Connect with us

POLÍCIA

Fratricídio: TJAC condena homem que matou o próprio irmão a facadas

Publicado

em

O Juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco condenou Ronicleudo da Silva Tavares, acusado de matoar o irmão biológico Ivaneldo da Silva Tavares, com um golpe de faca, no bairro Ayrton Senna, a uma pena superior a 15 anos de prisão, a ser cumprida em regime inicial fechado.

A sentença, assinada pelo juiz de Direito Alesson Braz, titular da unidade judiciária, foi lançada após os jurados do Conselho de Sentença considerarem o réu culpado pela prática criminosa.

Entenda o caso

De acordo com os autos do processo, o réu, Ronicleudo da Silva, teria matado a vítima, de quem era irmão biológico, depois que esta reclamou a respeito de uma lavagem de roupas na casa. O acusado foi preso em flagrante e denunciado pelo crime de homicídio qualificado (motivo torpe e utilização de recurso que impossibilitou a defesa do ofendido).

A denúncia do Ministério Público foi aceita pelo juiz de Direito titular da unidade judiciária, que considerou a materialidade do crime comprovada, tendo os “indícios de autoria” exigidos em lei também sido devidamente preenchidos, em razão da própria confissão do réu.

Dessa forma, o acusado foi pronunciado ao julgamento pelos jurados da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar.

Julgamento e Sentença

Por maioria, os jurados do Conselho de Sentença entenderam que “o réu (…) matou, mediante golpes de faca, a vítima”, não devendo ser absolvido.

O júri popular também considerou que o crime foi de fato cometido por motivo torpe (reclamação por lavagem de roupas) e com utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, que não esperava uma reação desproporcional do acusado.

Ao sentenciar o réu a uma pena total de 15 anos e 7 meses de prisão, em regime inicial fechado, o juiz de Direito Alesson Braz considerou, além das duas qualificadoras reconhecidas pelos jurados, também as circunstâncias graves do crime, “tendo em vista que foi praticado na presença da genitora do acusado e vítima”.

Apesar de irmãos biológicos, vítima e réu não foram registrados pela mesma mãe, “já que um deles foi entregue para adoção”. O magistrado sentenciante, no entanto, deixou de agravar a pena, por esse motivo (‘crime cometido contra ascendente, descendente, irmão ou cônjuge’), “pois a confissão do acusado prepondera, em relação à agravante do parentesco, conforme prevê o (…) Código Penal”.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Brasileia: homem de 67 anos é preso por porte ilegal de arma de fogo

Publicado

em

Por

Ascom/PMAC

Uma guarnição de Rádio Patrulha (RP) do 5º Batalhão de Polícia Militar (5° BPM) apreendeu na noite deste domingo, 23, uma arma de fogo, no bairro Raimundo Chaar, em Brasiléia. Durante a ação, um homem de 67 anos foi preso.

Durante rondas pela Rua Francisco de Assis, os militares visualizaram um cidadão que, ao notar a presença policial, aparentou nervosismo. No momento da abordagem, o homem tentou colocar a mão na cintura, mas foi contido devido a verbalização da guarnição.

Na busca pessoal, a equipe policial encontrou uma arma de fogo calibre 22, com cinco munições intactas. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia da cidade, para serem tomadas as providências necessárias à situação.

Continue lendo

POLÍCIA

Polícia Militar apreende mais de 01 kg de entorpecentes no bairro Recanto dos Buritis

Publicado

em

Por

Durante patrulhamento de rotina na manhã deste domingo, 23, policiais militares do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO) apreenderam um adolescente de 16 anos e prenderam um homem de 31 anos, com dinheiro, maconha e cocaína. Ação ocorreu no bairro Recanto dos Buritis, em Rio Branco.

Os militares realizavam patrulhamento preventivo as margens do igarapé Judia, quando avistaram três indivíduos em atitude suspeita. Eles receberam voz de parada, mas um dos suspeitos fugiu adentrando as águas do igarapé.

Os detidos estavam na frente de uma residência abandonada. Com eles, foram apreendidos dinheiro e pequena quantidade de drogas. Na casa, os militares apreenderam um “tijolo” de maconha, pesando 994 gramas e 71 trouxinhas de cocaína, além de 4 tabletes de Skank, um tipo mais potente de maconha.

Os dois foram encaminhados à delegacia para serem tomadas as medidas cabíveis ao fato.

[Ascom PMAC]

Continue lendo

POLÍCIA

Caminhonete roubada é recuperada no bairro Rosalinda

Publicado

em

Por

Uma ação integrada entre policiais do 2° Batalhão e militares do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) resultou na recuperação de uma caminhonete roubada na tarde deste sábado, 22, no bairro Rosalinda, 2° Distrito de Rio Branco.

A PMAC foi acionada via 190, pois, segundo a denúncia, uma família estava sendo feita refém por homens armados no bairro Santo Afonso. As guarnições chegaram rápido ao local, mas os dois homens já haviam fugido da residência.

As vítimas relataram aos policiais que três homens armados haviam invadido a casa, um dos autores levou a caminhonete e dois permaneceram na casa, mas quando perceberam a chegada da polícia se evadiram do local.

As guarnições intensificaram o patrulhamento e policiais do Batalhão Ambiental localizaram a caminhonete Hilux de cor branca, abandonada no bairro Rosalinda. Os autores do crime não foram localizados.

A ocorrência foi registrada na delegacia para serem tomadas as demais providências cabíveis ao caso.

[Ascom PMAC]

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia