Connect with us

POLÍCIA

Em ano de pandemia, Delegacia da Mulher supera desafios e remete mais de 5 mil inquéritos ao Judiciário

Publicado

em

Ascom/PCAC

Atendendo ao preceito constitucional, que afirma que o Estado deve criar mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, a Polícia Civil do Acre criou a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), que hoje, em conjunto com outras instituições, consolida uma comunhão de interesses quando o assunto é combater a violência de gênero. O Acre foi o segundo estado do Brasil a criar uma delegacia especializada de combate à violência doméstica, ainda no ano de 1986.

Investimentos

Ombreado com a segurança pública, o governo do Estado vem contratando servidores para ampliar o quadro da Polícia Civil, e, dessa forma, recentemente a Deam foi contemplada com agentes de polícia, escrivães e uma delegada. Os servidores da especializada se dividem nas mais diversas tarefas, como registros de ocorrências, efetivação de representações, pedidos de medidas protetivas, encaminhamento das mulheres às demais instituições da rede de atendimento, apoio às vítimas para retirada de pertences e encaminhamentos ao IML e abrigos, além de todas as etapas da investigação dos fatos consubstanciadas nos inquéritos policiais.

Para o atendimento da demanda, a Deam conta com cinco viaturas policiais e uma equipe que tem buscado se capacitar para oferecer um atendimento acolhedor, humanizado e eficiente às mulheres que buscam o serviço.

Reforma

O próximo passo será a reforma do prédio, garantindo uma melhoria no espaço físico e atendendo ao preceito legal de garantir os direitos das mulheres que utilizam o serviço. O recurso para a reforma já foi garantido pela primeira-dama Ana Paula Cameli, que tem demonstrado compromisso com a causa.

Plano de ação

No ano de 2020, a equipe elaborou um Plano de Ação, em que foram estabelecidas metas e criadas estratégias para tornar a rotina cartorária da especializada mais eficiente.

A partir de então, a equipe da Deam passou a trabalhar em ritmo acelerado, com os seguintes objetivos: I- Analisar todos os inquéritos do acervo cartorário, a fim de concluí-los, evitando, sempre que possível, a ocorrência da prescrição; II- Mudar radicalmente o fluxo de trabalho nos casos instaurados a partir de então, tratando-os de forma prioritária sobre todas as outras demandas cartorárias, para que sejam concluídos dentro do prazo legal (30 dias) ou no prazo mais exíguo possível, possibilitando que a partir do ano de 2020 não mais seja constatada prescrição em inquéritos policiais.

Os dados começaram a ser quantificados em 25 de junho de 2020 e, exatamente um ano após a implementação das mudanças, a equipe contabilizou 5.015 remessas de inquéritos policiais ao Poder Judiciário, apresentando uma média de mais de 400 inquéritos remetidos por mês.

Reconhecimento

Além de reconhecer e agradecer o empenho de cada um dos servidores da Deam, a delegada titular da unidade, Elenice Frez, agradeceu o fundamental apoio recebido do Instituto Médico Legal (IML), que realizou milhares de consultas em seu banco de dados para encaminhar os laudos periciais ou informações sobre o não comparecimento da vítima para a realização do exame de corpo de delito, e ainda do Departamento de Polícia da Capital e Interior (DPCI), que durante vários meses disponibilizou uma equipe policial e um veículo para que fosse possível a execução de um número maior de mandados de intimação, além da Direção-Geral de Polícia Civil e demais gestores de departamentos, que sempre responderam às solicitações da especializada.

Com essa importante ação articulada com diversos atores, a Deam reduziu em mais de 50% o quantitativo de inquéritos policiais sob sua responsabilidade em apenas doze meses. “O comprometimento da equipe e a união de esforços foi fundamental”, disse a delegada.

Muitos foram os efeitos positivos da ação, mas o principal deles foi o rompimento do ciclo de prescrições a partir do ano de 2020, pois 98% dos inquéritos do segundo semestre do referido ano já foram concluídos e encaminhados à justiça, o que possibilitou o oferecimento de inúmeras denúncias e a abertura de ações penais em casos recentes, conferindo efetividade ao sistema de justiça criminal, mostrando às vítimas que elas podem e devem confiar nas instituições públicas.

“Neste sentido, transmitimos aos agressores a importante mensagem de que os crimes contra as mulheres não ficarão impunes”, reiterou Elenice.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Suspeito de furtar R$ 25 mil de empresária é preso com pistola

Publicado

em

Por

Ascom/PCAC

Na manhã desta segunda-feira, dia 27 de setembro, a Polícia Civil, por meio da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, prendeu L. R. C. F, de 31 anos. O alvo é o principal suspeito de ter arrombado veículo e furtado diversos bens no interior do carro de uma pessoa que atua no ramo empresarial.

O fato ocorreu no final da tarde de 11 de setembro. Na ocasião, o suspeito levou a bolsa que estava dentro do carro da vítima e efetuou diversas compras utilizando o cartão de crédito que havia encontrado dentro da bolsa. Estima-se que o prejuízo da vítima foi de aproximadamente R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais).

Após as diligências iniciais, foi descoberto o local exato em que o suspeito se encontrava. Com a autorização judicial correspondente, foi realizada busca na residência do suspeito, onde foi encontrada uma pistola Taurus calibre 380, com 10 munições dentro do carregador. Tal fato contribuiu significativamente para demonstrar o grau de periculosidade do investigado, o qual inclusive já foi preso por homicídio.

O Delegado de Polícia, Lucas Pereira, disse: “Graças ao trabalho investigativo da polícia civil, nós conseguimos segregar mais um indivíduo perigoso da sociedade. A equipe da 2ª DRPC agora trabalha para localizar outros envolvidos com o fato e o restante dos bens furtados da vítima”, finalizou Delegado Lucas.

Continue lendo

POLÍCIA

Xapuri: estrangeira é presa com 7,3 kg de cocaína em táxi que seguia para Rio Branco

Publicado

em

Por

PRF

Na tarde do último domingo (26), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez a detenção de uma mulher de nacionalidade estrangeira que transportava 7,3 quilos de cocaína em um táxi com destino à capital Rio Branco/AC. O veículo foi abordado em frente à Unidade Operacional da PRF, no município de Xapuri/AC.

Durante a abordagem aos passageiros, a mulher que estava acompanhada de uma criança de um ano e dez meses apresentou nervosismo excessivo e gerou suspeita nos policiais. Desconfiados, eles fizeram uma busca nos pertences dela e encontraram quatro calças jeans masculinas embaladas.

Tendo em vista o peso das peças de roupa, os policiais fizeram um corte na costura lateral das calças e localizaram mais de sete quilos de drogas distribuídos em várias embalagens transparentes de plástico, fixadas junto às peças. A droga estava em forma de gel, o que ajuda a moldar a substância no formato desejado e consequentemente ludibriar a fiscalização.

Diante do flagrante delito de tráfico internacional de drogas, a mulher foi conduzida para a Delegacia da Polícia Federal, no município de Epitaciolândia/AC, onde também foi entregue as peças de roupa com a droga apreendida.

A criança foi encaminhada ao conselho tutelar para acolhimento.

Continue lendo

POLÍCIA

Tarauacá: policiais penais apreendem 30 litros de bebida artesanal ‘Maria Louca’

Publicado

em

Por

Ascom/Iapen

Uma ação realizada pelos policiais penais do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC) resultou na apreensão de 30 litros de bebida artesanal “Maria Louca” na Unidade Penitenciária Moacir Prado, em Tarauacá.

De acordo com a equipe de plantão, com base em informações levantadas pelo Setor de Inteligência da unidade, os detentos do bloco novo e pavilhão A estavam fazendo as bebidas. Diante disso, os policiais realizaram revista nos locais, onde encontraram o material ilícito.

Durante o procedimento, 10 presos se declararam donos das bebidas e foram conduzidos ao isolamento preventivo. No âmbito da unidade, um procedimento disciplinar será aberto para investigação dos fatos.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia