Connect with us

POLÍCIA

Justiça decreta prisão preventiva de policiais penais que tentaram entrar com drogas e cartas no presídio

Publicado

em

Os policiais penais Francisco Jeferson Gomes e Genildo Gabriel da Silva tiveram as prisões preventivas decretadas. A decisão foi do Juiz Alesson Bráz durante a audiência de custódia realizada no último sábado, no Fórum Criminal. Como os agentes de segurança foram indiciados por crimes diferentes, as audiências aconteceram separadas.

Francisco Jeferson, conhecido como o “o senhor das armas”, foi indiciado na sede da DENARC pelos crimes de tráfico de drogas, com causas de aumento, por ser servidor público e ter praticado o crime nas instalações do presídio. Enquanto Genildo Gabriel foi indiciado na DECCO por promover organização criminosa já que, segundo a polícia, ele levava informações de fora da cadeia para membros de uma facção.

Ao decretar a prisão de Francisco Jeferson, o juiz disse que “a conversão da prisão em flagrante em preventiva, faz-se necessária para a garantia da ordem pública”. O magistrado também levou em conta anotações e depósitos bancários encontrados na casa de Francisco Jeferson.

Em relação ao policial penal Genildo Gabriel, flagrado com cartões de memórias contendo informações de presos, drogas, cartas e bilhetes, o juiz relatou que “diante da gravidade concreta do crime e do comportamento reprovável do agente público, torna-se necessário, a decretação da medida cautelar”. O decretado Pedro Vinicius da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas, A DECCO, disse que a investigação terá sequência.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Membros do “Tribunal do Crime” são condenados a mais de 50 anos de prisão

Publicado

em

Por

Ivan de Souza Silva, conhecido como Asfarc, e Davi Rodrigues de Souza, o Juramento, foram condenados a mais de 50 anos de prisão por homicídio. A decisão foi do Conselho de Sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri, em sessão realizada nesta terça-feira, 3, no Fórum Criminal.

Asfarc e Juramento foram considerados culpados pela execução do jovem Ronaldo Ribeiro de Lima, de 20 anos. Ronaldo foi assassinado em 24 de maio do ano passado em uma área de mata no Ramal do Rodo.

Consta na denúncia que a vítima foi sequestrada, interrogada, torturada e depois assassinada a golpes de faca. O corpo de Ronaldo foi encontrado no dia seguinte com as mãos e os pés amarrados. O jovem teve a morte decretada pelo “Tribunal do Crime” após os acusados suspeitarem que a vítima integrava uma facção rival.

Ivan de Souza recebeu a maior pena: 26 anos e 6 meses de prisão em regime fechado. Enquanto Davi Rodrigues foi condenado a 24 anos. Na mesma decisão, a juíza Luana Campos negou aos réus o direito de recorrer da sentença em liberdade.

Continuar lendo

POLÍCIA

Helicóptero do CIOPAER faz resgate de vítima com traumatismo craniano de Xapuri para Rio Branco

Publicado

em

Por

Na manhã desta terça-feira, 03, a equipe do Corpo de Bombeiros em Xapuri, 8° Batalhão, decolou com destino ao seringal primavera, para atendimento de vítima de trauma de queda de árvore. Antes de chegar ao local indicado, na altura do quilômetro quinze do ramal do São João do Guarani, a guarnição encontrou a vítima.

Aldo Correia Dias, 37 anos, a vítima vinha sendo transportada em uma caminhonete em direção ao hospital da cidade. A vítima encontrava-se com um corte na cabeça, inconsciente, respirando e com pulso. Os bombeiros militares realizaram os primeiros socorros e encaminharam ao Hospital Epaminondas Jácome.

Identificada a gravidade da vítima, foi necessário o transporte aéreo, realizado pela equipe do CIOPAER (centro integrado de operações aéreas do Acre sob o comando do TC Negreiros, para o Pronto Socorro da Capital.

Continuar lendo

POLÍCIA

Polícia Civil prende dois e apreende arma de fogo em comunidade isolada em Sena Madureira

Publicado

em

Por

Ascom/PCAC

Ao final da semana passada, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Geral de Sena Madureira, deu cumprimento a três mandados judiciais em uma comunidade isolada localizada no Seringal Tabatinga as margens do Rio Iaco, zona rural do município e prendeu T. S. O. de 21 anos e A. R. S. O. de 19 anos pela pratica de roubo, porte ilegal de arma de fogo e grave ameaça.

Os mandados, dois de prisão e um de busca e apreensão, foram cumpridos na localidade onde os indivíduos estavam cometendo vários delitos. Uma das vítimas, um idoso que teve seus pertences e dinheiro subtraídos pelos investigados, viajou cerca de 4 dias de viagem e se dirigiu a delegacia do município onde registrou o boletim de ocorrência.

Na denúncia o idoso relatou que havia sido roubado pela dupla em R$ 1.700,00 além de parte da mercadoria avaliada em R$ 300,00 foi roubada do estabelecimento comercial de sua propriedade na localidade. Além de ser roubado o idoso relatou também que vinha sofrendo ameaças de morte.

Diante dos fatos, o delegado Leonardo Meyohas Neves, montou equipe de agentes e de posse dos mandados se dirigiu a localidade onde efetuou a prisão dos mesmos, além de apreender uma arma de fogo com 14 cartuchos deflagrados e 4 recarregados.

Na localidade, várias testemunhas foram ouvidas onde relataram de forma unanime que a dupla vinha aterrorizando as pessoas e tirando a paz da comunidade.

De acordo com o delegado Leonardo Meyohas onde for necessário a policia Civil estará presente.

“A Policia Civil do Acre estará sempre presente na manutenção da segurança pública objetivando desempenhar seu papel de polícia judiciária, apurando, investigando e representando contra aqueles que tentam retirar a paz social”, reiterou Delegado Leonardo.

Presos, os investigados foram conduzidos à delegacia para lavratura de auto de prisão em flagrante e em seguida colocados à disposição da justiça.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia