Connect with us

POLÍTICA

Artigo | A conta vai ficar mais cara

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 01, a Câmara Federal aprovou o texto base para a reforma do Imposto de Renda de pessoa jurídica (empresas). Apesar de o discurso presente no texto assegurar que a reforma trará mais justiça social, já que ela irá onerar grandes investidores e fortunas – o que é bem aceito pela grande massa da população -, acredito que o efeito será bem prejudicial à população brasileira.

Imaginem que um vendedor de salgados (desse que passa no seu trabalho na hora do lanche) venda 100 salgados por dia a um preço unitário de R$4,00. Com o faturamento de R$400,00, esse pequeno empreendedor lucra 200,00 e com esse dinheiro paga suas despesas de casa.

Sabemos que o imposto de renda desse vendedor de salgados já era cobrado antes da referida reforma; todavia, ele não pagava nada para retirar esse dinheiro de seu negócio, pois ele já estava tributado. É importante entendermos que, com a reforma, esse pequeno empresário passará a pagar mais quando for retirar o valor para suas despesas. Assim, no final do dia, os R$200,00 lucrados com a venda dos salgados, tornar-se-ão em R$150,00.

Você acha que as despesas de casa diminuirão porque o que sobra para ele diminuiu? Creio que não.

A única saída do vendedor de salgados é aumentar o preço do produto que ele vende. Logo, o salgado que era vendido por R$4,00, agora custará R$5,40. Ou seja, o aumento do salgado (desse que passa no seu trabalho na hora do lanche) será de 35%. Afinal, o vendedor de salgados precisa retirar seus 200,00 e pagar suas despesas.

Antes de você pensar que pequena empresa não será onerada, gostaria de esclarecer que a economia é representada por vários segmentos que se complementam. O vendedor de salgados, por exemplo, compra seus insumos para fazer o salgado no supermercado, que é uma grande empresa. Logo, se essa grande empresa for onerada pelo aumento do IMPOSTO DE RENDA, seus produtos ficarão mais caros, o que acarretará no aumento do preço do salgado.

Agora, imagine que o salgado representa tudo que você consome e logo entenderá que o povo sempre paga a conta.

O grande empresário perderá faturamento, porque a população não vai continuar comprando o mesmo que comprava, uma vez que seu orçamento não suporta mais crescimento nas despesas, e a saída será o povo consumir menos.

Com a perda de faturamento, restará ao empresário demitir alguns funcionários que, consequentemente, não terão mais como consumir, o que fará com que esse trabalhador fique na dependência de auxílio do governo e/ou parentes próximos – o que chamo de espiral negativo de consumo.

Concluindo, todo aumento de carga tributária aumenta os preços dos produtos que você consome, não caia em conto de quem não pagará a sua conta, pois você pagará!

Marcello Moura é presidente da Associação Comercial do Acre e empresário.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍTICA

Paralisação dos ônibus foi estratégia de empresários para arrancar mais dinheiro da prefeitura, diz sindicalista

Publicado

em

Por

Empresas de transporte coletivo estão paralisadas a partir deste domingo, 16. Segundo os empresários, a questão se deve à falta de diesel para fazer os ônibus circularem.

Em nota, enviada para a Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Rio Branco, o presidente do Sindicato dos Transportes do Acre (Sinttpac), Francisco Marinho, esclareceu que essa paralisação é uma estratégia dos empresários do transporte coletivo para pressionar a gestão municipal atual a liberar recursos às empresas.

Na nota o presidente do Sinttpac afirma que “não são os motoristas que tomaram essa decisão, mas sim os próprios empresários que não cumprem suas obrigações, não pagam nossos direitos trabalhistas, não pagam nem os IPVAs dos seus ônibus, não recolhem nossos FGTS, não respeitam nossos irmãos de luta, que são os motoristas e não medem esforços de dar o seu melhor”.

E acrescenta: “Essas empresas já passaram da hora de deixarem o espaço para outras que tenham respeito com os trabalhadores e usuários. O prefeito Tião Bocalom e sua equipe têm agora uma grande oportunidade de extinguir o contrato com essas empresas que não estão preocupadas em colaborar e nem cumprir sua obrigação que é prestar um bom serviço.

Lamento muito em dizer, mas com essa decisão deles, que de forma arbitrária paralisaram 100% da frota sem sequer comunicar os órgãos, instituições, imprensa e a própria RBTrans, não merecem continuar aqui. Empresários que nunca cumpriram um TAC (Termo de Ajuste de Conduta), junto ao Ministério Público, não estão preocupados com mais nada.

Estão acostumados a fazer do jeito deles, mas agora com prefeito Tião Bocalom, com o acompanhamento da RBTrans, eu acredito que será uma grande oportunidade de nos livrarmos deles para que outras empresas, possam vir e prestar um serviço de qualidade, com pontualidade e respeito aos colaboradores e usuários dos serviços de transporte.

Nós estamos apostando agora na caneta do prefeito, no apoio dos vereadores, no apoio da população, para que esse mal por si só seja eliminado pela própria escolha e decisão deles.

Estamos aqui para apoiar a decisão do prefeito em extinguir esse contrato entre empresas e poder concedente”.

Continue lendo

POLÍTICA

Gladson manda revitalizar uma das praças de esportes mais antigas do Acre, o campo da Funbesa, na Estação; Alan Rick alocou a grana

Publicado

em

Por

O campo e a quadra de uma das praças esportivas mais antigas de Rio Branco, o complexo Maracutaia, no bairro Estação Experimental, vai ser totalmente revitalizado. A ideia do governador Gladson Cameli (Progressistas) casou com o desejo do deputado federal Alan Rick (DEM), que alocou a verba junto ao Calha Norte, cerca de R$ 2 milhões, valor que o secretário da Seinfra, Cirleudo Alencar, acredita nem precisar usar todo na obra, mesmo com todas as novidades que virão, como um campo de futevôlei, cobertura na quadra e arquibancadas.

Essa semana a velha guarda da Estação Experimental se reuniu no centro do campo do Maracutaia com o deputado Alan Rick e o secretário Cirleudo para tratar do assunto. Entre os convidados, o professor Afrânio Moura, o pastor Eldo Gama e o tenente Jaime Moura, esse último representando a Associação de Moradores. Ficou combinado que o grupo escolherá o nome da pessoa que será homenageada com o novo complexo. “Tem vários nomes, mas vamos fazer uma escolha bem democrática”, disse o Jaime Moura.

Segundo o secretário Cirleudo Alencar, embora o dinheiro já esteja alocado pelo deputado Alan Rick, o processo deverá demorar uns seis meses até o início da obra. “Faz parte da burocracia, mas se Deus quiser até agosto, setembro, a gente deverá começar essa obra”, assegurou.

Continue lendo

POLÍTICA

“Seguiremos firmes, unidos e fortes” diz Jéssica, ao receber visita do governador Gladson Cameli

Publicado

em

Por

Por Wagner Lopes, do Tribuna do Acre

A pré-candidata ao Senado pelo glorioso MDB, a deputada federal Jéssica Sales postou em suas redes sociais a visita que recebeu do governador Gladson Cameli.

A parlamentar registrou o momento ao lado de sua mãe, a deputada estadual Antônia Sales e de seu pai, o Leão do Juruá e ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales. 

Jéssica está fazendo tratamento contra o câncer de mama, em São Paulo. 

Bastante emocionada com a visita de seu primo governador, Jéssica destacou a importância que pequenos gestos causam àqueles que estão enfrentando esta terrível doença.

“Meus queridos, que noite especial! Recebi a pouco a visita surpresa do meu primo governador, Gladson Cameli. Fiquei muito feliz e emocionada. O verdadeiro sentimento é aquele que expressamos em ações e pequenos gestos! Seguiremos firmes, unidos e fortes! Com Deus no controle e guiando nossos passos.”

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia