Connect with us

ACRE

Feijó: Cavalo cai dentro de fossa e bombeiros são chamados para fazer o resgate

Publicado

em

Da redação do Acre News/ Foto: Reprodução

Quarenta e cinco minutos. Esse foi o tempo que uma equipe do Corpo de Bombeiro da Polícia Militar do Acre utilizou para retirar um cavalo que caiu dentro de uma fossa residencial na cidade de Feijó, interior do Acre. O salvamento do animal ocorreu na manhã dessa terça-feira (15) e mobilizou várias pessoas.

O resgate foi numa residência localizada no bairro Bela Vista. Segundo a corporação dos Bombeiros, o cavalo teria ficado preso no buraco ainda na madrugada, sendo notado pelos proprietários horas depois do incidente. Após uso de muita força e diversas técnicas, a equipe conseguiu retirar o animal do buraco que foi avaliado logo em seguida. Por sorte, ele não teve ferimentos graves.

“Havia informação de que o animal estava ali desde a madrugada. Prontamente a guarnição se deslocou ao local e, lá chegando, foram tomados os procedimentos para a retirada do equino, fazendo-se uso de sistema de tração. Após 45 minutos de serviço, o cavalo foi retirado da fossa com vida e sem danos”, informou o perfil dos Bombeiros em Feijó, via Instagram.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ACRE

MPAC e outros órgãos visitam aterro sanitário e planejam atendimento aos catadores

Publicado

em

Por

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera), visitou na manhã desta sexta-feira (20) o aterro sanitário de Rio Branco, no km 1 da Rodovia Transacreana. Estiveram presentes também equipes do Centro Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop), Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos e do Consultório na Rua, vinculada à Secretaria Municipal de Saúde.

A visita teve como objetivo conhecer a situação dos trabalhadores do aterro, em condição de extrema vulnerabilidade, e planejar a oferta de atendimento à essas pessoas. A equipe do Natera conversou com a administração do espaço e com catadores que estavam no local. De acordo com as informações obtidas na visita, cerca de 40 pessoas exercem a atividade de coleta de material reciclável no aterro.

O coordenador administrativo do Natera, Fábio Fabrício Pereira, destacou que o mote da ida conjunta das instituições foi de mapear as demandas e articular uma rede de serviços de proteção social e de saúde. “Constatamos também a presença de pessoas idosas, família indígena, pessoas com deficiência, que estão ali em uma condição de muita insalubridade e que devem ter uma proteção diferenciada por parte do poder público”, afirmou.

Para a próxima quarta-feira, as instituições que participaram da visita planejam a realização de uma tarde de atendimentos de saúde, sociais e jurídicos. Os atendimentos ofertados pelo MPAC visam colher demandas e fazer encaminhamentos relacionados às questões de saúde, benefícios, proteção social e articulação de serviços de assistência social para defender e garantir os direitos dos catadores de materiais recicláveis.

Continue lendo

ACRE

Acre sedia o 1° Encontro de Etnoturismo da Amazônia, organizado pela secretaria de Turismo

Publicado

em

Por

Nesta sexta-feira, 20, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Empreendedorismo e Turismo (Seet), renovou seu compromisso com os povos da floresta, sediando o 1° encontro de Etnoturismo da Amazônia. A abertura da programação se deu no Teatro Hélio Melo e no Hotel Jardins Guesthouse, respectivamente, na presença do governador Gladson Cameli e de representantes do grupo de trabalho Rotas Amazônicas Integradas (RAI).

Em conjunto, Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins buscam estratégias que visam divulgar e fortalecer o turismo da região. Este ano, o eixo trabalhado é o etnoturismo. E por atuar fortemente neste segmento, o Acre foi escolhido para sediar o evento.

A abertura oficial aconteceu no teatro Hélio Melo, no centro de Rio Branco. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Temos 36 terras indígenas reconhecidas pelo governo federal, distribuídas em 12 dos 22 municípios acreanos. Muitas delas já recebem turistas nacionais e internacionais toda semana. Precisamos perpetuar esse conhecimento e costumes dos nossos povos indígenas, trazendo incentivos que fomentem ainda mais o turismo na região, e firmo hoje aqui meu compromisso”, disse o governador.

Durante a abertura, a Seet apresentou seu Plano de Políticas Públicas voltadas ao Etnoturismo e Sustentabilidade do estado, assim como o Plano de Desenvolvimento do Turismo nas regiões do Alto Rio Purus e Alto Rio Juruá. Representantes da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) e do estado de Roraima/Boa Vista, também fizeram apresentações.

“O Acre se tornou uma referência do Etnoturismo. Não é à toa que estamos sediando este primeiro encontro do grupo de trabalho RAI. Temos nosso plano de desenvolvimento sustentável para o turismo em dia e estamos aqui para debater, discutir e trazer soluções viáveis que ajudem a fomentar cada vez mais o turismo em meio aos povos indígenas”, destacou o secretário da pasta no Acre, Jhon Douglas da Costa.

O governador ficou seu compromisso de incentivo ao Etnoturismo durante o evento. Foto: Diego Gurgel/Secom

O representante da EmBratur, Gentil Venâncio, veio diretamente de Brasília para participar do encontro. Na sua oportunidade, reafirmou sua parceria junto ao grupo de trabalho e apresentou as ações da Agência aos presentes. “Não podemos perder essa oportunidade de colocar esses Estados da região Norte, com exuberâncias naturais, como destinos para esses turistas. Temos uma parceria com as Rotas Amazônicas Integradas e queremos fortalecer o turismo de vivência”, reforçou Gentil Venâncio, representante da Embratur.

A programação se estende até o próximo sábado, 21, trazendo várias atividades que refletem a beleza e grandiosidade da cultura indígena. O dispositivo será aberto ao público e contará com apresentações, desfiles de artesanato, exposição de painéis, roda de conversa e uma mostra de vivências das comunidades indígenas.

Continue lendo

ACRE

Produtores rurais podem ter até 67% de desconto na tarifa de energia, veja como

Publicado

em

Por

Para obter até 67% de desconto na tarifa de energia no consumo gerado das 21h30 às 6h, os produtores rurais do Acre, que possuam energia classificada como rural e irrigantes, em baixa tensão, ou seja, unidades que consomem menos potência, precisam atualizar seu cadastro na Energisa até 30 de novembro de 2022.

A Atualização pode ser realizada via WhatsApp sem a necessidade do consumidor comparecer a uma unidade da Energisa, para isso, basta o cliente acessar o https://gisa.energisa.com.br/ informar o estado e na opção abaixo selecionar “outros assuntos”, após isso, clicar em “conversar no WhatsApp” e depois em “Iniciar Conversa”. Para realizar a atualização cadastral será necessário documentos que podem ser conferidos aqui.

O recadastramento, que é uma determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), teve ser realizado a cada três anos e tem como finalidade saber se o cliente ainda se enquadra ou não nos critérios para continuar obtendo desconto na tarifa de energia.

A Tarifa Rural é uma das mais importantes iniciativas do setor elétrico. Têm direito ao benefício clientes que exercem atividades como agropecuária rural ou urbana, residencial rural, cooperativa de eletrificação rural, agroindustrial, aquicultura e irrigação, serviço público de irrigação rural e escola agro técnica.

[Na Hora da Notícia]

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas