Connect with us

ESPORTE

Juliana Spada vai participar da preliminar do jogo das estrelas em Xapuri e Capixaba

Publicado

em

A empresária Juliana Spada, cuja história de superação emociona o Brasil inteiro, vai participar dos jogos preliminares das estrelas em Xapuri e Capixaba, dias 19 e 20 próximos. Ela vem a convite do modelo Marcelo Bimbi, um dos organizadores desse evento que já é conhecido nacionalmente.

A seguir a história da Juliana.

Nem todos que se relacionam com Juliana Spada, empresária e relações públicas, e muito querida, conhece sua trajetória de vida que lhe trouxe muitos dissabores e frustrações.

Um desses contratempos foi a paralização de um dos seus grandes objetivos, a prática do futebol feminino, que ela pretende retomar para ajudar meninas que não têm condições de realizar seus sonhos.

Conheça um pouco de sua história de vida, que tem início na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo, em meados de 1977, com a união de seus pais Antônio e Silvia.

Nesse momento, o destino acabara de unir um assaltante de alta periculosidade com uma moça que, extasiada pelas drogas, se deixou levar pela ilusão de viver um grande romance na cidade grande.

Em São Paulo, Antônio continuou efetuando vários assaltos até que sua tentativa de sequestrar o homem mais rico de Piracicaba resultou na morte do mesmo e em uma pena de 30 anos de prisão que teve de cumprir.

Apesar desse afastamento, a paixão do casal continuou intensa e Silvia passou a visitá-lo todos os domingos na Penitenciária do Estado de São Paulo. E foi em um desses encontros ocasionais que foi gerada a pequena Juliana e, assim, começou a história dessa menina que teve que lutar contra todas as adversidades impostas pela vida para não se deixar abalar por essa opressão familiar.

A vida de Juliana foi deixada aos cuidados da avó materna, pois sua mãe, depois que deu à luz, enveredou-se de vez pelo mundo das drogas. Desde bem pequenina suas tias paternas a levavam para visitar o seu pai na prisão e este contato com o pai se deu até sua libertação, após cumprir 30 anos de regime fechado, pois Juliana sentia mais segurança e apoio emocional do pai que estava preso do que da mãe que estava solta, mas “presa” ao vício.

Em Piracicaba, passou sua infância e adolescência sofrendo muita discriminação da população, pois todos tinham conhecimento que seu pai havia assassinado o homem mais influente da cidade.

Com apenas 11 anos de idade, Juliana começou a trabalhar como babá por imposição de sua avó, que era lavadeira e precisava desse complemento para sustentar a ela e aos outros filhos. Nessa época, sua mãe, Silvia, foi presa e morreu um ano depois com muitos problemas de saúde causados pelo consumo desenfreado de drogas.

Quando completou 13 anos, Juliana encontrou um refúgio no mar revolto de sua vida: o esporte. Ela começou a frequentar o tradicional Clube XV de Piracicaba, onde praticava natação, vôlei e handball gratuitamente e esses eram os momentos mais felizes de sua vida. Foi no esporte que Juliana adquiriu autoestima, pois passou a conviver com harmonia com meninas de sua idade, enquanto na escola e em outros ambientes ela era sempre rejeitada.

A prática esportiva trouxe para Juliana, menina muito linda e alegre que sonhava com o sol brilhando à sua volta, essa sensação de pertencimento que estava à tona. Contudo, esse período de alegria durou pouco tempo e ela teve que abandonar o esporte que mais amava, o futebol feminino, por ter que trabalhar e preconceito dos seus tios que diziam que este tipo de esporte não era apropriado para meninas.

Aos 17 anos de idade, no auge de sua adolescência, Juliana se apaixona e engravida de sua primeira filha. Sem deixar que sua família soubesse, ela vai para o hospital e retorna para casa com a pequena Larissa. A avó materna não aceita essa bisneta, e não aguentando a pressão Juliana recorre às drogas para esquecer os problemas. Após seis meses, quando a avó decide entregar a criança para adoção, Juliana renasce, tira forças para retomar o rumo de sua vida, abandona as drogas e começa a se relacionar com um dos jovens da elite da cidade. Ele aceita sua filha, se casam e vão morar em Goiânia para que ele possa cuidar dos negócios da família.

Por muitos anos, Juliana cuida de sua primogênita e de mais duas lindas meninas que nasceram dessa união, até que seu marido passa a sentir a pressão da família que nunca aceitou esse casamento e a relação que já durava onze anos começa a desmoronar.

Hoje, Juliana já está se organizando para, em breve, tornar público dois de seus grandes sonhos: contar a sua história de vida em forma de biografia, com todos os detalhes dessa trajetória, e criar o projeto social “Meninas da Ju”, que atenderá garotas em vulnerabilidade social que querem se dedicar ao futebol feminino, porém não têm essa oportunidade.

De fato, a história de Juliana que deu a volta por cima, devido à sua determinação e empenho, é um exemplo de que podemos, sim, alcançar nossos objetivos. E, com certeza, com o projeto “Meninas da Ju” ela conseguirá ajudar muitas meninas, não somente contribuindo com a oportunidade de realizarem um sonho, mas livrando-as de caírem nas inúmeras ciladas que a vida impõe.

Mídias Sociais:

@julianaspada_

@meninasdaju

www.meninasdaju.com.br

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ESPORTE

Rio Branco vence fora de casa e assume a vice-liderança

No próximo sábado (21), no estádio Florestão, às 16h, o Rio Branco-AC recebe o Amazonas-AM

Publicado

em

Por

Na Marca da Cal / Foto: Manoel Façanha

Fora de casa, o Rio Branco conquistou neste sábado (14), no estádio Canarinho, importante vitória diante do Náutico/RR por 4 a 1, em jogo válido pela quinta rodada do grupo 1 do Campeonato Brasileiro da Série D. Matheus Nego, Rabiola (2) e Índio fizeram os gols do Estrelão, enquanto Yago, contra, marcou o gol solitário do time roraimense.

Como fica

Com a vitória, o Rio Branco assumiu a vice-liderança do grupo 1. O time estrelado soma dez pontos ganhos, dois a menos que o líder Amazonas. Por outro lado, o Náutico/RR segue na sexta posição, com dois pontos ganhos, mas pode terminar a rodada na última posição, isso caso o Trem-AP supere o Porto Velho-RO.

Próximos jogos

No próximo sábado (21), no estádio Florestão, às 16h, o Rio Branco-AC recebe o Amazonas-AM. No mesmo dia, o Náutico-RR pega fora de casa o São Raimundo-AM no próximo sábado, dia 21.

Resumo

O Náutico começou a partida buscando o gol e, após uma bola parada de Borghetti, aos cinco minutos, o zagueiro estrelado Yago jogou a bola contra a própria rede.

O Rio Branco tratou de buscar o empate e, aos 22 minutos, o atacante Índio foi parado com falta na área e o árbitro anotou a penalidade. O atacante Matheus Nego cobrou e deixou tudo igual no placar.

Melhor na partida, o Rio Branco virou o marcador no finalzinho do primeiro tempo, após assistência de Luís Henrique, para a testada de Rabiola.

Na etapa complementar, o Rio Branco seguiu melhor na partida e conseguiu marcar mais duas vezes. O atacante Rabiola aplicou o drible da vaca em Arthur e chutou no alto, sem chances para o goleiro Douglas.

O tiro de misericórdia na equipe roraimense saiu de um lançamento do goleiro Evandro Gigante, aos 22 minutos. A bola viajou e o zagueiro Negueba falhou. O atacante Índio aproveitou o vacilo e chutou forte para fazer o quarto do Estrelão.

Continue lendo

ESPORTE

Sub-20 começa neste sábado com rodada tripla, no Florestão

Publicado

em

Por

Na Marca da Cal

A bola vai rolar a partir deste sábado (14) para a disputa do Campeonato Acreano Sub-20. O torneio será disputado por onze equipes divididas em duas chaves, com os clubes jogando dentro dos seus respectivos grupos e avançando os quatro melhores times de cada chave as quartas-de-final.

Nos bastidores, observa-se boa movimentação e uma perspectiva de uma competição sem um grande favorito. Vários clubes, inclusive, trouxeram jogadores de outros centros do país na busca do título da competição e das vagas da Copa São Paulo de Futebol Júnior e Copa do Brasil do próximo ano.

Jogos de abertura

Três partidas abrem no próximo dia 14/5, no estádio Florestão, a disputa pelo troféu de campeão. Veja os jogos: Plácido de Castro x Independência (14h), Rio Branco x Sena Madureira (16h) e Náuas x Atlético (18h).

Regulamento

O regulamento da competição não prevê vantagens do empate às equipes de melhores campanhas durante as disputas das quartas-de-final, semifinais e final. Com isso, em caso haja empate no tempo normal de jogo, a decisão da vaga vai para as cobranças de penalidades.

Grupos

Com a presença de número ímpar (11) de clubes inscritos, uma chave será composta por seis equipes e a outra contará com apenas cinco clubes. Veja como ficou a divisão dos grupos: Plácido de Castro, Independência, Náuas, Atlético-AC, Humaitá e Vasco (A); Rio Branco, Sena Madureira, São Francisco, Galvez e Andirá (B). O último campeão da categoria foi o Andirá.

Cronograma

Conforme o cronograma da competição, a primeira fase será disputada no período de 14 de maio a 22 de junho. Já as quartas-de-final ocorrem dia 25/6 e as semifinais dia 29/6. Os finalistas decidem o título em jogo único, agendado para o dia 2 de julho.

Continue lendo

ESPORTE

Circuito Sesc de Corridas acontece neste domingo, 15, nas ruas de Rio Branco

Publicado

em

Por

Incentivando a prática saudável da corrida de rua, o Sesc no Acre realiza a Terceira edição do Circuito de Corridas 2022, no domingo, 15, com largada agendada para às 6h30, no Sesc Bosque.

Trezentos atletas disputam o melhor tempo da corrida em três categorias, divididas em 3 km, 5 km e 10 km. O percurso conta com cinco postos de distribuição de água, acompanhamento de ambulância, distribuição de máscaras, além de distribuição de frutas no local da chegada, e as inscrições podem ser feitas no site www.sescacre.com.br.

Os atletas também contarão com o suporte de profissionais de saúde do Sesc, que oferecerão aferição de pressão arterial, teste de glicemia, saúde bucal, orientações de diabetes e hipertensão, além de estação de prevenção de mama, próstata e pele.

O gerente de esporte do Sesc no Acre, Alessandro Pereira, destaca a importância do evento para a sociedade. “Temos um papel fundamental na vida de todos, e um evento esportivo como esse, marcado pela alegria, descontração, promovendo uma saúde de qualidade através da prática esportiva, reafirma o nosso compromisso. Idealizamos um evento para as famílias, crianças, jovens e adultos, pois a saúde é um dos programas base do Sesc”, afirmou o gerente.

Todos os inscritos receberam seu kit da corrida. O Circuito Sesc de Corridas é uma iniciativa do Sesc no Acre que tem por objetivo incentivar a prática de atividades físicas e de hábitos saudáveis, proporcionando provas de corrida de rua, com qualidade técnica, envolvendo aspectos lúdicos, educativos e de integração do esporte.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas