Connect with us

POLÍCIA

IAPEN promove ação de fiscalização de monitorados em ambientes religiosos

Publicado

em

Agência AC / Foto: Elenilson Oliveira

A monitoração eletrônica é sempre concedida com restrições específicas, relacionadas aos ambientes que os presos podem frequentar. Bares, delegacias, motéis, locais de diversão em geral, como clubes, balneários e distribuidoras são lugares proibidos para os monitorados. Já espaços como igreja, escola e trabalho são permitidos, desde que devidamente cadastrados no sistema, constando o horário de permanência.

Assim, o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC), por meio da Unidade de Monitoramento Eletrônico de Presos (Umep), realizou no último fim de semana uma ação de fiscalização de monitorados em ambientes religiosos de Rio Branco. A operação Umep nos templos teve como objetivo principal fortalecer as ações de fiscalizações in loco para averiguar se os locais informados eram, de fato, templos religiosos. A operação foi concluída no domingo, 18.

A fiscalização foi realizada nas regionais 3, 4 e 5 de Rio Branco. Na ocasião, foram feitas 26 visitações a locais de culto, 19 abordagens e notificações verbais de monitorados que não se encontravam em locais de culto e três manutenções de equipamentos que se apresentavam com problemas técnicos.

O presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, destacou que a fiscalização é um serviço rotineiro e que visa garantir que a pena imposta pelo juízo competente seja cumprida em sua integralidade. “O objetivo principal do Iapen é promover a execução da pena. A manutenção desse tipo de fiscalização, além de levar a sensação de segurança aos moradores das regiões visitadas, inibe as práticas delituosas dos apenados que se encontram sob o regime de monitoração eletrônica”, disse.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Brasileiro é espancado na Bolívia e bombeiros do Acre fazem resgate

Publicado

em

Por

Na manhã desta quinta-feira, 20, por volta das 9 horas, a guarnição do Corpo Bombeiros do 5°Batalhão, em Epitaciolândia, foi acionada para fazer o resgate de um cidadão brasileiro que encontrava-se desacordado e com suspeitas de agressão física na cidade de Cobija-Pando.

Foto legenda ; Bombeiros realizam resgate de brasileiro em Cobija

A vítima estava desorientada e com hematomas na face, foi encaminhado ao Pronto Socorro de Brasileia onde recebeu os devidos cuidados. A guarnição teve o Apoio da equipe de Bombeiros de Cobija.

[Ascom CBMAC]

Continue lendo

POLÍCIA

Advogado preso com droga no parlatório do presidio tem habeas corpus negado

Publicado

em

Por

Em sessão realizada na manhã de quinta-feira, 20, por meio de vídeo conferencia, os desembargadores que compõem a Câmara Criminal do TJ negaram o mérito de um habeas corpus em favor do advogado João Figueiredo Guimarães.

No recurso a defesa alega que a abordagem ao advogado foi ilegítima, já que não restou esclarecido de onde veio a informação que João Figueiredo estaria portando entorpecentes.

Foi pedido a revogação da prisão preventiva ou a aplicação de medidas cautelares, mas o habeas corpus foi negado por unanimidade pelos três magistrados.

Alvo de uma investigação da Polícia Federal o advogado João Figueiredo Guimarães de 74 anos, foi preso no dia 1ª de outubro do ano passado. O idoso foi flagrado no parlatório do presidio com quase meio quilo de substância entorpecente.

A droga estava nos bolsos do blazer e da calça.  De acordo com a investigação da Polícia Federal o entorpecente seria destinado a membros de uma facção no interior do presidio.

No dia 10 de dezembro passado, a desembargadora Denise Castelo Bonfim, tinha negado a liminar do HC.

Continue lendo

POLÍCIA

Polícia Civil deflagra operação “Status Debitum” no Acre e no Mato Grosso do Sul

Publicado

em

Por

O ex-Procurador Geral do Estado João Paulo Setti e o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Acre, Erick Venâncio foram alvos de uma ação policial nesta sexta-feira, 21.

A 1ª fase da Operação “Status Debitum” foi deflagrada em Rio Branco e no estado do Mato Grosso do Sul. Durante a ação foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, sendo oito em Rio Branco e cinco no estado do Mato Grosso do Sul.

A Polícia Civil cumpriu ainda mandado de busca e apreensão na casa de outro advogado. A operação tem por objetivo colher elementos probatórios de crimes contra a administração pública praticados por organização criminosa que atua no pagamento ilegal de precatórios, dívidas do poder público reconhecidas judicialmente.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia