Connect with us

POLÍCIA

Policia Civil prende dois por estupro no Bujari

Avatar

Publicado

em

Ascom/Policia Civil

A Polícia Civil no município de Bujari, distante da capital 22km, cumpriu na tarde da última quarta-feira, 07, dois mandados de prisão temporária contra indivíduos suspeitos de abusarem sexualmente de crianças no município.

A suspeita é de que um deles teria abusado de várias crianças durante anos e nunca tinha sido denunciado, porém uma das vítimas teve coragem de relatar os fatos aos pais, os quais registram a ocorrência e a Polícia Civil, após investigação preliminar sobre os fatos, representou pela prisão do suspeito.

O segundo suposto abusador, teria abusado de sua enteada, criança com apenas 10 anos de idade. A mãe compareceu à Delegacia desesperada e relatou os fatos. Da mesma forma, a Polícia Civil, de forma rápida, após averiguações preliminares, representou pela sua prisão temporária. Após o cometimento do suposto crime, o indivíduo fugiu para outro município, porém foi localizado, capturado e se encontra preso aguardando o decorrer da investigação.

De acordo com o delegado que preside o inquérito policial, Bruno Coelho, mais de 30 pessoas estão sendo investigadas pelo crime de estupro e estupro de vulnerável no município de Bujari.
“É um crime repugnante que merece toda a atenção da Polícia Civil, assim como dos demais órgãos responsáveis pela instrução criminal, visto que as vítimas são pessoas indefesas e que sofrem de forma demasiada com tais abusos. Além disso, carregam um trauma pelo resto de suas vidas, ocasionando, muita das vezes, depressão e até suicídio. Diante disso, estamos trabalhando de forma intensa para investigar e tirar de circulação quem comete este tipo de crime que causa indignação na população como um todo”, ressaltou Delegado Bruno Coelho.

Para mais, o Delegado afirma que as denúncias referentes a tais crimes tramitam em segredo de justiça e têm sigilo total. Enfatizou, ainda, que tanto as vítimas quanto os familiares que necessitarem de acompanhamento psicológico serão encaminhadas ao CRAS local, onde ficou acordado com a Autoridade Policial que terão tratamento prioritário e sigiloso, visto que Bujari é um munícipio pequeno onde as pessoas se conhecem.

Por fim, disse que é de suma importância que as vítimas denunciem estes crimes, tendo em vista que, na maioria das vezes, ocorrem entre quatro paredes, sendo vital para a investigação e punição dos infratores os relatos das vítimas

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Bombeiros resgatam cadáver no igarapé Judia, em Rio Branco

Avatar

Publicado

em

Por

O cadáver de um jovem foi encontrado no fim da tarde deste domingo, 11, no Igarapé Judia, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo.
O corpo, já em elevado estado de composição, foi resgatado por uma equipe de Bombeiros do 2º Batalhão.
A vítima, que não teve o nome revelado, estava presa em galhos, o que dificultou a ação de resgate.
De acordo com peritos do Instituto de Criminalística da Polícia Civil, o jovem foi torturado e depois executado.
Uma perfuração de arma de fogo foi encontrada na cabeça da vítima, além de ferimentos por arma branca pelo corpo.
A suspeita é que o jovem seja irmão de um policial militar, mas a investigação preliminar, descarta que o crime seja motivado pela profissão do familiar da vítima.
O caso será investigado na Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.

Continuar lendo

POLÍCIA

Policiais do 2º Batalhão apreende arma de fogo e recuperam moto roubada

Avatar

Publicado

em

Por

Dois suspeitos, que planejavam executar crimes na cidade, acabaram presos durante uma ação de Policiais Militares do 2º Batalhão.


A dupla foi abordada, na tarde deste sábado, 10, no Bairro Taquari.
Segundo informações o motociclista e o passageiro estavam em atitude suspeita. A partir daí os policiais decidiram fazer uma abordagem.


Durante a revista pessoal os PMs encontraram um revolver com duas munições intactas.
Ao fazer uma consulta na placa da moto, foi constatado que o veículo era roubado.
Os acusados receberam voz de prisão e foram levados para a Delegacia de Flagrantes da Polícia Civil. Os presos serão investigados também por envolvimento em outros crimes.

Continuar lendo

POLÍCIA

Iapen e Polícia Civil celebram parceria para emitir RGs de detentos

Avatar

Publicado

em

Por

Com o objetivo de garantir cidadania à população privada de liberdade, uma parceria entre o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e a Polícia Civil do Acre tem garantido a emissão de Registros Gerais (RG) dos penados do Complexo Penitenciário de Rio Branco.

São atendidos 30 detentos por semana Foto: Elenilson Oliveira

Iniciada na última quarta-feira, 7, a ação passará a ser rotineira, com dois dias por semana, em que os profissionais do Instituto de Identificação Raimundo Hermínio de Melo farão a identificação e emissão de RG – primeira e segunda via. Por dia, são realizados 15 atendimentos, o que garante o acesso ao documento de 30 presos por semana.

O presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, destaca que a identificação dos apenados é fundamental para o Sistema Penitenciário garantindo ao detento maior dignidade. “Essa parceria é importante porque quando nós integramos, nos tornamos mais efetivos. O fato de  não termos que deslocar o apenado até a cede da Polícia Técnica reduz os custos, o risco e o serviço é disponibilizado de forma eficaz, econômica para que possamos garantir aquilo que está previsto na legislação penal”, diz.

Parceria garante economia, segurança e cidadania Foto: Sandro de Brito

Já o delegado-geral de Polícia Civil, Josemar Portes, afirma que o trabalho é do interesse de todos, sociedade, detento, e também da Polícia. “A identificação civil, seja de indivíduos reeducandos ou não, pressupõe cidadania. E isso além da identificação propriamente dita, que interessa a todo o Sistema de Justiça Criminal. Nós nos certificarmos de uma forma científica que realmente aquela pessoa é quem diz ser”, frisou.

Para a diretora do Instituto de Identificação, Roselayne Sobreira, com o projeto, a instituição poderá manter os dados dos detentos atualizados. Ela também explica que este é um projeto piloto e que após o atendimento da população carcerária de Rio Branco, o interior também será alcançado. “É tudo novo, então a nossa intenção é ver como que vai acontecer para fazer essa agenda a cada 15 dias. Vamos fazer toda a capital e depois passaremos para o interior”, destaca.

Garantia de direitos

O Registro Geral, também conhecido como carteira de identidade, é um documento necessário para o acesso a vários direitos e programas de assistência social. Ele é considerado o documento mais importante do brasileiro. A partir dele, outros documentos podem ser tirados.

Com o documento, os presos pode ter acesso a educação, trabalho e outros benefícios sociais disponibilizados dentro dos presídios Foto: Elenilson Oliveira

Preso há dois anos e três meses, Alexandre Silva dos Santos, tem 24 anos e teve a oportunidade de tirar o RG no Complexo Penitenciário. “É bastante importante fazer aqui dentro do presídio. Estamos privados da nossa liberdade e isso está beneficiando muitos presos. Estamos tirando o nosso documento novamente e poderemos mostrar para a sociedade que nós somos pessoas”, disse.

A chefe da Divisão de Assistência Social e Atenção à Família do Iapen, Cláudia Costa, ressaltou que todo cidadão tem direito a ter um documento de identificação que seja reconhecido em todo o território nacional. “Para nós é um grande passo iniciarmos esse processo. Esses presos, quando vierem a adquirir esse documento, vão ter acesso a outras ações sociais, a outros direitos que só podem ser acessado mediante apresentação do documento de identificação”, afirmou.

Foto: Elenilson Oliveira
Foto: Elenilson Oliveira

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados.