Connect with us

POLÍTICA

Marina aprova plano assinado por Gladson e mais sete governadores sobre recuperação da Amazônia

Publicado

em

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Os governadores do consórcio Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) lançaram na última sexta-feira (16) um plano para recuperação da Amazônia. A meta é angariar recursos para a preservação da região e conter o desmatamento, que tem batido recordes.

O plano quer ver o freio ao desmatamento ilegal, aposta na produção sustentável, inovação e capacitação e infraestrutura verde. O investimento inicial vai ser de R$ 1 bilhão e 500 milhões com recursos públicos, privados e de bancos de fomento e fundos, como o Fundo Constitucional do Norte. A ex-ministra Marina Silva (Rede) elogiou a iniciativa e avaliou como importante o plano que foi assinado por Gladson Cameli (PP) e outros sete governadores.

Uma das principais apostas dos governadores da região é o desbloqueio do Fundo Amazônia, gerido pelo BNDES, o banco de fomento do governo federal. Os recursos estão parados desde 2019 em uma conta bancária.

“Muito importante a iniciativa dos governadores da Amazônia que propõe uma recuperação da região com base em eixos como o fomento a uma economia baseada nas aptidões do bioma; tecnologias verdes; infraestrutura verde e combate ao desmatamento ilegal”, escreveu Silva em sua rede social acrescentando: “Infelizmente, os governos subnacionais precisam fazer uma articulação dessa magnitude sem o devido suporte do governo federal, em função da falta de compromisso e de uma visão estratégica e atualizada deste, para resolver também os entraves diplomáticos no acesso a financiamento para as atividades propostas no Plano de Recuperação Verde (PRV)”.

Segundo Marina, “há recursos, inteligência, conhecimentos e saberes modernos e ancestrais, e já foi feito até um plano de desenvolvimento sustentável para a região, produzidos para fazer da Amazônia uma generosa solução para o Brasil e para o Planeta”. 

“Faltam a vontade política e a competência de um governo federal que consiga retirar tudo isso da condição de possibilidade para colocar na prática, tornando realidade. Ainda bem que os governadores estão conseguindo se articular para iniciar algo. Que dê frutos”, concluiu.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INTERIOR

Vereador de Jordão pede posto do INSS e justifica: “Só para provar que está vivo, aposentado gasta mil contos pra ir até Tarauacá”

Publicado

em

Por

O vereador Oricelio Farias de Oliveira, do MDB de Jordão, fez, via Câmara, na manhã desta terça-feira, 3, na volta aos trabalhos legislativos, uma indicação ao gabinete do deputado estadual Jenilson Leite (PSB) para que este interceda, junto ao INSS, a instalação urgente de um posto avançado no município. Razões para a rápida providência o parlamentar apresentou com sobra. Para se ter uma ideia, segundo Oricelio, hoje um aposentado gasta no mínimo mil reais para provar que está vivo, tendo que deslocar até Tarauacá.

O município de Jordão é um dos quatro isolados do Acre – os demais são Porto Walter, Santa Rosa e Marechal Thaumaturgo. A cidade mais próxima se Jordão é Tarauacá, onde tem um posto avançado do INSS. Mas chegar até o vizinho município é uma viagem que, por água, dura no mínimo dois dias. Por avião é a forma mais rápida, mas um deslocamento deste não custa menos de mil reais, segundo o vereador. “Por essa razão estamos apelando para que nos ajudem a trazer esse posto”, disse ao AcreNews.

Continuar lendo

POLÍTICA

Marfisa Galvão reassume cargo de vice-prefeita da capital depois de um afastamento

Publicado

em

Por

A vice-prefeita de Rio Branco, Marfisa Galvão (PSD), voltou ao trabalho nesta terça-feira, 3, depois de ficar 15 dias afastada. Ela disse ao AcreNews que suspendeu as atividades para tratar de um problema de saúde cujos detalhes não relevou, senão que se submeteu a uma cirurgia.

A vice-prefeita de Rio Branco responde pela secretaria dos Direitos Humanos, uma das mais movimentadas do município. Além das atividades diretamente ligadas ao apoio à famílias em vulnerabilidade social, a secretaria dela ainda responde pelo esporte e pela Fundação Garibaldi Brasil, ligadas à cultura. Ao sentar na cadeira outra vez hoje, Marfisa garante estar pronta e revigorada para começar a atender as demandas, que não são poucas, segundo ela.

Continuar lendo

POLÍTICA

Presidência e Mesa Diretora da Aleac decidem que sessões presenciais retornam na próxima semana

Publicado

em

Por

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) deputado Nicolau Júnior, se reuniu com deputados integrantes da Mesa Diretora da Casa e demais parlamentares no final da manhã desta terça-feira, 3, para discussão sobre a volta das sessões presenciais, que por conta da pandemia da Covid-19 tem acontecido de forma remota.

Com todas as demandas administrativas sanadas, os parlamentares decidiram retornar com as atividades presenciais a partir da próxima terça-feira, dia 10 de agosto. Todos os trabalhos realizados no primeiro semestre Legislativo foram de forma virtual.

Nicolau afirma que os deputados voltam à Aleac, mas que todos os cuidados sanitários serão adotados.

 “Mesmo de forma virtual, tivemos um primeiro semestre muito produtivo. Esperamos que com a volta dos trabalhos presenciais possamos ainda mais elaborar, discutir e aprovar leis que beneficiem a nossa população.  Vale lembrar que vamos adotar todos os cuidados sanitários recomendados pelas autoridades em saúde”, disse Nicolau.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia