior, com o infame jargão “Nabor nunca mais”.

Uma verificação simples dos fatos ocorridos levaria qualquer pessoa intelectualmente honesta a rejeitar tais afirmações e tampouco reproduzi-las. Vejamos.

Sobre a BR 364 (Rio Branco – Cruzeiro do Sul), a ideia que Marina teria realizado ações para o embargo na construção da estrada é uma das mentiras mais sórdidas e torpes já desenvolvidas pela política acreana (hoje seria Fake News) com relativa complacência de parte da imprensa local. Vale relembrar os leitores.

O embargo não foi feito nem por Marina e nem Jorge Viana e sim pelo Ministério Público Federal, em decorrência de várias observações não levadas em consideração no processo de licenciamento da obra, junto aos órgãos competentes pelo governo na época. A mentira difundida foi tão instrumentalizada que muitos líderes locais de Cruzeiro do Sul invadiram o aeroporto daquele município para impedir a aterrisagem de um avião pois supunham que Marina estivesse nele.

Anos depois o líder cruzeirense e acreano César Messias confirmou como a sociedade local foi induzida a esta injustiça. Tanto é verdade que Marina na eleição seguinte foi expressivamente votada na região do Juruá e Jorge Viana eleito governador por duas vezes.

Outro fato que é impossível de ser refutado: foi no governo do Jorge Viana com apoio de emendas de Marina (na época senadora) e a bancada do Acre que a estrada foi construída. Soma-se que quando Ministra de Meio Ambiente (2003/2008) a estrada não sofreu nenhum tipo de embargo; inclusive recebeu o início de construção das importantes pontes sobre os rios do Acre que a cortam. Isso tudo por uma simples razão: foi construída seguindo os processos de licenciamento pelos órgãos ambientais do estado sob a supervisão dos agentes federais na época. Simples assim, seguindo a Constituição e a legislação ambiental brasileira.

Sobre a suposta difamação ao Senador Nabor Junior, é outra distorção da realidade. Todos conhecem os princípios éticos que Marina pratica até hoje. Em qualquer revisita aos jornais da época veremos entrevistas em que Marina sempre declarou “vamos fazer política sem ódio, sem rancor, respeitando os adversários.” Marina foi eleita em primeiro lugar na eleição ao Senado juntamente com Nabor Junior e atuou a favor do Acre de forma republicana e respeitosa.

Por último vale esclarecimentos sobre a Serra do Divisor e a tentativa de cortá-la com uma estrada até Pucalpa, no Peru. A aspiração por esta estrada também é antiga e há especial interesse de parte da sociedade e do empresariado do Juruá e do país vizinho. Como qualquer obra de infraestrutura (como foi o caso da BR 364), deve ser implementada conforme o que rege a legislação brasileira e a nossa Constituição, especialmente os aspectos ligados ao respeito as comunidades indígenas e tradicionais – que também fazem parte de nossa sociedade – a importância econômica e social e a proteção do meio ambiente.

Independente de uma análise mais específica de sua viabilidade econômica, para que a construção desta estrada venha acontecer será necessário levar em conta aspectos técnicos legais, verificar alternativas no seu traçado para não atingir diretamente o parque nacional, respeitar e consultar as comunidades indígenas e tradicionais do seu entorno e mitigar impactos sociais e ambientais que venham prejudicar a economia em médio e longo prazo em favor das futuras gerações. Tudo é possível e viável com estudos e participação democrática. Não levar estes aspectos em consideração demonstra que o senador Márcio Bittar não está minimamente interessado na solução efetiva de uma aspiração social, mas agindo sob a tutela de interesses espúrios e antirrepublicanos que ameaçam o futuro da Serra do Divisor, das comunidades tradicionais e do bem-estar do próprio povo acreano que o elegeu.

A Rede Sustentabilidade, diante destes esclarecimentos, conclama a classe política acreana a elevar o debate político, expondo suas diferenças com honestidade intelectual para que nossa sociedade possa usufruir dos benefícios da democracia e da riqueza de nossa região. Reafirmamos nossa total solidariedade a Marina Silva, acreana que merece o respeito de todos nós, mesmo divergindo de suas convicções, e esperamos que os leitores possam repor a verdade sobre ela e outros caluniados.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ELEIÇÕES

Biomédica que escreveu um livro após vencer a depressão disputa as eleições para deputada federal

Publicado

em

Por

A biomédica Katiany Araújo, de 36 anos, cuja história de superação foi digna de um livro que ela mesma escreveu, o “Acredite em você”, é um dos nomes da lista de candidatos a deputado federal do Republicano no Acre. Depois de passar pela depressão e ir parar em um hospital psiquiátrico, ela deu um start na vida e começou do zero de novo, com projetos ousados, como esse na política, por exemplo. Sua obra literária, por meio da qual detalha seu drama e como o superou, é, segundo ela, o pontapé desse reinício promissor.

Katiany Araújo conta com outros predicados além do enfrentamento que fez a problemas psiquiátricos. Biomédica, mãe, evangélica, certamente será notada na campanha, também, pela beleza.

Para sintonizar sua justificativa para entrar na política com o que se discute nas ruas, Katiany tem na ponta da língua o discurso da hora. “Quero ser a voz que irá representar as mulheres que de alguma forma, sofrem diversos tipos de agressões, sejam elas, física, verbal, psicológica, e aqui sendo um Estado com o maior índice de violência contra a mulher, como o próprio mês de outubro conscientiza, e sendo uma das minhas dores, posso dar minha contribuição a sociedade acreana”, diz.

Continue lendo

ELEIÇÕES

Na Expoacre, Petecão se reúne com empresários, concede entrevistas e recebe apoio popular

Publicado

em

Por

O candidato a governador do Acre pela coligação “Com a Força do Povo”, Sérgio Petecão (PSD), esteve na noite desta sexta-feira (5) no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, visitando a edição da Expoacre deste ano. Acompanhado do candidato a vice-governador Tota Filho (PSD), Petecão se encontrou com autoridades, conversou com empresários, e recebeu cumprimentos da população presente ao evento.

O primeiro compromisso do candidato no local foi um encontro com a diretoria da Federação do Comércio do Estado do Acre (Fecomércio-AC) para apresentar a proposta de plano de governo e discutir com a entidade a atual situação social e econômica do Acre. Uma das principais demandas que o futuro governo do Acre terá que atender é o estímulo ao desenvolvimento econômico e bem-estar social, já que pelo menos 43% da população do estado vive em estado de pobreza ou abaixo dessa linha.

“Eu tenho dito que o Acre não pode mais errar, nós temos que encontrar formas de gerar trabalho e renda para a população desse estado. Todos os dias eu me deparo com pessoas me pedindo emprego, outras indo embora do estado, alguns levando a família, porque aqui ninguém encontra oportunidade, nós temos que nos unir para reverter essa situação, e nós temos o compromisso de trabalhar muito para melhorar a vida das pessoas”, enfatiza Petecão.

Durante o encontro com o presidente da Fecomércio, o empresário Leandro Domingues, Petecão e Tota Filho entregaram a ele uma cópia da proposta de plano de governo. “Você pode ter certeza que qualquer um que assumir esse governo e quiser fazer parceria com as nossas instituições, as nossas ações poderão se alargar muito mais, porque o nosso objetivo é sempre o mesmo. Nós trabalhamos sempre para criar melhores condições de vida para o nosso povo”, garantiu Domingues.

A Federação do Comércio do estado do Acre é uma entidade ligada ao Sistema S, e desenvolve inúmeras ações sociais na área de saúde e educação, muitas delas oferecidas pelo Sesc, instituição ligada a Fecomércio e mantida pela contribuição de trabalhadores do comércio e do setor de serviços do Acre.

Após a reunião com a diretoria da Fecomércio, Petecão e Tota Filho concederam entrevistas aos veículos de comunicação que fazem a cobertura da Expoacre. Um dos stands visitados foi o do site de notícias Contilnet, onde os candidatos participaram de uma transmissão ao vivo e puderam falar sobre a candidatura e as propostas de governo.

“Penso que este espaço do Parque de Exposições pode ser melhor aproveitado durante o ano inteiro, e nossa proposta é fazer isso em nosso governo, criar eventos aqui e oferecer atividades que possam movimentar mais a nossa economia”, defendeu o candidato Tota Filho ao fazer uma avaliação do evento.

Depois de atender a imprensa, Petecão e Tota Filho caminharam por todo o Parque de Exposições, onde conversaram com empresários, microempreendedores e o povo em geral. Durante a caminhada, por diversas vezes, os candidatos foram abordados por populares, que manifestaram apoio à chapa e fizeram questão de posar para fotos com os dois candidatos.

[Assessoria]

Continue lendo

ELEIÇÕES

Em discurso, Gladson afirma que participará de todos os debates durante a campanha

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Rede Social

Durante discurso proferido na noite de ontem (06) no Ginásio do Sesc Bosque, palco da convenção do PP, o governador Gladson Cameli (PP), chancelado como candidato à reeleição, afirmou que não vai se curvar aos debates durante a campanha eleitoral.

A fala aconteceu após fazer um balanço das principais ações do seu governo. Ele citou sobre o pagamento em dia dos servidores públicos, bem como das ações de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Entre uma fala e outra, Cameli disse que não tem problemas com quem não esteve presente no evento. 

“Irei participar de todos os debates que tiverem! Eu não me curvarei a qualquer insulto porque a resposta está aqui [apontando para a plateia] e não com alguém que não enxerga um palmo do nariz. Eu não tenho problemas com quem não está aqui agora”, discursou.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas