Connect with us

POLÍCIA

O dia do Dragão: começa o julgamento de Marcos Lindoso, apontado como líder de uma organização criminosa

Publicado

em

A sessão é realizada nesta quarta-feira, 11, na 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar, no Fórum Criminal. Apontado como a principal liderança de uma organização criminosa, Marcos da Cunha Lindoso, o “Dragão”, será julgado pelo assassinato de Maycon da Silva Pereira.

Maycon Louco, como era conhecido, foi executado a tiros na tarde de 17 de março de 2016. O crime aconteceu na casa da vítima, localizada na Rua Edmundo Pinto, na Sapolândia, região do Distrito Industrial, em Rio Branco.

Consta na denúncia do Ministério Público do Acre que Marcos Lindoso, foi quem autorizou a execução de Maycon. A vítima foi assassinada pelos membros da própria organização criminosa, por descumprir uma ordem e agredir a própria esposa, Brenda Monteiro da Silva.

Em 2020, nove denunciados pelo crime foram absolvidos da acusação em júri popular. O advogado Romano Gouveia, que atua na defesa de Lindoso, questionou as provas apresentadas na denúncia. “Já houve absolvição de nove denunciados e as provas não apontam a participação do meu cliente”, disse Gouveia.

Material apreendido, em 2018, durante a prisão em São Paulo

Marcos da Cunha Lindoso, que teve o processo desmembrado dos outros réus, foi preso em dezembro de 2018 durante uma operação da Polícia Civil em São Paulo. Dragão andava em um caso blindado e vivia, segundo a polícia, uma vida de luxo. No ato da prisão, Lindoso portava 50 explosivos, além de documentos falsos.

Há cerca de um mês e meio, o réu foi transferido de um presídio de São Paulo para Rio Branco. A previsão é de um júri longo e polêmico.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Polícia Militar realiza solenidade de aniversário nos 26 anos do Bope no Acre

Publicado

em

Por

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) comemorou nesta sexta-feira, 12, seus 26 anos de existência, com uma solenidade na sede da companhia.

Pertencente à Polícia Militar do Acre (PMAC), o Bope é o braço especializado do Estado que atua em situações de alto risco em todo o Acre.

“A polícia me faz sentir em casa. Quero expressar a minha gratidão a cada um dos policiais do Bope, é uma instituição que honra o nosso Acre. A nossa preocupação enquanto Estado é sempre garantir a segurança da população”, frisou o governador.

Ao longo do evento foram realizadas homenagens póstumas aos ex-integrantes do Bope, e condecorações.

“Temos muito a comemorar hoje, são 26 anos de serviços prestados à população por uma instituição tão honrosa como é o Bope”, contou o comandante do batalhão, tenente-coronel Rômulo Modesto.

Na ocasião, o governador Gladson Cameli também recebeu uma homenagem pelo apoio dado à Segurança Pública, assim como o dispositivo de honra.

“Essa unidade é diferenciada e tem nos honrado muito com os serviços prestados à população. São profissionais que treinam e se dedicam muito em suas obrigações”, afirmou o comandante-geral da PMAC, coronel Luciano Dias.

O fim da solenidade foi marcado pelo tradicional desfile dos policiais do batalhão especial ao som da banda de música da Polícia Militar.

Também participaram da solenidade recebendo homenagens, o secretário de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Cirleudo Alencar; o titular da Secretaria de Segurança (Sejusp), coronel Paulo Cézar Santos; o juiz de Direito titular da segunda vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar da Comarca de Rio Branco, Alesson Santos; o comandante do 4º BIS, coronel Guilherme Naves; e o comandante do 7º BEC, tenente-coronel Breno Brito, além da defensora pública-geral, Simone Santiago.

Continue lendo

POLÍCIA

Polícia Militar prende em Rio Branco acusado de matar o próprio pai com tiro de espingarda

Publicado

em

Por

O foragido da Justiça do Acre Jhonatan Lima da Silva, de 29 anos, foi preso por policiais militares em Rio Branco. A ação da PM ocorreu na noite de quinta-feira, 11, no bairro Tancredo Neves. Jhonatan Lima teve a prisão preventiva expedida pelo Juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar, Alesson Braz.

O preso é acusado pelo crime de homicídio. A vítima, João Batista Gomes da Silva (foto), de 54 anos, que era pai do acusado. O crime aconteceu na noite de 7 de julho de 2019 em uma propriedade rural localizada no quilômetro 6 da Estrada de Porto Acre, zona rural de Rio Branco.

Na época, Jhonatan disse que teria confundido o pai com um assaltante, já que o local estava muito escuro. Só depois fazer o disparo o acusado descobriu que a vítima era seu pai. Logo em seguida ele fugiu.

Depois de ouvido na sede da Delegacia de Flagrantes, Jhonatan Lima foi encaminhado ao presídio.

Continue lendo

POLÍCIA

Construção de novo posto policial em Puerto Evo Morales potencializa o combate a crimes transfronteiriços na região do Baixo Acre

Publicado

em

Por

Em consonância com deliberações do Comitê Integrado de Fronteira, instituído por meio de carta de intenções, na cidade de Santa Cruz de La Sierra, em abril deste ano, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), representada pelo seu coordenador de Integração Operacional, coronel Glayson Dantas, e pelo coordenador-geral do Gefron-AC, coronel Evandro Bezerra, participou, na tarde desta sexta-feira, 12, em Puerto Evo Morales (Bolívia), da apresentação do projeto de construção do novo posto policial na entrada daquela cidade.

De acordo com comandante departamental de Pando, o coronel da Polícia Nacional da Bolívia (PNB) Julio Monroy, “a segurança na Vila de Puerto Evo vai aumentar consideravelmente, inclusive com mais efetivo policial e uma viatura nova, exclusiva para o posto”. O engenheiro responsável pelo projeto afirmou que em 60 dias começa a construção do posto, situado logo na saída da ponte que liga a cidade boliviana com o município de Plácido de Castro, no Acre.

Durante o evento, os representantes da Sejusp confirmaram, para a próxima semana, o início das operações integradas das forças de segurança do Acre com a Polícia Nacional da Bolívia, com o propósito de prevenir e reprimir a prática de crimes transfronteiriços na região. 

Do ato, além das autoridades policiais bolivianas, também participaram o comandante 4° BPM, capitão Freitas, o comandante da Companhia Independente de Plácido de Castro, tenente J. Ferreira, moradores e comerciantes das duas cidades fronteiriças. 

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas