Connect with us

ACRE

Gaúcho de 70 anos encara 4 mil km de estrada para pagar uma promessa no Acre

João Nazário pretende passar um mês no estado para vivenciar o Daime e mergulhar na cultura indígena

Publicado

em

Por Wanglézio Braga / Foto: Wanglézio Braga

Foi num posto de gasolina em Rio Branco, base para caminhoneiros e andarilhos, que conhecemos o aposentado João Nazário e sua rica história que mistura fé, devoção e perseverança. No auge dos seus 70 anos, o gaúcho de Porto Alegre cumpriu mais uma de suas promessas: viajar até o Acre para agradecer. Mas, para chegar até aqui, ele encarou 4 mil quilômetros, cerca de 1 mil km por dia, sozinho, fez mudanças na vida e aproveitou para pregar às pessoas que a Ayahuasca é muito mais que um simples chá, tem poderes de cura, de libertação.

Antes de pegar a estrada, Nazário passou anos executando a concepção de sua nova casa, um motorhome. Alguns meses designando pessoas para zelar por sua unidade religiosa instalada numa chácara na capital gaúcha. E mais alguns dias elaborando um roteiro de viagem que teve início no Rio Grande do Sul com destino ao Acre. Como símbolo de tudo isso, João prometeu fazer a barba somente quando botasse os pés em Rio Branco. Deu certo! O momento em que ele retirou o ‘adorno’ do rosto foi acompanhado por nossa reportagem o que nos rendeu um bate-papo interessante que você lerá agora.

AcreNews – O que provocou no senhor, tamanha emoção em poder fazer a barba?

João Nazário – A fé e a possibilidade de cumprir mais uma promessa na vida! Isso me deixa emocionado. Foram meses planejando vir ao Acre. Hoje estou aqui e muito feliz! Confesso que não foi fácil a caminhada, ainda mais para um senhor de 70 anos, aposentado, sozinho, solitário! E simples ato de fazer a barba é a prova, é um símbolo, de que eu consegui. 

AcreNews – Por que o Acre?

João Nazário – Não é a primeira vez que venho ao Acre. Eu conheci esse estado maravilhoso através de uma amiga que abriu um ponto de Daime em Porto Alegre, isso há 28 anos. Desde então, visitei este lugar para poder vivenciar verdadeiramente a religião do Daime, conhecer a cultura do uso do chá pelos indígenas e por nossos irmãos. Foi mágica essa busca, pois no primeiro contato pude ver a figura de Jesus. Eu tô falando de Jesus! E ele disse pra mim que este contato seria a realização de um pedido feito na década de 90 e num momento difícil da minha vida.

AcreNews – Que pedido foi esse e como mudou a sua vida? 

João Nazário – Eu fui empresário bem-sucedido sócio em uma empresa, vendi minhas ações e abri um bar noturno, talvez o mais bem frequentado de Porto Alegre. Nele eu lucrava cerca de 10 mil dólares por mês. Perdi tudo, larguei tudo de uma hora para outra! Nesse processo, a religião católica sempre esteve presente na minha vida, passei a frequentar a missa diariamente para não cair em depressão. Eu ia à missa, não ficava satisfeito nela, mesmo rodeado por mil pessoas que também buscavam ficar perto de Deus. Daí, redigi uma carta com sete pedidos e coloquei num altar. Passou três anos para a realização de um dos pedidos. Meu objetivo era ficar bem, estar alegre na religião, queria algo que pudesse cantar, sorrir e acalmar o meu coração. Veio então o primeiro contato com o Santo Daime, foi amor à primeira vista. Eu tirei um peso das minhas costas, pude ver a minha vida mudar significativamente, foi impactante. Mas, eu precisava fazer mais. No meu coração eu tinha que largar tudo que conquistei e seguir a religião. Foi um chamado!

AcreNews – E a promessa da barba?

João Nazário – Se eu recebesse uma cura, se eu pudesse chegar até aqui, eu tiraria a barba e voltaria ao Acre. As curas chegaram! Saiu todas as dores do meu corpo. Eu tô falando de dores físicas, dores no corpo. Eu prometi que voltaria só para agradecer. Aqui estou depois de anos, de ter encarado quatro mil quilômetros de estrada, sendo 1 mil por dia, dormindo dentro do meu motorhome construído por mim, idealizado por mim, feito exclusivamente para isso, para a viagem. 

AcreNews – Para ter esse benefício da cura, das graças alcançadas, o senhor teve que mudar de vida! Isto incluiu o quê?

João Nazário – Sim, com certeza! Eu tive que perdoar aqueles que me deviam, ainda do tempo do bar noturno. Fui de um por um e zerei as dívidas deles. Eu virei camelô em seguida. Eu passei a vender redes de dormir e mantas nas ruas, de casa em casa. Com o dinheiro arrecadado, investi nas ações religiosas do Daime. Isso só aconteceu porque tinha que aprender a começar do zero, conforme testemunhei em uma das visões que obtive. Foram 12 anos vivendo assim. Alcancei a dependência financeira, comprei uma propriedade em Porto Alegre, uma chácara a 15 km do centro da cidade, que foi transformada em um centro espiritual. Para fazê-lo, gastei sete anos. Foram anos de preparação. Eu pensei em tudo! Desde um local que pudesse passar ônibus que o pobre pudesse frequentar até como seria a permanência das pessoas neste ambiente.

AcreNews – E a preparação do espaço, como aconteceu?

João Nazário – Foi tudo trabalho das minhas mãos, meu suor! Eu limpei o terreno, construí a sede com cinco dormitórios para as visitas, com banheiros, cozinha, com altar, construí também um galpão para fabricar gesso e outras coisas que dão suporte ao centro. Depois de construído, iniciei as reuniões. Quem frequenta o Centro de Educação Cristã Sagrado Coração de Jesus não paga nada! Tudo é gratuito!

AcreNews – Acredito que o seu esforço foi recompensado! O pagante de juramento ainda tem promessas a cumprir?

João Nazário – Tem sim! Na realidade tenho bons planos. Assim que voltar para o Rio Grande do Sul vou empenhar na plantação de legumes, verduras, de tudo um pouco. Parte da colheita vai ser vendida para investir na manutenção do templo, o restante será doado aos pobres da região. Feito isso, vou seguir o meu plano de morar à beira mar junto com os meus irmãos aposentados que estão aguardando a minha chegada.

AcreNews – Para finalizar a nossa conversa, não poderia deixar de citar que a “fé move montanhas!”. Que mensagem o senhor deixa para os nossos leitores?

João Nazário – Que vale a pena largar tudo em busca da felicidade, da paz, na tentativa de achar a cura para as feridas da vida, das dores. Imagina só o meu caso, um sujeito que era bem de vida, que vivia muito bem, que tinha uma vida louca a ponto de ter relacionamento com seis mulheres ao mesmo tempo, lucrar 10 mil dólares por mês, não falo em real, estou dizendo dólar, abandonar tudo e seguir os passos da fé, da religião! Hoje me sinto feliz por ter abandonado tudo que me fazia mal, entrei para o Daime e vivo uma vida significativa. As dores passaram. Hoje eu sou um homem de Deus, ofereci a minha vida a ele. Sou grato por tudo! E ao povo do Acre fica a minha eterna gratidão.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ACRE

Governador fortalece o Corpo de Bombeiros com materiais novinhos para combater incêndios

Publicado

em

Por

Agência AC

Com investimento de R$ 377,5 mil, oriundos de recursos próprios e do Banco Mundial, o governo do Estado fez a entrega de diversos equipamentos para fortalecer o Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC) nas ações de combate aos incêndios urbanos e florestais. A cerimônia foi realizada nesta terça-feira, 18, no Comando-Geral da instituição, em Rio Branco.

Entre os equipamentos estão tanques-reboque com capacidade para mil litros d’água; abafadores; luvas de segurança; máscaras com filtro; mochilas camelbak; óculos de proteção; uniformes de aproximação; sopradores; material de salvamento e televisores.

“A chegada desses materiais deixa o Corpo de Bombeiros em melhores condições para fazer os serviços de prevenção junto às comunidades e, principalmente, no período em que os incêndios florestais se intensificam”, destacou o coronel Carlos Batista, comandante-geral do CBMAC.

Parte dos equipamentos foi doada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi), por meio do Programa de Saneamento Ambiental Integrado e Inclusão Socioambiental do Acre (Proser).

“Estamos nos antecipando ao período mais crítico das queimadas”, destacou Israel Milani. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Estamos nos antecipando ao período mais crítico das queimadas, entre os meses de julho e setembro, para fazer frente aos ilícitos ambientais e às queimadas urbanas. Nos próximos meses, mais investimentos como esse serão concretizados para fortalecer não só o Corpo de Bombeiros, mas também as demais instituições que fazem parte do sistema de Meio Ambiente”, explicou Israel Milani, titular da Semapi.

O evento contou ainda com a participação do secretário adjunto de Justiça e Segurança Pública, Maurício Pinheiro; do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo César Gomes; e do deputado federal Alan Rick, entre outras autoridades.

Continue lendo

ACRE

Concurso da Ufac: Inscrições reabertas entre 19 a 2 de fevereiro

Publicado

em

Por

Fonte: PCI Concursos

Universidade Federal do Acre (Ufac) retificou novamente o Concurso Público destinado ao provimento de 20 vagas e formação de cadastro de reserva de Professor da Carreira de Magistério Superior.

Na nova nota divulgada (retificação IV) comunica a reabertura das inscrições durante o período de 19 de janeiro de 2022 a 2 de fevereiro de 2022, por meio de endereço eletrônico, especificamente para as áreas em que não houve até cinco candidatos inscritos com o título de Doutor e/ou Mestre. As inscrições ficarão disponíveis para as áreas de Cirurgia; Ginecologia e Obstetrícia e Medicina da Família, os quais exigem o título de especialista como requisito para investidura, com remuneração de até R$ 5.825,17.

Retificações anteriores

Conforme a atualização (retificação II), o perfil para a área de Ciência Florestais (1) passa a ser de doutorado em ciências florestais ou ciências florestal ou engenharia florestal, com graduação em engenharia florestal.

O documento suplementar ao edital de abertura (retificação III), comunica que ficaram abertas as inscrições para candidatos com título de mestre como requisito para investidura do cargo, especificamente nas áreas em que não houve até cinco candidatos inscritos com o título de doutor. Para as funções listadas no documento, as inscrições seriam recebidas no período de 23 de dezembro de 2021 a 5 de janeiro de 2022, por meio de endereço eletrônico. A inscrição será confirmada mediante ao pagamento da taxa no valor de R$ 200,00.

Certame

Além desta oportunidade, há vagas para as seguintes áreas: Clínica Médica de Grandes Animais (1); Clínica Médica de Pequenos Animais (1); Ecologia (1); Ensino de Química (1); Paleontologia (1); Engenharia Civil – Área Transportes (1); Engenharia Elétrica: Eletrotécnica (1); Matemática: Educação Matemática (1); Direito (1); Cirurgia (1); Educação Física (1); Enfermagem na Atenção Saúde nos Diversos Ciclos de Vida com Ênfase na Atenção Hospitalar (1); Genética Médica (1); Ginecologia e Obstetrícia (1); Medicina da Família (1); Língua Estrangeira Moderna – Língua Inglesa (1); Linguística (1); Química (1).

Os cargos possuem carga horária de 20 a 40 horas semanais, com remuneração de R$ 2.236,31 a R$ 10.058,92 e auxílio-alimentação de R$ 229,00 a R$ 458,00.

Para participar, o candidato deve: ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, conforme a Constituição Federal; comprovar a quitação das obrigações eleitorais, mediante a apresentação do título de eleitor e certidão de quitação eleitoral emitida pelo Tribunal Superior Eleitoral; comprovar a regularidade com o Serviço Militar, se do sexo masculino; comprovar possuir o perfil exigido para a investidura no cargo; ter idade mínima de 18 anos completos; ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo; e não estar cumprindo qualquer sanção que impossibilite a investidura no cargo.

Dentro do total de funções, há vagas exclusivas para candidatos que se enquadrem nos itens especificados no edital.

Inscrições:

As inscrições para candidatos com título de doutor puderam ser realizadas, exclusivamente, via internet, por meio do formulário de inscrição disponível no endereço eletrônico da Ufac, até o dia 7 de dezembro de 2021.

Será concedida a isenção total da taxa de inscrição para o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e for membro de família de baixa renda, com renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Provas:

A prova escrita, prevista para o dia 27 de março de 2022, contém questões de conhecimento e habilidade, elaborada(s) pelas bancas examinadoras, relacionadas ao conteúdo programático da área. Depois, haverá uma prova didática, prevista para os dias 29 de março a 7 de abril de 2022, que consiste em exposição oral sobre um dos dez temas extraídos do conteúdo de até 60 minutos. E para a prova de títulos, os candidatos deverão protocolizar somente de forma eletrônica a cópia digital do currículo cadastrado na Plataforma Lattes e dos documentos comprobatórios dos dados nele constantes.

Vigência:

O prazo de validade do concurso é de dois anos, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período

Informações complementares podem ser obtidas por meio dos editais completos que constam em nosso site.

Continue lendo

ACRE

Transição: Danilo Lovisaro faz reunião com Ouvidoria e Centro de Atendimento ao Cidadão

Publicado

em

Por

Dando prosseguimento ao calendário de reuniões da transição institucional no Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), na manhã desta terça-feira, 18, o procurador-geral de Justiça eleito, Danilo Lovisaro do Nascimento, esteve reunido com integrantes da Ouvidoria Geral e do Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC).

O encontro ocorreu de forma virtual, como medida preventiva ao contágio pelo coronavírus e influenza. Participaram, além da procuradora-geral, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, o ouvidor-geral e ouvidor-geral substituto, promotores de Justiça Leandro Portela e Teotônio Soares Júnior, bem como a equipe de transição.

Na ocasião, Leandro Portela falou sobre o processo de criação da Ouvidoria no MPAC, as atribuições do órgão, entre as quais, o gerenciamento do Portal da Transparência e do Sistema de Informação ao Cidadão (SIC), de modo a fazer cumprir o que está disposto na Lei de Acesso à Informação (LAI).

Nos últimos dois anos, entre denúncias, solicitações, sugestões, reclamações, entre outras, foram registradas mais de 10 mil manifestações, sendo que grande parte delas está relacionada à pandemia da Covid-19.

Outro órgão auxiliar, o CAC, que também atua como elo entre o MPAC e a sociedade, apresentou relatório de suas atividades, bem como a equipe multidisciplinar que atua no atendimento, orientação e encaminhamento das pessoas que procuram o Ministério Público. Em 2016, o sistema de atendimento adotado pelo CAC foi reconhecido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia