Connect with us

POLÍCIA

Polícia Civil alerta sobre golpe praticado em redes sociais de Lojistas

Publicado

em

Ascom/Policia Civil do Acre

É cada vez mais comum as pessoas se utilizarem das redes sociais para divulgar sua empresa e vender seus produtos de maneira fácil, rápida e com custo bem reduzido para tal fim. Entretanto, é necessário que se tome alguns cuidados, alguns golpistas se utilizam desses canais de vendas para ludibriar suas vítimas e ganhar dinheiro de forma desonesta. O texto a seguir traz detalhes que podem fazer toda diferença na hora de adquirir qualquer produto via canais de rede social de compra e venda.

O lojista deve ter muito cuidado ao efetuar compras de produtos anunciados na internet (OLX, Facebook, Instagram, etc.) com valores atraentes, pois os golpistas estão atuando nessa área também.  Embora faça a atenção para os lojistas, esse golpe pode acontecer com qualquer pessoa que adquira produtos pela internet.

E como ocorre esse golpe?

– O estelionatário publica um anúncio de venda na internet com valores de produtos bem atraentes;

– A vítima, vislumbrada com os valores, faz contato com o suposto vendedor; normalmente esse contato, esse diálogo fica apenas por meio de aplicativos de mensagens, como por exemplo o WhatsApp, Messenger, Direct, Telegram, etc.; não há um contato direto ou ao menos uma chamada de vídeo para você saber com quem está falando e tirar print da imagem, do rosto do suposto vendedor;

– O suposto vendedor negocia com o lojista ou qualquer comprador apenas por meio do WhatsApp, Messenger, Direct, Telegram ou qualquer outro aplicativo de mensagens;

– Acertam a quantidade de produto desejada pelo lojista ou pelo comprador e fecham os valores e a forma de pagamento, o qual pode ser por meio de transferência, PIX, depósito ou mesmo pagamento de boleto;

– A vítima transfere, faz PIX ou deposita a quantia ajustada para a conta bancária do golpista que, em regra, fica em outro município ou estado, ou ainda efetua o pagamento do valor negociado através de boleto, caindo em outro golpe que já vimos no programa, o do boleto falso;

Percebam que, por vezes, as modalidades de golpes se comunicam.

Quais são as medidas de prevenção que devemos ter?

1) Sempre que for realizar uma compra pela internet anote a URL (link), o qual está na barra de endereçamento do seu navegador de internet; eventual nome do perfil do usuário da rede social ou do serviço prestado pelos sites de compra e venda; o número do telefone, e-mail e qualquer outro dado que apareça no anúncio de venda do produto;

2) Nunca negocie a aquisição ou venda de produtos apenas por mensagens de texto – fale por telefone e vídeo chamada, gravando as conversas por meio de aplicativos que encontramos no play store (para celulares android) ou apple store (para celulares IOS);

3) Além de gravar o diálogo de áudio ou mesmo vídeo chamada, tire prints do histórico da chamada e, também, de eventual conversa realizada através de textos (nunca converse apenas por mensagens de texto);

4) Desconfie se no anúncio consta uma empresa e o vendedor envia dados de uma pessoa física;

5) Sempre solicite o CNPJ da empresa e, sendo pessoa física, peça o CPF, realizando as pesquisas dos respectivos números e nomes no Google e, também, no site da Receita Federal;

6) Antes de efetuar qualquer transferência ou depósito, pesquise o número da agência no Google e verifique em qual município e estado a agência bancária está sediada;

7) Compare a sede dessa agência bancária com o endereço da empresa ou da pessoa física pesquisada por você no Google e no site da Receita Federal;

8) Se houver divergência, não efetue a transação bancária e prefira comprar o produto de sites confiáveis.

Agora, caso você tenha sido vítima, você deve:

1) Fazer contato IMEDIATO com o seu banco para tentar bloquear o valor enviado ao golpista;

2) Separe as gravações de áudios e vídeos que você fez durante a negociação com o golpista;

3) Tire print do extrato de ligações, de áudio e/ou vídeo, e de eventual diálogo mantido por meio de texto com o estelionatário;

4) Anote o dia, hora e local em que você estava quando conversou com o golpista;

5) Procure uma Delegacia de Polícia Civil e registre um Boletim de Ocorrência, apresentando as gravações, os prints, o comprovante de transferência, PIX, depósito ou do pagamento de boleto, e ainda a URL (link), o nome do perfil, o número do telefone, o e-mail e demais dados que aparecia no anúncio.

Todo cuidado é pouco!

Sempre desconfie de valores atraentes!

Tenha em mente que o barato pode custar caro!

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INTERIOR

Bombeiros encontram corpo de adolescente que tentou cruzar rio Tarauacá a nado

Publicado

em

Por

O corpo do adolescente João Pedro de Sousa Leandro, de 17 anos, foi achado no final da manhã desta segunda-feira (14) por bombeiros de Tarauacá. O rapaz estava desaparecido desde a tarde desse domingo (13) quando tentou atravessar o Rio Tarauacá, interior do Acre, a nado.

Amigos do rapaz relataram que estavam nadando no manancial quando resolveram atravessar. Foi então que ao chegarem do outro lado, eles perceberam que o adolescente tinha sumido.

O cadáver de João Pedro foi achado no fundo do leito do rio, segundo o comando do Corpo de Bombeiros. “Estava próximo do local onde sumiu. O rio tem bastante galhos, mas foi achado no fundo do leito mesmo”, explicou o Corpo de Bombeiros de Tarauacá, tenente Jailton Figueiredo.

As equipes iniciaram as buscas logo após o acionamento. Ao chegar a noite, os trabalhos foram suspensos e retornaram na manhã desta segunda.

Adolescente morreu afogado no Rio Tarauacá e corpo foi achado nesta segunda-feira (14) — Foto: Arquivo pessoal

Com informações do G1.

Continuar lendo

POLÍCIA

Justiça decreta prisão preventiva de policiais penais que tentaram entrar com drogas e cartas no presídio

Publicado

em

Por

Os policiais penais Francisco Jeferson Gomes e Genildo Gabriel da Silva tiveram as prisões preventivas decretadas.

A decisão foi do Juiz Alesson Bráz durante a audiência de custódia, realizada no último sábado, no Fórum Criminal.

Como os agentes de segurança foram indiciados por crimes diferentes, as audiências aconteceram separadas.

Francisco Jeferson, conhecido como o “o senhor das armas”’, foi indiciado na sede da DENARC pelos crimes de tráfico de drogas, com causas de aumento, por ser servidor público e ter praticado o crime nas instalações do presídio.

Enquanto Genildo Gabriel – foi indiciado na DECCO por promover organização criminosa já que, segundo a polícia, ele levava informações de fora da cadeia para membros de uma facção.

Ao decretar a prisão de Francisco Jeferson, o juiz disse que “ A conversão da prisão em flagrante em preventiva, faz-se necessária para a garantia da ordem pública”, disse um trecho da decisão.

O magistrado também levou em conta anotações e depósitos bancários encontrados na casa de Francisco Jeferson.

Em relação ao policial penal Genildo Gabriel, flagrado com cartões de memórias contendo informações de presos, drogas, cartas e bilhetes, o relatou que “Diante da gravidade concreta do crime e do comportamento reprovável do agente público, torna-se necessário, a decretação da medida cautelar”. O decretado Pedro Vinicius da Delegacia de Combate as Ações Criminosas Organizadas, A DECCO, disse que a investigação terá sequência.

Continuar lendo

POLÍCIA

Detento é baleado após tentativa de fuga em massa no presídio

Publicado

em

Por

Um grande aparato de policiais penais realiza uma verdadeira varredura nas proximidades do maior Complexo Penitenciário do Estado. A intenção é recapturar um detento que conseguiu fugir da unidade na madrugada desta terça-feira, 15.

Segundo informações oito detentos do pavilhão “P” tentaram escapar. Mas o plano de fuga foi interceptado por uma equipe de policiais penais. Na ação seis presos foram detidos, um foi baleado e o oitavo conseguiu escapar.

O preso baleado foi socorrido pela ambulância de suporte avançado do Samu e encaminhado ao pronto socorro de Rio Branco. Segundo informações o detento, que não teve o nome revelado, foi submetido a uma cirurgia de emergência

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas