Connect with us

SAÚDE

Após reativação do serviço de radioterapia, primeiro paciente infantil é recebido com humanização pela equipe do Estado

Publicado

em

Agência AC

O equipamento de acelerador linear, ativado pelo governo do Estado na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) já está possibilitando o primeiro tratamento com radioterapia em paciente infantil. Na primeira sessão, realizada na sexta-feira, 30, a equipe multiprofissional da radioterapia, devidamente caracterizada de Homem-Aranha, super-herói preferido de Pedro Asaf Oliveira Rocha, 7 anos, criou um clima de festa e brincadeiras para tornar mais fácil esse momento marcante do pequeno na luta contra um tumor de Wilms (Câncer de Rim).

A sala de radioterapia do Hospital do Câncer funciona num anexo à Fundação Hospitalar do Acre, onde são tratados os pacientes com câncer. O setor estava parado desde 2016, foi reativado após reforma iniciada em 2019, que incluiu readequação física, refrigeração, contratação profissional para executar o serviço e substituição de peças para que o aparelho de acelerador linear voltasse a funcionar.

A etapa seguinte foi iniciar os processos de avaliação e comprovação de funcionamento do acelerador linear para liberação de funcionamento pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Tratar pacientes de câncer do Estado em seu próprio domicílio é o fator social mais positivo, pois antes os pacientes eram encaminhados para Porto Velho (RO) pelo Tratamento Fora do Domicílio (TFD).

Primeiro paciente infantil participa de brincadeira com equipe da Unacon Foto: Cedida

Esse é o caso da família de Pedro Asaf, de Cruzeiro de Sul, que conhece bem a realidade, pois o pequeno luta contra a doença há quase três anos, já passou por três cirurgias para retirada de tumores, agora pode dispor do tratamento na capital, Rio Branco.

Maria Agna Freire Oliveira, mãe do pequeno paciente reconhece a eficiência da equipe do Hospital do Câncer, pois além da batalha  contra a doença, a criança tem problemas neurológicos que impossibilitavam andar e falar. Contudo, com o comprometimento da equipe já houve avanços na comunicação e também nos movimentos de locomoção.

“Agradeço e oro pelo nosso governador Gladson Cameli, pois Deus tocou o coração dele para que colocasse esse serviço para funcionar e assim como eu, outras mães também terão seus filhos tratados praticamente em casa”, comemorou Maria Agna.

Segundo a gerente da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, NilcIany Vilaço, o primeiro paciente infantil tratado com radioterapia na unidade do Estado é muito especial. Para a equipe, ele fez gestos indicando seu super-herói preferido e festejou com a equipe caracterizada, transformando o início do tratamento num momento terno, de muito acolhimento.

“As reações de alegria, a evolução no quadro clínico e a possibilidade de ajudar outras mães com suas crianças é que nos motiva estar no serviço público e fazer parte de um governo que luta pelo bem-estar das pessoas”, concluiu a gerente.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAÚDE

Infectologista acreano critica decisão do MS sobre suspender vacinação em adolescentes

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Na semana passada, o Ministério da Saúde (MS) manifestou recomendação sobre suspender a vacinação contra a Covid-19 em adolescentes sem comorbidades ou que não possuem deficiência física. A medida causou polêmica entre os estados, contrariando a ação que vem sendo realizada a meses em diversas unidades da federação. 

A recomendação do MS não foi atendida no Acre e em outros 20 estados do país, conforme noticiou o AcreNews.

Na outra ponta, profissionais da área da saúde também não gostaram da nota técnica do MS e foram às redes sociais defender a imunização neste tipo de público.

Referência no atendimento ao enfrentamento da Covid-19, o médico infectologista e professor universitário, Thor Dantas, foi um dos que discordou da autarquia de saúde. Dantas comentou que não existe justificativa técnica para suspender a imunização.

“Realmente não há justificativa técnica para a suspensão da vacina em adolescentes.  Anvisa, Sociedade Brasileira de Infectologia, Sociedade Brasileira de Imunização, Sociedade Brasileira de Pediatria, Conselho Nacional Secretários de Saúde, todos concordam! Diversos países do mundo estão vacinando com segurança. Decisão do Ministério da Saúde só causa confusão”, comentou.

Dantas compartilhou no Twitter e demonstrou irrestrito apoio à Nota da Sociedade Brasileira de Imunizações. A autarquia lembrou que a Organização Mundial de Saúde não é contra a imunização de adolescentes de 12 a 17 anos e também ressaltou que a “melhora no cenário epidemiológico brasileiro, com queda de 60% no número de casos e 58% de mortes por Covid-19 nos últimos 60 dias, não é motivo para interrupção”. “Técnica, precisa, sóbria, assertiva, embasada como convém a ciência de boa qualidade!”, escreveu.

Continue lendo

SAÚDE

Gladson manda suspender exigência de carreira de vacinação e teste de Covid em aeroportos do Acre

Publicado

em

Por

O Governo do Estado voltou atrás e decidiu que não vai mais exigir carteira de vacinação e teste contra Covid-19 dos viajantes nos aeroportos do Acre.

A informação foi dada à nossa reportagem pela porta-voz do Governo, Mirla Miranda.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) estava elaborando o plano com a exigência, a partir de uma determinação do governador Gladson Cameli.

“Optamos por suspender a medida, mas o plano foi entregue pela secretaria. O governador pensou nessa exigência como uma forma de evitar a proliferação do vírus e o avanço da variante Delta”, destacou Miranda.

Mirla explicou que os problemas jurídicos enfrentados por outros Estados que adotaram a medida foram os fatores considerados pelo Governo do Acre para a decisão sobre a suspensão.

“As outras unidades que adotaram a medida enfrentaram problemas jurídicos consideráveis e, por isso, preferimos evitá-los por aqui”, finalizou.

Em agosto desse ano, a justiça federal atendeu a um pedido do governo do Ceará e determinou que viajantes com destino ao Ceará comprovassem que estão vacinados completamente contra a Covid-19 (com duas doses ou dose única) ou apresentem realização de teste negativo para detecção do coronavírus, feito em até 72 horas antes do voo.

Com informações ContilNet.

Continue lendo

SAÚDE

Acre decide continuar vacinando jovens mesmo após MS recomendar apenas casos de comorbidades

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Uma nota técnica do Ministério da Saúde (MS) publicada nesta semana recomenda a imunização contra a Covid-19 apenas em adolescentes portadores de deficiências, com comorbidades ou doenças crônicas e privados de liberdade.

O assunto pegou muitos estados de surpresa a ponto de suspenderem a vacinação de criança e adolescentes. Outros resolveram não adotar a medida. Acre é uma das unidades da federação que continuará vacinando, normalmente, esse público.

A confirmação da continuação da imunização de pessoas acima de 12 anos com e sem comorbidades partiu da assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), após contato da reportagem do Acre News.

Até ontem (16), inúmeros veículos de imprensa do país noticiaram que o Acre, Alagoas, Amapá, Pará, Paraná, Rondônia, Roraima e Sergipe não haviam feito alguma manifestação sobre a nota técnica do MS.

Hoje (17), pelo menos 14 estados brasileiros decidiram manter a campanha de vacinação contra a covid-19 para adolescentes entre 12 e 17 anos sem comorbidades.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) publicou nota manifestando seu posicionamento contrário à medida do MS e a fala do ministro da autarquia sobre o assunto.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia