Connect with us

SAÚDE

“Isso não tem preço”, diz Gladson ao reinaugurar setor de radioterapia da Unacon; pacientes precisavam sair do Acre para tratamento

Publicado

em

Por Agência AC

Em um momento histórico para a saúde acreana, o governador Gladson Cameli reinaugurou na tarde desta terça-feira, 25, o Serviço de Radioterapia do Acre, na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon). Agora, o Estado terá capacidade para atender toda sua atual demanda, com mais de 600 pacientes por ano, num investimento que supera R$ 11 milhões. 

A volta do serviço de radioterapia no Acre faz parte de um projeto iniciado ainda em 2011 junto ao Ministério da Saúde, mas que só agora chega a sua conclusão com a entrega de um novo equipamento, o Acelerador Linear, considerado um marco tecnológico no combate ao câncer, além das obras na unidade para abrigá-lo. Desde 2016, pacientes precisavam ser enviados via tratamento fora de domicílio (TFD) para outros estados em busca desse serviço, passando por dificuldades como distanciamento familiar, além da falta de assistência e acolhimento regional. 

O governador Gladson Cameli, desde o início do seu governo, determinou que retomar a radioterapia no Acre era uma prioridade, lembrando até mesmo de cobranças de pacientes em suas redes sociais, além de pessoas próximas a ele atingidas pela doença. Ele aproveitou para agradecer todos os profissionais de saúde e técnicos envolvidos neste trabalho. 

“Só das pessoas saberem que vão poder se tratar aqui e não precisar mais sair do seu estado, pra mim, isso não tem preço. Agradeço a todos os envolvidos nesse trabalho e dizer para a população que nosso dever é esse. Às vezes as coisas não acontecem no tempo que queremos, mas estamos empenhados ao máximo para facilitar e dar condições de saúde para a nossa população”, destacou o governador.  

O  diretor de Assistência e médico no Unacon, Melk Hadad, agradeceu ao governador pelo empenho para que este projeto finalmente desse certo, trazendo ao Acre um máquina extremamente moderna, precisa, com sete tipos de energia para o tratamento e que eleva o estado em décadas de avanço no combate à doença. 

Segundo o secretário de Saúde, Alysson Bestene, que também esteve presente no evento: “Quando assumimos, existia a antiga bomba de cobalto, um equipamento obsoleto. Removemos, contratamos tudo que era necessário, reformamos todo o espaço e o próprio Conselho Nacional de Energia Nuclear esteve no estado habilitando a máquina. Foi um esforço do governo, da bancada federal junto ao Ministério da Saúde, para que chegássemos nesse momento”. 

Acolhimento

A primeira paciente acreana a ser tratada pelo Acelerador Linear foi Maria da Conceição de Souza. Diagnosticada há dois anos com câncer de colo de útero e junto a uma família muito unida, ela já estava pronta para fazer o tratamento de radioterapia em Porto Velho (RO), mas foi avisada pelos médicos que com o início da operação da máquina poderia fazer o tratamento aqui mesmo. 

Esperada do lado de fora por um marido emocionado por poder cuidar da própria esposa pertinho de casa, precisou de apenas quinze minutos para completar sua sessão, saindo tranquila e confiante de que tudo daria certo.  

“Estou feliz de poder continuar aqui. Só eu sabia do esforço. Somos uma família humilde. A minha vontade era desistir e ficar aqui, voltar pra minha casa, mas graças a Deus tudo aqui deu certo e vamos continuar no Acre mesmo, perto de todo mundo. Meu muito obrigada”, conta a senhora. 

O Unacon faz parte do complexo de serviço e atividades da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) desde 2007, atendendo o Acre, além de ter usuários dos estados vizinhos Rondônia, Amazonas e Roraima, e até mesmo da Bolívia e Peru. Oferece tratamento de quimioterapia adulto e infantil, cirurgias oncológicas e radioterapia. Possui 16 leitos de internação adultos e funciona todos os dias da semana, inclusive com emergência oncológica 24 horas por dia.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAÚDE

Covid mata dois e 36 têm exames positivos nas últimas 24h no Acre

Publicado

em

Por

Agência AC

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), registra 37 casos de infecção por coronavírus nesta quinta-feira, 17, sendo todos confirmados por exames RT-PCR. O número de infectados saltou de 84.450 para 84.487 nas últimas 24 horas.

Até o momento, o Acre registra 226.837 notificações de contaminação pela doença, sendo que 142.238 casos foram descartados e 112 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 79.110 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 117 pessoas seguem internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Mais 2 notificações de óbitos foram registradas nesta quinta-feira, 17 de junho, sendo 1 do sexo masculino e 1 do sexo feminino, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.725 em todo o estado.

Óbito do sexo masculino:

S. C. P., de 35 anos, faleceu no seu domicílio, em Rio Branco, no dia 16 de junho.

Óbito do sexo feminino:

Moradora de Rio Branco, I. S. O., de 79 anos, deu entrada no Hospital Santa Juliana, no dia 31 de março, e faleceu no dia 5 de abril.

Sobre os casos de Covid-19 no estado, acesse:

BOLETIM_AC_COVID_17-06-2021

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:

http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

Rio Branco-AC, 17 de junho de 2021

Secretaria de Estado de Saúde do Acre

Continuar lendo

SAÚDE

Nesta quinta, 17, tem mutirão de vacinação em frente ao Palácio Rio Branco

Publicado

em

Por

Agência AC

As equipes de vacinação do governo do Estado se preparam para a operação de 48h de imunização contra a Covid-19, na capital, a partir desta quinta-feira, 17, em frente ao Palácio Rio Branco. O público-alvo do mutirão são as pessoas de 45 a 49 anos. O objetivo é contribuir com o município para a aceleração do processo e atingir o quanto antes o ponto de “imunidade de rebanho”, para que o Acre vença a pandemia do novo coronavírus.

Ação inicia nesta quinta-feira, 17, e se estenderá por 48 horas. Foto: Odair Leal/Secom

Para ser vacinado é preciso comparecer ao local portando um documento de identificação com foto e cartão do SUS. O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), também disponibilizou uma plataforma online para agilizar o cadastro da população em geral que não esteja incluída nos grupos prioritários do Ministério da Saúde. Na plataforma (http://www.covid19.ac.gov.br/vacina/inicio), o cidadão irá preencher um formulário com seus dados, como nome, CPF, data de nascimento, município, endereço, telefone, e-mail e CEP.

Além desse mutirão, por determinação do governador Gladson Cameli, também foram realizadas a seguintes ações para agilizar o processo de imunização no estado: Caravana da Vacinação, drive-thru do Arena da Floresta, Operação Gota e também ações do Programa Saúde Itinerante, para os grupos vigentes.

Continuar lendo

ACRE

Gladson “invade” greve da saúde e apresenta pessoalmente proposta do Governo

Publicado

em

Por

Governador foi bem recepcionado por grevistas durante ato em frente ao Palácio Foto: Cedida.

Agência AC

Os trabalhadores da saúde ocuparam a esplanada do Palácio Rio Branco nesta segunda feira, 14, durante o primeiro dia de greve. Usaram um carro de som e colocaram em praça pública as principais reivindicações, que segundo eles, motivaram a paralisação.

Cobravam do governo um posicionamento e prometiam estender o manifesto por tempo indeterminado. Eles só não esperavam que o governador Gladson Cameli aparecesse no movimento. Como sempre faz, Gladson se juntou aos manifestantes e foi ouvir pessoalmente suas demandas. O clima não era hostil. Tanto o governador quanto os manifestantes estavam à vontade. Gladson pediu a palavra e disse que o movimento era legítimo. Reiterou que o governo sempre esteve de portas abertas para negociar e disse que o principal entrave para que as reivindicações sejam atendidas, é jurídico.

Governador esteve na reunião entre equipe de governo e sindicalistas depois de passar pelos manifestantes na porta do Palácio Rio Branco Foto: Cedida.

Depois, o governador entrou no Palácio, onde o secretário de saúde, Alysson Bestene e o secretário de Assuntos Estratégicos, Moisés Diniz, já discutiam a pauta com os representantes dos oito sindicatos. A conversa entre a equipe do governo e os sindicalistas foi cordial e produtiva. Bestene assegurou que o governo vai encaminhar oficialmente uma contraproposta capaz de atender a maioria dos pontos colocados pelos sindicalistas. Ele espera que o esforço do governo para adequar os pedidos dos trabalhadores ao limite de gastos seja considerado pelo comando de greve.

Conversa entre a equipe do governo e os sindicalistas foi cordial e produtiva Foto: Cedida.

“Desde o início do governo a gente vem tratando os sindicatos com transparência, respeito e muito diálogo. Aqui foi uma demonstração disso. Um conversa, ética, técnica, respeitosa. Vamos apresentar a contraproposta ainda hoje e atendendo o desejo do governador, saímos daqui com um bom resultado e muita responsabilidade com a coisa pública”, falou Alysson.

Gladson atendeu a imprensa e falou sobre o desejo do governo de entrar em acordo com os trabalhadores Foto: Cedida.

Adailton Cruz, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, elogiou a tratativa do governo com as categorias, e destacou que o governo tem uma forma diferenciada de receber os sindicatos. “O atual governo, na questão da receptividade com os sindicatos, nem se compara com o governo anterior. Vamos levar o que recebemos como garantia aqui para a categoria decidir. Mas eu, particularmente, creio que os trabalhadores possam aprovar o que foi colocado pelo governo ”, disse Cruz.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas