Connect with us

POLÍCIA

Um morre e sete ficam feridos durante ataque de facção na Cidade do Povo

Avatar

Publicado

em

Yuri Matheus de Lima Cavalcante de 25 anos foi executado com um tiro na face. O crime ocorreu na noite desta segunda-feira, 5, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo.


A ação criminosa, segundo informações, foi um ataque promovido por membros da facção Comando Vermelho contra rivais.


Em uma quadra de esportes um grupo de jovens que jogava futebol foi surpreendido pelos bandidos.
Adelson teve a perna quebrada, após ser atingido com um tiro. Ele foi socorrido pelo Samu e, encaminhado ao pronto socorro.


Em outro ponto do Conjunto Habitacional o jovem Wendel foi baleado nas costas.
No meio da via ele recebeu os primeiros atendimentos dos profissionais do SAMU. Um terceiro jovem também foi baleado.


Segundo informações os bandidos utilizaram até armas de grosso calibre.
O ataque está relacionado a guerra de facções criminosas. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Bombeiros resgatam cadáver no igarapé Judia, em Rio Branco

Avatar

Publicado

em

Por

O cadáver de um jovem foi encontrado no fim da tarde deste domingo, 11, no Igarapé Judia, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo.
O corpo, já em elevado estado de composição, foi resgatado por uma equipe de Bombeiros do 2º Batalhão.
A vítima, que não teve o nome revelado, estava presa em galhos, o que dificultou a ação de resgate.
De acordo com peritos do Instituto de Criminalística da Polícia Civil, o jovem foi torturado e depois executado.
Uma perfuração de arma de fogo foi encontrada na cabeça da vítima, além de ferimentos por arma branca pelo corpo.
A suspeita é que o jovem seja irmão de um policial militar, mas a investigação preliminar, descarta que o crime seja motivado pela profissão do familiar da vítima.
O caso será investigado na Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.

Continuar lendo

POLÍCIA

Policiais do 2º Batalhão apreende arma de fogo e recuperam moto roubada

Avatar

Publicado

em

Por

Dois suspeitos, que planejavam executar crimes na cidade, acabaram presos durante uma ação de Policiais Militares do 2º Batalhão.


A dupla foi abordada, na tarde deste sábado, 10, no Bairro Taquari.
Segundo informações o motociclista e o passageiro estavam em atitude suspeita. A partir daí os policiais decidiram fazer uma abordagem.


Durante a revista pessoal os PMs encontraram um revolver com duas munições intactas.
Ao fazer uma consulta na placa da moto, foi constatado que o veículo era roubado.
Os acusados receberam voz de prisão e foram levados para a Delegacia de Flagrantes da Polícia Civil. Os presos serão investigados também por envolvimento em outros crimes.

Continuar lendo

POLÍCIA

Iapen e Polícia Civil celebram parceria para emitir RGs de detentos

Avatar

Publicado

em

Por

Com o objetivo de garantir cidadania à população privada de liberdade, uma parceria entre o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e a Polícia Civil do Acre tem garantido a emissão de Registros Gerais (RG) dos penados do Complexo Penitenciário de Rio Branco.

São atendidos 30 detentos por semana Foto: Elenilson Oliveira

Iniciada na última quarta-feira, 7, a ação passará a ser rotineira, com dois dias por semana, em que os profissionais do Instituto de Identificação Raimundo Hermínio de Melo farão a identificação e emissão de RG – primeira e segunda via. Por dia, são realizados 15 atendimentos, o que garante o acesso ao documento de 30 presos por semana.

O presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, destaca que a identificação dos apenados é fundamental para o Sistema Penitenciário garantindo ao detento maior dignidade. “Essa parceria é importante porque quando nós integramos, nos tornamos mais efetivos. O fato de  não termos que deslocar o apenado até a cede da Polícia Técnica reduz os custos, o risco e o serviço é disponibilizado de forma eficaz, econômica para que possamos garantir aquilo que está previsto na legislação penal”, diz.

Parceria garante economia, segurança e cidadania Foto: Sandro de Brito

Já o delegado-geral de Polícia Civil, Josemar Portes, afirma que o trabalho é do interesse de todos, sociedade, detento, e também da Polícia. “A identificação civil, seja de indivíduos reeducandos ou não, pressupõe cidadania. E isso além da identificação propriamente dita, que interessa a todo o Sistema de Justiça Criminal. Nós nos certificarmos de uma forma científica que realmente aquela pessoa é quem diz ser”, frisou.

Para a diretora do Instituto de Identificação, Roselayne Sobreira, com o projeto, a instituição poderá manter os dados dos detentos atualizados. Ela também explica que este é um projeto piloto e que após o atendimento da população carcerária de Rio Branco, o interior também será alcançado. “É tudo novo, então a nossa intenção é ver como que vai acontecer para fazer essa agenda a cada 15 dias. Vamos fazer toda a capital e depois passaremos para o interior”, destaca.

Garantia de direitos

O Registro Geral, também conhecido como carteira de identidade, é um documento necessário para o acesso a vários direitos e programas de assistência social. Ele é considerado o documento mais importante do brasileiro. A partir dele, outros documentos podem ser tirados.

Com o documento, os presos pode ter acesso a educação, trabalho e outros benefícios sociais disponibilizados dentro dos presídios Foto: Elenilson Oliveira

Preso há dois anos e três meses, Alexandre Silva dos Santos, tem 24 anos e teve a oportunidade de tirar o RG no Complexo Penitenciário. “É bastante importante fazer aqui dentro do presídio. Estamos privados da nossa liberdade e isso está beneficiando muitos presos. Estamos tirando o nosso documento novamente e poderemos mostrar para a sociedade que nós somos pessoas”, disse.

A chefe da Divisão de Assistência Social e Atenção à Família do Iapen, Cláudia Costa, ressaltou que todo cidadão tem direito a ter um documento de identificação que seja reconhecido em todo o território nacional. “Para nós é um grande passo iniciarmos esse processo. Esses presos, quando vierem a adquirir esse documento, vão ter acesso a outras ações sociais, a outros direitos que só podem ser acessado mediante apresentação do documento de identificação”, afirmou.

Foto: Elenilson Oliveira
Foto: Elenilson Oliveira

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados.