Connect with us

POLÍCIA

MPAC e PM realizam operação e prendem membros de facção que “invadiram” Cidade do Povo

Publicado

em

26 de abril de 2021

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em conjunto com a Polícia Militar, deflagrou durante o final de semana a Operação Oppidum Populi, que tem por objetivo a prisão de integrantes de uma facção criminosa responsável pelos ataques registrados no conjunto habitacional Cidade do Povo, no dia 05 de abril.

Um grupo de criminosos armados com armas de grosso calibre invadiu as ruas do bairro e efetuou vários disparos contra rivais, deixando uma pessoa morta e outras feridas. Após intenso trabalho investigativo foram identificadas através de filmagens e cruzamentos de bases de dados sete pessoas entre executores e mandantes da ação.

Segundo o promotor de Justiça Bernardo Albano, coordenador-adjunto do Gaeco, a operação teve início no sábado e nesta segunda outras duas pessoas foram presas.

Foram expedidos 9 mandados de prisão e de busca e apreensão pela Vara de Delitos de Organização Criminosa e a operação está em andamento.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Justiça decreta prisão preventiva de policiais penais que tentaram entrar com drogas e cartas no presídio

Publicado

em

Por

Os policiais penais Francisco Jeferson Gomes e Genildo Gabriel da Silva tiveram as prisões preventivas decretadas.

A decisão foi do Juiz Alesson Bráz durante a audiência de custódia, realizada no último sábado, no Fórum Criminal.

Como os agentes de segurança foram indiciados por crimes diferentes, as audiências aconteceram separadas.

Francisco Jeferson, conhecido como o “o senhor das armas”’, foi indiciado na sede da DENARC pelos crimes de tráfico de drogas, com causas de aumento, por ser servidor público e ter praticado o crime nas instalações do presídio.

Enquanto Genildo Gabriel – foi indiciado na DECCO por promover organização criminosa já que, segundo a polícia, ele levava informações de fora da cadeia para membros de uma facção.

Ao decretar a prisão de Francisco Jeferson, o juiz disse que “ A conversão da prisão em flagrante em preventiva, faz-se necessária para a garantia da ordem pública”, disse um trecho da decisão.

O magistrado também levou em conta anotações e depósitos bancários encontrados na casa de Francisco Jeferson.

Em relação ao policial penal Genildo Gabriel, flagrado com cartões de memórias contendo informações de presos, drogas, cartas e bilhetes, o relatou que “Diante da gravidade concreta do crime e do comportamento reprovável do agente público, torna-se necessário, a decretação da medida cautelar”. O decretado Pedro Vinicius da Delegacia de Combate as Ações Criminosas Organizadas, A DECCO, disse que a investigação terá sequência.

Continuar lendo

POLÍCIA

Detento é baleado após tentativa de fuga em massa no presídio

Publicado

em

Por

Um grande aparato de policiais penais realiza uma verdadeira varredura nas proximidades do maior Complexo Penitenciário do Estado. A intenção é recapturar um detento que conseguiu fugir da unidade na madrugada desta terça-feira, 15.

Segundo informações oito detentos do pavilhão “P” tentaram escapar. Mas o plano de fuga foi interceptado por uma equipe de policiais penais. Na ação seis presos foram detidos, um foi baleado e o oitavo conseguiu escapar.

O preso baleado foi socorrido pela ambulância de suporte avançado do Samu e encaminhado ao pronto socorro de Rio Branco. Segundo informações o detento, que não teve o nome revelado, foi submetido a uma cirurgia de emergência

Continuar lendo

POLÍCIA

Polícia Civil do Acre participa de Operação do Exército Brasileiro na fronteira

Publicado

em

Por

Ascom/PCAC

Na tarde desta segunda-feira, 14, a Polícia Civil dos municípios de Xapuri, Brasileia e Epitaciolândia participou da operação “Curare” deflagrada pelo Exército Brasileiro nas regiões de fronteira. A operação do Exército Brasileiro contou com a participação da Polícia Civil, Polícia Penal, Polícia Militar e do Instituto de Defesa Animal e Florestal (IDAF).

No decorrer dos trabalhos operacionais das forças de segurança foram realizadas barreiras, abordagens veiculares e vistorias de controle de tráfego no sentido de coibir a criminalidade nos municípios citados. Em Brasileia, a Polícia Civil prendeu A. G. dos S., de 29 anos, foragido da Justiça que tinha três mandados de prisão em aberto pelo cometimento dos crimes de homicídio, roubo e rompimento de tornozeleira eletrônica. Os crimes foram cometidos ainda em novembro de 2020.

A participação da Policia Civil se deu também na operação “Narco Brasil”, que visa, sobretudo, o combate ao tráfico de entorpecentes nas regiões fronteiriças.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas