Connect with us

ACRE

Tratamento de ramais feito pelo governo em Epitaciolândia irá aquecer a produção agrícola da região

Publicado

em

Por Agência AC

“Na história de Epitaciolândia, jamais foi feito um trabalho tão completo nos ramais como esse que o governo do Estado está realizando através do Deracre, em 2021”. A frase é do prefeito do município Sérgio Lopes (PSDB) entusiasmado com o processo iniciado há alguns dias. Será um tratamento de base e sub-base em 76 quilômetros de ramais, beneficiando centenas de pequenos e grandes produtores rurais em Epitaciolândia.

O governador Gladson Cameli tem dito reiteradamente que após o período de pandemia é preciso que o governo retome os investimentos em infraestrutura para dar condições aos produtores de escoamento dos seus produtos.

“O agronegócio é um dos carros chefes do nosso governo. O Acre tem condições de melhorar enormemente a sua produção agrícola, pecuária e suína. Isso gera empregabilidade no campo e a melhoria do abastecimento interno de alimentos. Estamos fazendo parcerias com todas as prefeituras do Acre para através da união melhorarmos as condições de vida das nossas famílias que vivem na zona rural”, afirmou o governador.

Agronegócio é tido como um dos carros chefes do governo do Estado  Foto: Marcos Vicentti/Secom

Segundo o diretor presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (Deracre), Petrônio Antunes, o programa de recuperação de ramais do governo do Estado ainda não foi lançado oficialmente. Mas algumas empresas contratadas já iniciaram o trabalho, como é o caso de Epitaciolândia.

“O investimento será em torno de R$ 20 milhões no município. No seu programa de ramais em todo o Acre o governo irá aplicar R$ 150 milhões em dois anos, com o objetivo de fortalecer as comunidades rurais que produzem as riquezas agrícolas e pecuárias, proporcionando milhares de empregos para a nossa população e fomentando desenvolvimento”, salientou.

Gerando riquezas e bem estar social

O prefeito Sérgio Lopes, de Epitaciolândia, está acompanhando de perto o trabalho da empresa Patriarca, contratada pelo governo para realizar o serviço nos ramais. Ele explica os benefícios gerados aos produtores com a melhoria da trafegabilidade nas vias vicinais.

Prefeito de Epitaciolândia Sérgio Lopes acompanha de perto trabalho feito pela empresa contratada Foto: Marcos Vicentti/Secom.

“Contando os três ramais que receberão o tratamento de base e sub-base, Estrada Velha, Ramal da Torre e Ramal do Sete, mais de 500 famílias serão beneficiadas. Temos ao longo desse percurso o Frigorifico JP, com um grande volume de abate de animais, além do assentamento Quintal Florestal, onde vivem e produzem hortaliças, cerca de 70 famílias. Principalmente na Estrada Velha existe uma grande produção de cereais, sorgo, milho, soja e também de criação de suínos. Então, toda essa cadeia produtiva será beneficiada com a melhoria dos ramais que está sendo realizada pelo governo do Estado”, comemora o prefeito.

Sérgio Lopes destaca ainda o aspecto social proporcionado pela melhoria dos ramais.

“Os produtores utilizam esse caminho para escoar a produção, levando as suas mercadorias para as feiras livres todos os dias. Mas as famílias que vivem na zona rural têm crianças e jovens estudantes que utilizam essa rota para acessar as escolas na cidade”, salientou.

Produtores utilizam esse caminho para escoar a produção Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Apesar de não haver uma contrapartida financeira da prefeitura, Sérgio está empenhado em ajudar naquilo que estiver ao alcance do poder municipal.

“Nos colocamos à disposição para auxiliar a equipe que está trabalhando nos ramais fazendo o acompanhamento da obra. É um trabalho de muita qualidade e nós nunca tivemos uma melhoria de ramais nesse nível, com a construção de base e sub-base em Epitaciolândia. Isso será toda uma preparação estrutural para esses ramais no futuro, quem sabe, receberem uma camada asfáltica que é o sonho de todos”, disse ele .

Um dos maiores polos produtivos do Acre

Os produtores de agricultura familiar do Polo Agroflorestal avaliam a importância da intervenção nos ramais pelo governo. Fábio Júnior Fortes de Oliveira disse que com a melhoria da trafegabilidade já é possível pensar em aumentar a produção de hortaliças.

Fábio Júnior Fortes de Oliveira, agricultor familiar, avaliou a importância da intervenção nos ramais pelo governo Foto: Marcos Vicentti/Secom.

“Com a melhoria no ramal poderemos vender toda a nossa produção no município. Com certeza vamos produzir muito mais devido à facilidade que teremos para sairmos com a verdura aqui de dentro. Precisamos de ramais rápidos porque trabalhamos com um produto perecível que tem que ser vendido no mesmo dia. No caso de uma chuva forte a gente pode perder o produto, como já aconteceu, porque o ramal fica intrafegável”, lembrou.

A presidente da Associação do Polo Quintal Agroflorestal, Devanir Ramiro Vieira da Silva, também comemorou o inicio das obras.

Devanir Ramiro Vieira da Silva, presidente do Polo Quintal Agroflorestal, também comemorou o inicio das obras Foto: Marcos Vicentti/Secom.

“Isso que está acontecendo é um sonho porque nós mexemos com horticultura e poderemos levar os nossos produtos de maneira rápida para vendermos nas feiras, supermercados e restaurantes da região. Nós já sofremos muito nessa estrada durante o inverno. A gente saía às 3 horas da manhã para chegarmos às 10 horas nas feiras, num trajeto de apenas 8 quilômetros de ramal porque fazíamos essa distância andando em tempos de chuva. Essa melhoria permitirá aumentarmos a nossa produção e as nossas vendas”, explicou a produtora rural.

Celeiro do agronegócio do Acre

Mário Maffi é o maior produtor de grãos da região do Alto Acre. As suas lavouras de milho e soja modernizadas são exemplos de que o agronegócio é produtivo e viável no estado. Ele avaliou o significado da melhoria dos ramais para os grandes produtores.

Mário Maffi, maior produtor de grãos do Alto Acre, disse que melhorias renovam as esperanças dos produtores da região. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

“O que está acontecendo é mais que um sonho, é a renovação da nossa esperança. A parte mais difícil do nosso negócio é o escoamento da produção. Esse ano já tivemos o nosso prefeito ajudando no começo da colheita e agora temos a notícia do trabalho que o governo vai realizar na Estrada Velha. Esse é um dos ramais mais produtivos do Acre porque além da agricultura e das criações de frango, suíno e pecuária temos uma grande habitação de produtores da agricultura familiar”, afirmou.

Atualmente, lavoura de Mário possui 500 hectares de milho e mais 70 de soja Foto: Marcos Vicentti/Secom.

A fazenda do Mário gera 15 empregos diretos e uma infinidade de outros indiretos ligados à cadeia produtiva.

“Atualmente estamos plantando 500 hectares de milho e mais 70 de soja. Esse negócio gera muitas oportunidades econômicas porque a agricultura antecipa a riqueza mais rápido do que a pecuária. O milho que produzimos é praticamente todo consumido pelas Indústrias Dom Porquito e Acreaves, aqui na região do Alto Acre, que têm uma demanda grande. Mas o nosso estado está caminhando para a revolução da produção agropecuária e vamos um dia ser autossuficientes em alimento. A melhoria dos ramais baixa o custo do nosso transporte e nos estimula a aumentar o investimento”, salientou Mário.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ACRE

Gabriela Câmara apresenta parte do novo complexo de comunicação Boas Novas a colaboradores e líderes de audiência

Publicado

em

Por

A gerente geral da rede Boas Novas no Acre, Gabriela Câmara, apresentou as novas instalações do complexo de comunicação que está sendo erguido no centro de Rio Branco cujas obras estão em fase de acabamento. Ela chama o grupo de “família Boas Novas” e deixou todos surpresos com o espaço onde vão trabalhar a partir de outubro. O ambiente é altamente moderno, um convite ao profissionalismo, segundo ela.

Gabriela Câmara escreveu o seguinte para apresentar sua nova empresa:
“Uma empresa se faz de talentos e não apenas de tijolos, barro, areia e por isso me senti tão feliz ao poder receber parte de nossos meus amigos apresentadores da Boas Novas é mostrar como está ficando nossas novas instalações, a nova sede localizada na Avenida Ceará.

Uma alegria poder preparar um espaço com tanto carinho e dedicação para ser a casa do Complexo de Comunicação Boas Novas. Daremos mais qualidade aos nossos ouvintes, colaboradores e visitantes, agradecemos toda equipe da boas novas na pessoa da nossa idealizadora, fundadora e mantenedora oficial Missionaria Antônia Lúcia e Pastor Silas Câmara.

Entre os apresentadores da nossa grande que estiveram conosco na visita estava Vânia Mendonça, que apresenta o “ Bom dia vida”, Waldecir Barbosa o programa “tarde sertanejo” e José Raimundo apresentador do programa “ top gospel “.

Meu mais profundo desejo é que essa nova estrutura e avanço tecnológico e nossos talentos pessoais estejam sempre a serviço de Deus”.

Continue lendo

ACRE

Em setembro, INPE disparou sete alertas de desmatamento em Manoel Urbano

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) através de consulta ao Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (DETER) aponta crescente ação de desmatamento no município acreano de Manoel Urbano, distante 228 km da capital, Rio Branco.

A autarquia disparou, somente neste mês de setembro, sete alertas totalizando 5,30km2 de desmatamento. Segundo o instituto, a principal causa do alerta diário para Manoel Urbano é o desmatamento com solo exposto, que deixa a terra sem vegetação e altera a cobertura florestal na Amazônia.

Não é de hoje que o órgão manifesta preocupação quanto à situação da degradação da floresta nesta cidade acreana. No mês passado, em agosto, por exemplo, o INPE promoveu alerta no dia 19, onde apontou 0,61 km2 de retirada de floresta naquela cidade.

TARAUACÁ TAMBÉM DESMATA

A poucos quilômetros de Manoel Urbano, já na cidade de Tarauacá, o instituto também alertou no mês passado (dia16), o desmate de 1,38 km2. Neste mês, em setembro, o município que compõe a região do Envira já teve cinco advertências de desmatamento, totalizando 4,37km2 de desflorestamento.

Continue lendo

ACRE

No interior do Acre já choveu 16% acima da média para o mês de setembro

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Wanglézio Braga

Levantamento do portal O Tempo Aqui, publicado hoje (17), revela que já choveu acima da média em boa parte do Acre. O acúmulo de chuva muda um cenário totalmente diferente do que vimos nos meses de agosto e parte de setembro.

“As chuvas intensas que têm ocorrido no Acre já superaram a média climatológica de setembro em vários municípios do estado, entre eles, Tarauacá, Xapuri, Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Feijó e Marechal Thaumaturgo”, comentou o pesquisador Davi Friale.

Citando Tarauacá, ele ressalta que já choveu, nos primeiros 16 dias de setembro, 130,2mm, conforme os registros da estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia, sendo que a média histórica do mês é 112,0mm”. “Portanto, nesta cidade acreana, as chuvas já estão 16,2% acima da média de setembro”, completa.

Usando dados da Agência Nacional de Águas e do Instituto Nacional de Meteorologia, é possível ver a quantidade de chuva que caiu nas cidades de Feijó (42,8mm), Tarauacá (41,2mm), Marechal Thaumaturgo (38,4mm), Jordão (33,8mm) e Sena Madureira (26,4mm).

Por conta das chuvas, os níveis dos principais rios aumentaram consideravelmente. Hoje, na capital acreana, Rio Branco, “o rio Acre marcou 1,60m e continuava subindo, devendo permanecer em elevação, tendo em vista as chuvas torrenciais ocorridas no seu alto curso”.

CHUVAS VÃO CONTINUAR

Um prognóstico feito por Friale prevê que na próxima semana, a primeira da primavera de 2021, que começa no dia 22 de setembro, chegará com “chuvas fortes, com possibilidade de temporais, e voltarão a ocorrer devido a mais uma frente fria fraca que chegará ao Acre e às áreas vizinhas, cujo encontro com pulsos úmidos do Atlântico Norte deixa o tempo bastante instável”. “Assim, é muito provável que o mês de setembro de 2021 será com chuvas acima da média na maior parte do Acre”, concluiu.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia