Connect with us

POLÍCIA

PF realiza nesta quinta fase dois da Operação Assepsia, que investiga fraude em compras de EPIs pela prefeitura da capital

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (15), em Rio Branco (AC), a Operação Assepsia II. O trabalho é realizado em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU). O objetivo é apurar fraudes na aquisição de máscaras e álcool em gel pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), para enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Investigações

A investigação é um aprofundamento da Operação Assepsia, deflagrada em 10 de junho de 2020 para apurar indícios de montagem processual, simulação de pesquisas de preços, falsidade de assinaturas e sobrepreço na contratação. O cumprimento dos mandados judiciais revelou provas contundentes que podem confirmar os indícios investigados, principalmente o direcionamento da contratação e o prejuízo causado ao erário.

A análise das evidências apreendidas expôs a atuação de um grupo empresarial oculto que teria obtido os lucros com a venda dos insumos para a Administração Pública, além de planilhas e documentos que mostram a divisão e o pagamento dos valores. Há também indícios de que 10% do valor total do contrato foi destinado ao pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos.

Com o aprofundamento das análises iniciadas na primeira fase, a CGU atualizou o cálculo do prejuízo causado à Administração, usando como base o preço de custo dos insumos adquiridos pela empresa. Considerando uma margem de lucro não exorbitante, o prejuízo efetivo com a dispensa de licitação seria de R$ 1.239.140,56, o que corresponde a 44,95% do total de R$ 2.756.885,00 destinados pela SEMSA à empresa.

Diligências

A Operação Assepsia II cumpre sete mandados de busca e apreensão nos estados do Acre, Rondônia e São Paulo. Seis pessoas foram intimadas para prestarem esclarecimentos. Os trabalhos contam com a participação de 46 policiais federais e 03 auditores da CGU.

Crimes investigados

Os envolvidos estão sendo investigados pelos crimes de peculato (art. 312), associação criminosa (art. 288), corrupção passiva (art. 317), corrupção ativa (art. 333) e falsidade ideológica (art. 299, todos do Código Penal, além de dispensa indevida de licitação (art. 89 da Lei 8.666/93) e lavagem de dinheiro (art. 1° Lei n. 9.613/98)

O nome da operação está relacionado à estimativa de consumo do órgão para consumo de 70.000 litros de álcool gel em apenas quatro meses. Com isso, precisariam ser consumidos mais de 580 litros do produto por dia, quantidade suficiente para desinfectar uma grande quantidade de pessoas.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Policiais da DHPP prendem foragido da Justiça no Aroreira

Publicado

em

Por

Eliseu Dossimo Ferreira foi preso no início tarde desta quarta-feira 15. O mandado de prisão preventiva foi cumprido por investigadores da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.

A ação dos agentes da DHPP ocorreu no residencial Aroeira, no Bairro Calafate, logo depois o acusado foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes.

Eliseu Dossimo foi preso pela primeira vez em 2018 durante uma ação conjunta da Policia Civil e do Batalhão de Operações Especiais, realizada no município do Bujari.

De acordo com informações após cumprir parte da pena, Eliseu Dossimo passou a ser monitorado por tornozeleira eletrônica, mas depois rompeu o equipamento.    

O preso é investigado também por integrar organização criminosa. No momento da prisão o acusado apresentou o nome de um irmão, mas a farsa foi descoberta pelos investigadores da DHPP.

Continue lendo

POLÍCIA

Membro de facção que pichava muros e amedrontava a população do Bairro Vila Acre é preso em flagrante

Publicado

em

Por

Ascom/PCAC

Na manhã desta quarta-feira, dia 15 de setembro, a Polícia Civil, através do trabalho da equipe de investigação da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, prendeu E. S. C., de 30 anos.

A ação policial iniciou-se após a apuração de denúncias indicando que no bairro Vila Acre havia um sujeito, integrante de organização criminosa, o qual traficava drogas e aterrorizava a população por meio de pichações intimidadoras.

Após as diligências iniciais, foi descoberto o local exato em que o suspeito se encontrava, ocasião em que agentes de polícia se deslocaram até o endereço levantado e identificaram o suspeito de posse de pequena quantidade de drogas e uma lata de spray.

Diante da situação, foi dada voz de prisão em flagrante ao suspeito, sendo este conduzido até a Delegacia de Flagrantes para a adoção dos trâmites cabíveis.

Continue lendo

POLÍCIA

Após violar tornozeleira, foragido é preso em Rio Branco

Publicado

em

Por

Ascom/PCAC

Na manhã desta quarta-feira, 15, a Polícia Civil por meio do Núcleo de Capturas (NECAP) prendeu o foragido da justiça J. D. M. R., de 25 anos. A prisão do foragido ocorreu em uma residência localizada na Rua Santa Inês, Bairro Santa Inês, em Rio Branco.

O acusado cumpria pena em regime aberto monitorado de sete anos e quatro meses, porém, ao violar o equipamento de monitoramento, passou para a condição de foragido da justiça. O apenado responde processo já transitado e julgado pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e falsidade ideológica.

Após receber voz de prisão o acusado foi conduzido à delegacia para procedimento de praxe e em seguida colocado à disposição da justiça.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia