Connect with us

POLÍCIA

PF faz operação nesta manhã em Senador Guiomard com 16 mandados de prisão contra crime organizado

Publicado

em

Por Ascom/Foto: Reprodução

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado – FICCO, composta pela Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar deflagrou nesta quarta-feira (19/05) a Operação TABULEIRO II, em continuidade às ações operacionais direcionadas contra facções criminosas atuantes no narcotráfico e crimes violentos que operam dentro e fora do sistema prisional do estado do Acre.

A operação conta com policiais federais e civis, que cumprem 18 ordens judiciais expedidas pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas de Rio Branco, sendo 02 de busca e apreensão domiciliar e 16 de prisão preventiva.

Os mandados foram cumpridos nos municípios de Senador Guiomard, Cruzeiro do Sul, Rio Branco e Guajará-Mirim/RO. Os investigados exerciam relevantes funções na facção sendo considerados lideranças regionais.

Essa é a segunda fase da operação Tabuleiro. Na primeira, deflagrada em 30/07/2020, já haviam sido cumpridos 52 mandados judiciais sendo 16 mandados de busca e apreensão e 36 de prisão preventiva em face de membros da mesma Organização Criminosa, atuantes na cidade de Rio Branco-AC.

Na operação de hoje, a FICCO mirou a desarticulação de uma célula da facção criminosa com atuação predominante no município de Senador Guiomard-AC. A maioria dos indivíduos presos já respondiam por delitos graves como roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Agora, serão indiciados pelo crime de integrar organização criminosa (artigo 2º da Lei 12.850/2013).

A ação faz parte da estratégia da FICCO-AC em combater as facções através do trabalho conjunto entre as forças de segurança pública e justiça criminal (Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Ministério Público-GAECO).

A operação conduzida pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Acre foi chamada de “Tabuleiro” – que na linguagem da facção investigada significa uma espécie de cadastro e identificação dos membros que integram a organização criminosa.

A FICCO reforça que a atual pandemia não afetou as investigações e ações nos crimes de sua atribuição, mas que esta diligência policial foi cumprida em total observância às orientações da ANVISA, sobretudo o uso de equipamentos de proteção individual para resguardar a saúde dos policiais e dos investigados.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado – FICCO, composta pela Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar deflagrou nesta quarta-feira (19/05) a Operação TABULEIRO II, em continuidade às ações operacionais direcionadas contra facções criminosas atuantes no narcotráfico e crimes violentos que operam dentro e fora do sistema prisional do estado do Acre.

A operação conta com policiais federais e civis, que cumprem 18 ordens judiciais expedidas pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas de Rio Branco, sendo 02 de busca e apreensão domiciliar e 16 de prisão preventiva.

Os mandados foram cumpridos nos municípios de Senador Guiomard, Cruzeiro do Sul, Rio Branco e Guajará-Mirim/RO. Os investigados exerciam relevantes funções na facção sendo considerados lideranças regionais.

Essa é a segunda fase da operação Tabuleiro. Na primeira, deflagrada em 30/07/2020, já haviam sido cumpridos 52 mandados judiciais sendo 16 mandados de busca e apreensão e 36 de prisão preventiva em face de membros da mesma Organização Criminosa, atuantes na cidade de Rio Branco-AC.

Na operação de hoje, a FICCO mirou a desarticulação de uma célula da facção criminosa com atuação predominante no município de Senador Guiomard-AC. A maioria dos indivíduos presos já respondiam por delitos graves como roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Agora, serão indiciados pelo crime de integrar organização criminosa (artigo 2º da Lei 12.850/2013).

A ação faz parte da estratégia da FICCO-AC em combater as facções através do trabalho conjunto entre as forças de segurança pública e justiça criminal (Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Ministério Público-GAECO).

A operação conduzida pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Acre foi chamada de “Tabuleiro” – que na linguagem da facção investigada significa uma espécie de cadastro e identificação dos membros que integram a organização criminosa.

A FICCO reforça que a atual pandemia não afetou as investigações e ações nos crimes de sua atribuição, mas que esta diligência policial foi cumprida em total observância às orientações da ANVISA, sobretudo o uso de equipamentos de proteção individual para resguardar a saúde dos policiais e dos investigados.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Homem é preso com mais de 43 kg de cocaína em carro que seguia do Acre para Rondônia

Publicado

em

Por

A Polícia Rodoviária Federal abordou um veículo Renault Duster que transportava mais de 43kg de cocaína.

A equipe estava em ronda quando abordou um veículo que seguia para Rondônia. O motorista ignorou a ordem de parada dos policiais e seguiu viagem sendo acompanhado pela viatura até o Posto Fiscal da Tucandeira. Os policiais decidiram encaminhar o condutor e o veículo até a Unidade Operacional da PRF no km 115 da BR 364 para uma vistoria.

Foram encontrados 43,2kg de cocaína em 45 tabletes que estavam escondidos em um compartimento do porta malas do veículo.

O homem foi preso e encaminhado para a Polícia Civil da cidade.

Continue lendo

POLÍCIA

Promotor Efrain Mendoza pede a condenação de Ícaro e Alan pela morte de Jonhliane

Publicado

em

Por

Durante a acusação no plenário da 2ª Vara do Tribunal do Júri, o Promotor de Justiça Efrain Mendoza (foto) pediu a condenação dos réus Ícaro Pinto e Alan Araújo. Logo no início, o representante do MP fez um paralelo entre a vítima e os acusados.

“Eles são sustentados pelos pais. Têm carros de luxo. A Jonhliane não. Ela era a responsável pelo próprio sustento e ainda o da mãe. A moto em que ela seguia para o trabalho foi comprada em suaves e muitas prestações. A vítima, em pleno feriado, estava indo trabalhar. Os réus voltavam de uma balada no raiar do dia. A culpa é evidente, clara”, disse Mendonza.

Continue lendo

POLÍCIA

Caso Jonhliane Paiva: réus serão interrogados nesta quarta-feira

Publicado

em

Por

Os réus Ícaro Pinto e Alan Araújo, denunciados pela morte jovem Jonhliane Paiva, serão interrogados na manhã desta quarta-feira, 18. A confirmação foi feita pelo juiz Alesson Braz (foto) ao encerrar o primeiro dia de sessão. Logo após começarão os debates entre acusação e defesa.

O Promotor Efrain Mendonza terá o prazo inicial de uma hora e meia para apresentar a acusação contra os réus. O mesmo tempo será disponibilizado para os advogados de defesa

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas